“Uma vergonha para a Liga dos Campeões”. Villarreal arrasado após derrota com Liverpool

Peter Powell / EPA

“Uma vergonha para a Liga dos Campeões. Os jogadores do Liverpool nem sequer suaram”, disse o ex-futebolista Jason Cundy sobre a exibição do Villarreal.

O Villarreal surpreendeu ao eliminar o Bayern Munique e Juventus, e qualificar-se para as meias-finais da Liga dos Campeões. No jogo desta quarta-feira, frente ao Liverpool, os espanhóis sentiram dificuldades e acabaram derrotados por 2-0.

Pervis Estupiñán marcou na própria baliza, aos 53 minutos, e Sadio Mané marcou o derradeiro golo dois minutos depois. As estatísticas do jogo são reveladoras do domínio inglês. O Villarreal não fez nenhum remate à baliza e teve apenas 27% de posse de bola.

O antigo defesa inglês Jason Cundy, que representou clubes como Chelsea e Tottenham, foi uma das vozes mais críticas à prestação do Submarino Amarillo.

“Primeiro que tudo, quero felicitar o Liverpool. Tudo controlado. Não existe nenhuma realidade em que o Villarreal consiga criar problemas ao Liverpool. Foi demasiado fácil para o Liverpool”, começou por dizer Cundy à talkSPORT.

“Uma vergonha para a Liga dos Campeões. Os jogadores do Liverpool nem sequer suaram. Não sei como é que o Villarreal chegou tão longe. Patético”, acrescentou.

O ex-futebolista disse ainda que Van Dijk poderia ter feito parceria na defesa com um adepto, que mesmo assim o Liverpool ganharia o jogo. “Eles foram maus a esse ponto”, atirou.

“Isto foi lamentável. A UEFA deve rever este jogo e certamente pensar: ‘Estamos com um grande problema’. O Liverpool nem teve necessidade de passar da segunda velocidade. Já o Villarreal parecia que estava a jogar o último jogo da fase de grupos e que iria cair para a Liga Europa. Foi chocante”, disse ainda.

  Daniel Costa, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.