Verme minúsculo está a ajudar a encontrar a cura para uma forma extremamente rara de cancro

University of Dundee

Um pequeno verme com cerca de um milímetro de comprimento está a ser usado para ajudar a encontrar a cura para uma forma extremamente rara de cancro.

Quando a família Williamson, de Dundee, Escócia, perdeu a sua mãe Sue para um raro cancro chamado feocromocitoma, em 2003, eles não perceberam que mais devastação estava por vir.

Dos seus quatro filhos, os gémeos Jennie e James descobriram que também têm o gene defeituoso que pôs um ponto final à vida da sua mãe. Ambos os gémeos são afetados por tumores inoperáveis envolvidos em vasos sanguíneos vitais e nervos no seu pescoço.

O padre Jo decidiu aparecer num vídeo da Cancer Research em memória da sua esposa para aumentar a consciencialização sobre o importante trabalho que os investigadores fazem por pessoas como os seus filhos.

Os cientistas têm trabalhado em estreita colaboração com a família para entender mais sobre a mutação do gene que causa este cancro. Juntamente com um consórcio de investigadores de universidades da Hungria e da Índia, os cientistas conseguiram, pela primeira vez, recriar o defeito de Williamson num minúsculo verme, de apenas um milímetro de comprimento. Este progresso é vital para entender melhor a mutação e ajuda a apontar possíveis tratamentos para o cancro.

Este cancro liberta hormonas semelhantes à adrenalina em excesso em circulação. O feocromocitoma é difícil de diagnosticar porque imita condições como hipertensão e pode matar pacientes que recebem anestesia de rotina.

O verme de Williamson

O gene defeituoso da família Williamson alterou a estrutura de uma proteína chamada SDHB. Em biologia, a SDHB divide o açúcar que comemos no seu hidrogénio constituinte e eletricidade.

Assim, nos Williamsons, o quebra-cabeças consistia em descobrir como é que um pequeno defeito numa instrução de ADN (SDHB mutante) poderia causar cancro recorrente na família. No passado, as tentativas dos investigadores de fazer um modelo de feocromocitoma em ratos falharam em fornecer informações uma vez que os animais pareciam saudáveis.

Uma nova abordagem era necessária. Por manipulação genética de ADN, uma equipa de investigadores criou um modelo de verme de SDHB defeituoso que rendeu alguns novos dados.

Os resultados são reveladores porque ficou imediatamente óbvio que os vermes mutantes de Williamson são doentes, estéreis, pequenos e em forma de foice. É importante realçar que a mudança de aparência pode ser investigada posteriormente, cruzando-os com outros vermes mutantes com outros defeitos genéticos cancerígenos. Isso está em andamento.

Primeiro, a mutação da família Williamson não exclui todo o gene SDHB do ADN afetado. Esta família tem uma estrutura de “origami” tridimensional dobrada de maneira diferente para a sua proteína SDHB, impulsionada pelas instruções erradas do seu gene mutante. A proteína Williamson SDHB está deformada.

Estes vermes também produzem muito menos dessa proteína SDHB mutante deformada. Assim, os vermes de Williamson contribuíram com algo novo para a natureza.

Em segundo lugar, a mitocôndria do verme de Williamson usa uma mistura de ‘combustível’ muito diferente. O SDHB normal funciona como um carro que pode alternar perfeitamente as fontes de combustível quando um combustível está a acabar. Os vermes de Williamson não podem fazer isso e só podem queimar parcialmente os combustíveis para libertar o ácido lático como um produto final.

Em terceiro lugar, é possível matar os vermes de Williamson com medicamentos que deixam os vermes normais ilesos. É aí que surge uma nova esperança, porque de momento não há cura para o cancro de Williamson. A pesquisa está focada em medicamentos útieis para testar em animais, e os resultados desta investigação significam que eles poderiam agora ser desenvolvidos.

PARTILHAR

RESPONDER

Incêndios devastam sul da Europa e obrigam a retirar moradores e turistas

Dezenas de aldeias e hotéis foram este domingo evacuados nas zonas turísticas do sul da Turquia devido a incêndios que começaram há cinco dias e já mataram oito pessoas no país, devastando também regiões da …

Há uma empresa a transformar as cinzas de entes queridos em diamantes

Uma empresa norte-americana transforma cinzas de entes queridos — e animais de estimação — em diamantes, que podem ser colocados em anéis ou colares. Lidar com a morte de um ente querido é sempre uma altura …

Pianista de aeroporto ganhou 60 mil dólares em gorjetas

Tonee "Valentine" Carter, que toca piano num aeroporto norte-americano, ganhou 60 mil dólares (cerca de 50.800 mil euros) depois de um estranho partilhar um vídeo seu a tocar. Tonee "Valentine" Carter, de 66 anos, não é …

Youtubers denunciam campanha de fake news contra vacina da Pfizer

De acordo com a imprensa brasileira, uma agência de marketing terá tentado que influenciadores digitais de todo o mundo partilhassem desinformação sobre as vacinas contra a covid-19. A denúncia foi feita por alguns dos influenciadores …

Na Tailândia, a legalização do aborto enfrenta "resistência espiritual"

Desde fevereiro, qualquer pessoa que procure fazer um aborto na Tailândia consegue fazê-lo legalmente, pelo menos no primeiro trimestre. Ainda assim, muitos médicos e enfermeiros recusam-se a levar a cabo o procedimento. A advogada Supecha Baotip …

Haiti. Viúva do presidente assassinado implica seguranças no crime

Martine Moise, a viúva do presidente haitiano Jovenel Moise — assassinado na sua residência por um comando armado no início de julho — descreveu abertamente o ataque e partilhou as suas suspeitas sobre o crime …

Covid-19. Portugal regista 2.306 novos casos e aumento nos internados

Portugal registou este domingo 2.306 novos casos de infeção por covid-19 e mais oito mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).  Portugal regista este domingo oito mortes atribuídas à covid-19, 2.306 novos casos …

Birmânia. Líder da junta volta a prometer eleições até 2023, seis meses depois do golpe militar

O líder da junta militar birmanesa, no poder desde o golpe de 1 de fevereiro, comprometeu-se novamente a realizar eleições "até agosto de 2023". “Estamos a trabalhar para estabelecer um sistema multipartidário democrático”, disse, este domingo, …

Tóquio2020. Patrícia Mamona conquista medalha de prata no triplo salto (e melhora recorde nacional)

Patrícia Mamona conquistou este domingo a medalha de prata no triplo salto dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, ao conseguir 15,01 metros, novo recorde nacional, arrebatando a segunda medalha por atletas portugueses depois do bronze do judoca …

Trabalhadores da CP e IP iniciam hoje greve ao trabalho extraordinário e feriados

Os trabalhadores da CP - Comboios de Portugal e da Infraestruturas de Portugal (IP) entram este domingo em greve ao trabalho extraordinário e feriados, até 31 de agosto, por aumentos salariais. A greve, convocada pelo Sindicato …