Empresário recebe milhões para limpar rio que é acusado de poluir

Gaspar Barbosa Borges, vice-presidente do Sporting Clube de Braga, é dono da pedreira que tem mais queixas investigadas pela GNR no rio Ave e, ao mesmo tempo, é responsável pela entidade que recebe milhões de euros das empresas para tratar as águas residuais.

Esta quarta-feira, a imprensa local noticiou que as águas do rio Ave voltaram a aparecer brancas devido a uma descarga ilegal de pó de pedra, e a principal suspeita aponta para a pedreira de Gaspar Borges.

De acordo com o Jornal de Notícias, a pedreira Nicolau de Macedo é a entidade que gera mais autos de notícia e contraordenação levantados pela GNR relativamente a poluição ambiental no rio Ave.

No entanto, ao mesmo tempo, o dirigente desportivo é, através da construtora ABB, líder do Sistema Integrado de Despoluição do Vale do Ave (SIDVA), responsável pelo tratamento de águas de Guimarães, que recebe milhões de euros das empresas da bacia hidrográfica para tratar das águas residuais das indústrias.

A construtora ABB adquiriu, em 2008, a empresa privada Aquapor, que tem a concessão de águas de dezenas de municípios. A Aquapor é ainda acionista maioritária da Tratave que, por sua vez, detém a concessão do SIDVA.

Esta concessão significa, de acordo com o jornal, a exploração das três estações de resíduos do Ave e a cobrança, a todas as indústrias ali ligadas, de 56 cêntimos por cada mil litros de água suja tratada.

No entanto, como já foi referido, Gaspar Borges é dono da empresa que tem mais autos de notícia e contraordenação por atentados ambientais: cerca de 20.

A pedreira Nicolau de Macedo, em setembro do ano passado, esteve mesmo proibida de cortar pedra, após ter feito grandes descargas ilegais. Neste momento, existe um processo criminal a decorrer no tribunal de Guimarães.

No que toca às descargas desta quarta-feira, a autarquia esclareceu que já estiveram no local, a “apurar responsabilidades”, a Agência Portuguesa do Ambiente do Norte, o Serviço de Proteção da Natureza, Ambiente e Proteção Animal (SEPNA) da GNR, o Serviço de Proteção Civil de Guimarães e a Vimágua, empresa intermunicipal que faz a gestão e exploração dos sistemas públicos de captação, tratamento e distribuição de água para consumo público.

ZAP

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Será só o empresário que recebeu o dinheiro ?
    Não haverá mais ninguém que ocupe alguns cargos quer na Câmara ou no governo
    que estão também o receberam ?

    E é este o País de gatunos que temos !

  2. È portugal, pais maravilhoso onde há os de primeira, que roubam,roubam que ate as vezes dava uma telenovela (bpn/bpp/bes/monte branco etc etc ,os de segunda e´que estão fod…. por um engano ficam sem nada e para se defender colocam um carimbo na testa de terrorista.

  3. Privatizar, privatizar, privatizar…
    Dezenas de municípios têm a concessão das águas a privadas. Qualquer não serão só os rios, os munícipes terão de beber a água envenenada.

    • A “merd deste povinho” como tu, não sei o que espera, mas eu estou à espera que merda como tu seja tratada para não poluir mais!…

  4. Vou ver se este me dá trabalho de vigilante, assim pode descarregar à vontade que eu aviso sempre que chegue um desconhecido, deve render pelo menos 1500€ ao mês, já me chega e aproveito para pescar ainda uns peixinhos, claro que não são para mim, são para dar aos gatos.

  5. é lamentável escandaloso e vergonhoso , estes destrutores da natureza continuarem a poluir os outros tirando proveito pessoal depois de terem sido inculpados por diversas vezes . devem responder ao mal que estão a causar e pagar o mal feito . mas infelizmente os grandes mafiosos safam se sempre , destribuindo luvas de tapo olhos a outros corruptos que fazem parte do mesmo ramo , sem consciência nem escrupolo danificando assim a natureza que todos nóds devemos proteger a fauna e a flor para a nossa saúde e futuro dos nossos decendentes . ABRAM OS OLHOS E DENUNCIÊEM SEMPRE QUE POSSIVEL.

  6. O motivo principal para a criação de uma “nossa” empresa, e depois o seu comportamento funcional, é objectivamente:
    Promiscuir-se com o poder político, o sector público e o dirigismo desportivo;
    Tentar ameaçar e/ou corromper os mais débeis e incautos;
    Ser subsídio dependente;
    E, oiro sobre azul, um dos seus elementos ser simultaneamente detentor de um cargo político.

