Venezuela içou bandeira e insiste que está a presidir ao Mercosul

Miguel Gutierrez / EPA

A ministra dos Negócios Estrangeiros da Venezuela, Delcy Rodríguez, com a bandeira do Mercosul

A ministra dos Negócios Estrangeiros da Venezuela, Delcy Rodríguez, com a bandeira do Mercosul

A Venezuela içou esta sexta-feira a bandeira do Mercado Comum do Sul (Mercosul) e emitiu um comunicado a sublinhar que está a presidir temporariamente aquele organismo, ao mesmo tempo que acusou a Argentina, Paraguai e Brasil de “boicote” contra Caracas.

“Que não exista confusão na Comunidade Internacional. Hoje içamos a bandeira do Mercosul na nossa Casa Amarela António José de Sucre, na Praça Bolívar, à frente do nosso Libertador Simón Bolívar”, anunciou a ministra dos Negócios Estrangeiros venezuelana, em cerimónia em frente ao edifício do seu ministério.

“Vamos exercer responsavelmente a Presidênvia Rotativa deste organismo regional tão importante para os nossos povos”, acrescentou a ministra

Segundo Delcy Rodríguez, “as normas” do Mercosul “são muito claras, a presidência rotativa corresponde de pleno direito à Venezuela e não há lugar a nenhum (outro) tipo de interpretação jurídica”, frisou.

“A Venezuela, em exercício pleno da presidência temporária do Mercosul, condena categoricamente o boicote impedido pela Tripla Aliança dos governos da Argentina, Paraguai e interino do Brasil, para impedir o normal desenvolvimento da Presidência da Venezuela, segundo o Tratado de Assunção”, explica um comunicado lido pela ministra.

gob.ve

A ministra do Poder Popular para a Comunicação e Informação da Venezuela, Delcy Rodríguez

A antiga “ministra do Poder Popular para a Comunicação e Informação da Venezuela”, Delcy Rodríguez, agora ministra dos Negócios Estrangeiros

Segundo a Venezuela, “fatores governamentais de extrema direita” pretendem infundir valentia contra a Venezuela que há apenas dois anos exerceu plena e satisfatoriamente a presidência rotativa do Mercosul, evadindo inclusive a violência extremista dirigida por fatores locais.

Para Caracas, “é absurdo, falso e forjado manter que existe um vazio de poder na presidência do Mercocul, recebida formalmente pela Venezuela de mãos do Uruguai”.

A 29 de julho, a Venezuela anunciou que assumia a presidência rotativa do Mercosul, depois de o Uruguai emitir um comunicado dando por concluída a sua gestão de seis meses, sem anunciar a qual país membro do grupo passava a pasta.

O Brasil informou os outros três membros do Mercosul (Uruguai, Paraguai e Argentina) que entendia que a presidência estava “vaga” por não haver consenso em relação à Venezuela.

Por outro lado, o Paraguai anunciou ser contra a possibilidade de a Venezuela dirigir o Mercosul e a Argentina afirmou que não reconhece a presidência venezuelana.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. só mesmo o delirante assassino e esquisofrenico kim jong un se equipara à seita que se instalou na venezuela e que ocupa o palacio miraflores. na coreia do norte ha apenas um protagonista, na venezuela eles se revezam cada um mais delirante e mais nojento.. delcy é o exemplo mais flagrante do que pode conter de odioso baixo e sem escruplos um ser humano , aqui nao importa mesmo o genero. ou só demonstra que este genero pode ser ate mais venenoso que a serpente.

Diabéticos representam 9% das mortes por covid-19

Os doentes da diabetes são um grupo de risco, representando “mais de 9% das pessoas falecidas com covid-19”, mas não têm mais probabilidades de ser infetados pelo novo coronavírus. A informação foi avançada esta quarta.feira pelo …

Covid-19: Infarmed diz que nenhum medicamento provou eficácia no tratamento

O Infarmed assegurou, na terça-feira, estar a acompanhar todos os esforços nacionais e internacionais para o desenvolvimento de potenciais tratamentos e vacinas para a covid-19, mas insistiu que nenhum fármaco provou ainda a sua eficácia …

Adolescente de 13 anos morre no Reino Unido devido a Covid-19

Um adolescente britânico de 13 anos morreu na segunda-feira depois de testar positivo para o novo coronavírus, informou na terça-feira o hospital. Segundo a família, o jovem não sofria de nenhuma outra doença. Segundo noticiou a …

"Por favor, não venham". Autarca de Vila Real apela a emigrantes que não regressem a Portugal

O presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos, apela aos emigrantes para que, "por favor", não regressem agora ao país e nesta Páscoa "fiquem nas terras" que os "acolheram em segurança". "Este vírus infernal que …

84 pessoas detidas por desobediência ao estado de emergência

A PSP e a GNR detiveram, até esta terça-feira, 84 pessoas pelo crime de desobediência e encerraram 1600 estabelecimentos, no âmbito do estado de emergência. Em comunicado, o Ministério da Administração Interna (MAI) refere que, entre as …

Há creches, ATL e colégios privados a cobrar valores indevidos na quarentena

Há creches, ATL e colégios privados a cobrarem valores indevidos referentes a alimentação, transporte e atividades extracurriculares. O alerta foi dado pela Associação de Defesa do Consumidor (Deco). De acordo com a jurista da Deco, Carolina …

Pedro Proença acredita que "vai ser possível jogar na presente temporada"

O Presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) admitiu, esta terça-feira, a possibilidade de realizar jogos à porta fechada e ainda esta temporada. Em entrevista à rádio TSF, Pedro Proença disse acreditar que ainda "vai …

Centeno deixa aviso à Zona Euro. Futuro da UE depende da resposta que der à pandemia

Mário Centeno escreveu aos ministros das Finanças da Zona Euro para os alertar que o futuro da União Europeia depende da forma como conseguir lidar com a crise económica devida à pandemia de Covid-19. Uma …

Governo quer desempregados e trabalhadores em lay-off a reforçar lares e hospitais

O Governo criou uma medida de Apoio ao Reforço de Emergência de Equipamentos Sociais e de Saúde com o objetivo de apoiar as entidades do setor social e solidário. De acordo com o ECO, o Governo …

Recibos verdes podem pedir apoio a partir desta quarta-feira. Será pago ainda este mês

O apoio por quebra de atividade destina-se a trabalhadores independentes que nos últimos 12 meses tenham tido obrigação contributiva em pelo menos 3 meses consecutivos. O formulário para os trabalhadores independentes pedirem apoio por redução de …