Vhils vai fazer intervenção na Coreia do Sul

AlexandreFartoVHILS / Facebook

-

O artista português Alexandre Farto, que assina como Vhils, desloca-se este mês à Coreia do Sul, onde irá fazer uma intervenção numa sala de espetáculos, contou o artista urbano à Lusa.

O projeto, “ligado à música”, a ser executado este mês, só será visitável, de acordo com o criador, no início de 2015.

A ida à Coreia do Sul encerra um ano de grande projeção, a nível nacional e internacional, do artista que ficou conhecido por “escavar” retratos em paredes.

Em julho, Alexandre Farto inaugurou a sua primeira grande exposição numa instituição nacional, o Museu da Eletricidade.

Dissecação/Dissection’ foi “um projeto pesado que levou bastante tempo”, mas “sem dúvida que foi algo positivo”, disse em declarações à Lusa.

“Foi a primeira vez que consegui juntar trabalhos que vêm da reflexão e maturação de todos os projetos que fiz em vários pontos do mundo. Ao juntar [trabalhos], no mesmo espaço, consegues dar outra força e contextualização para as pessoas conseguirem ver a ‘big picture’ [panorama completo]”, referiu.

Além do lado visual do trabalho de Vhils, esta exposição permitiu ao público ver “também o conceito que está por detrás”, que, para ele, “é o mais importante”.

Este ano fica também marcado, na carreira do artista português, pela colaboração com a banda irlandesa U2, para quem criou um vídeo incluído no projeto visual ‘Films of Innocence’, que é editado na terça-feira e é um complemento do álbum ‘Songs of Innocence’.

O ano de 2015 também deverá ser cheio de projetos.

Em março, Alexandre Farto será um dos convidados da mostra cultural ‘Iberian Suite: Arts Remix Across Continents’, em Washington, EUA, onde fará um retrato de Fernando Pessoa, a partir de páginas de livros do poeta.

Em paralelo, Vhils é também um dos responsáveis pela plataforma Underdogs, um projeto que “está a crescer e a ter mais atenção”.

Este projeto cultural, que tem como responsáveis a francesa Pauline Foessel e Vhils, divide-se entre arte pública, com pinturas nas paredes da cidade e exposições dentro de portas, no n.º 56 da rua Fernando Palha, ao Braço de Prata, espaço recuperado e transformado em galeria, e dedicado à produção de edições artísticas limitadas.

“Com este trabalho todo, a Pauline Foessel está cada vez mais a pegar no projeto. É ela quem o gere mais”, disse Vhils.

A ideia inicial era criar um projeto “autossustentável, que ajudasse novos artistas portugueses e oferecesse um programa de arte pública à cidade”, explica o artista.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Covid-19. Autocarros com ucranianos retirados da China recebidos à pedrada

Dezenas de manifestantes envolveram-se em confrontos com a polícia, esta quinta-feira, numa localidade no centro da Ucrânia, onde 70 pessoas vão ficar sob quarentena depois de terem regressado da China. Com receio da propagação do Covid-19, …

Músicos estrangeiros precisarão de visto e de poupanças para tocar no Reino Unido

A partir de 2021, os músicos estrangeiros que pretendam atuar no Reino Unido precisarão de visto. Três meses antes de submeterem o pedido, terão também de provar que têm 1000 libras (1180 euros) em poupanças, …

Tribunal Supremo Eleitoral recusa candidatura de Evo Morales ao Senado

O ex-Presidente da Bolívia considerou "um golpe contra a democracia" a decisão do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) de recusar a sua candidatura a senador nas eleições de maio. "A decisão do Tribunal Supremo Eleitoral é um …

Juízes exigem sindicância urgente ao sorteio na Relação de Lisboa

A Associação Sindical dos Juízes (ASJP) exigiu, esta sexta-feira, ao Conselho Superior da Magistratura (CSM) uma "sindicância urgente" aos procedimentos de distribuição de processos no Tribunal da Relação de Lisboa. A posição da Associação Sindical dos Juízes …

Deputado do PSD que avançou com proposta de referendo à eutanásia acabou a assumir alcoolismo

Pedro Rodrigues, deputado social-democrata e antigo líder da JSD, assumiu publicamente, através do Facebook, ter um problema de alcoolismo. Num texto publicado no Facebook, o social-democrata explica que faz esta revelação por estar a ser vítima …

Morreu doente que parou o Parlamento para pedir tratamento para a hepatite C

José Carlos Saldanha ficou conhecido, há cinco anos, por interromper o ministro da Saúde numa sessão do Parlamento para pedir tratamento para a hepatite C. A informação foi confirmada à agência Lusa por fonte oficial do …

Com dívidas ao Fisco, cavaleiro João Moura "sem dinheiro" para alimentar cães. Arrisca 2 anos de prisão

O cavaleiro João Moura está acusado do crime de maus-tratos e abandono de animais depois de lhe terem sido retirados 18 cães galgos, em aparente estado de subnutrição. Um dos animais acabou por morrer, pelo …

Desmantelada fábrica ilegal de tabaco. Funcionava num bunker

Uma operação levada a cabo pela Guardia Civil esta terça-feira desmantelou uma fábrica ilegal de tabaco, em Espanha, e deteve a organização clandestina que a geria: vinte pessoas foram detidas, de nacionalidades britânica, lituana e …

China diz que surto está "sob controlo" após 14 províncias não reportarem novos casos

O surto do coronavírus Covid-19 está "sob controlo", depois de a atualização diária mostrar que 14 das 34 províncias e regiões autónomas do país não detetaram novos casos, anunciaram esta sexta-feira as autoridades chinesas. O vice-diretor …

Após 2 anos preso, Pedro Dias assume três homicídios e diz-se arrependido

Pedro Dias, conhecido pelos homicídios de Aguiar da Beira, manifesta-se arrependido pelos crimes por que foi condenado a 25 anos de prisão, após cumprir dois anos da pena. Um arrependimento que é também um assumir …