  7. Esse já está bem lixado!!! Vêm porquê? Esse ainda é um peixinho pequeno dos heróis do mar… Conseguem ver como ele já tá a ser comido vivo pelos maiores?
    O Rio Ave podia ser tão belo… voces nao imaginam as consequências que já estamos a passar AGORA por causa da poluição. Só quando numa pessoa do nosso quotidiano é encontrado, por exemplo, um cancro e ninguém sabe dizer de que foi, é que nós sensibilizamos. O número de incidências de cancro detectadas no vale do Ave nestes últimos anos tem aumentado um tanto.
    Sabem o que sinto que é? Que a alma de Vimaranenses comuns depois se perde lá em cima onde há papel e promessas de mais papel (tanto papel…). Rebaixam-se assim. Basicamente perdem a falta de tomates! Esses que têm o poder de fazer algo pa mudar não têm tomates nunca pra tomar a atitude moral correta. Felizmente que neste caso nem tudo é mau porque estavam outros órgãos do estado que já comprovaram varias vezes as suas credibilidades. Por fim falta saber no que isto vai dar. Se alguém vai parar à suite cadeia ou se vai andar com o bonito acessório ideal para um Fatinho: a pulseira electrónica x-P
    Na…ele vai ficar bem…

Nova aplicação deteta insuficiência cardíaca através da voz

Foi desenvolvida uma nova aplicação para smartphones que prevê a insuficiência cardíaca através da voz. A tecnologia baseia-se num dos sintomas mais comuns: a falta de ar. O sintoma mais comum da insuficiência cardíaca é a …

Atividade física ajuda a prevenir a perda de visão

Uma nova investigação sugere que o exercício físico pode ser um componente-chave na prevenção da perda de visão. Os benefícios da atividade física são cada vez mais conhecidos, mas há alguns que devem ser tidos em …

Dubai vai construir uma cidade marciana no deserto

O Dubai tem em mãos um projeto ambicioso: a construção de uma cidade marciana. O projeto foi apresentado por uma empresa sediada em Copenhaga e Nova Iorque e é uma parte do plano dos Emirados …

Coreia do Norte voltou a rejeitar negociações com os Estados Unidos

A Coreia do Norte disse, esta terça-feira, que não tenciona retomar o diálogo com os Estados Unidos, quando o vice-secretário de Estado norte-americano, Stephen Biegun, chegou à Coreia do Sul para discutir diplomacia nuclear. Num comunicado …

Construiu uma cadeira de rodas com bicicletas elétricas para a namorada. Agora, vai produzi-la em massa

Para Zack Nelson, construir esta  peça inovadora de engenharia foi "super divertido e surpreendentemente simples". Há cerca de um ano, Zack Nelson, o youtuber de tecnologia do canal JerryRigEverything, uniu duas bicicletas elétricas para criar uma …

A reeleição de Trump nunca esteve tão ameaçada. A culpa é do pessimismo dos americanos

A gestão do Presidente norte-americano face à pandemia e a perspetiva de uma crise económica ameaçam a reeleição de Donald Trump. Um estudo de opinião da Fundação Peter G Peterson para o The Financial Times indica …

Ministros da Indonésia promovem colar de eucalipto como cura para a covid-19

O ministro da Agricultura da Indonésia foi muito criticado por especialistas por alegar que um colar feito de eucalipto pode ajudar a impedir a transmissão da covid-19. Segundo o The Guardian, o ministro da Agricultura da …

SATA pede auxílio ao Estado no valor de 163 milhões de euros

A SATA, companhia aérea detida a 100% pela Região Autónoma dos Açores, precisa do valor até ao final do ano para pagar dívidas. A SATA pediu um auxílio ao Estado de 163 milhões de euros para …

Cortiça portuguesa usada em foguetões da Space X

A Corticeira Amorim forneceu a Space X, de Elon Musk, para componentes usados nos foguetões espaciais da empresa, adiantou o presidente da empresa, António Rios Amorim. "É o nosso maior cliente [deste segmento] neste momento desde …

Pandemia põe em risco mais de 40% dos empregos no Algarve

Além do Algarve, outros destinos turísticos europeus, como ilhas do sul da Grécia, Canárias e Baleares, estão também em risco. As regiões onde o turismo tem mais peso enfrentam um risco maior de destruição de emprego, …