Toxina presente no veneno de escorpião usada no tratamento do cancro cerebral

Sob o mote “Do escorpião à imunoterapia”, uma equipa de cientistas norte-americanos reaproveitou uma toxina presente no veneno deste animal para desenvolver a primeira terapia com células T do tipo CAR para tratar tumores cerebrais.

Alguns tratamentos contra o cancro do sangue foram revolucionados graças às terapias CAR-T, que modificam as células T dos pacientes para atingir as proteínas ligadas ao cancro. Mas, até agora, estes tratamentos não conseguiram demonstrar muito potencial contra tumores sólidos, como o glioblastoma agressivo do cancro cerebral.

Agora, uma equipa de cientistas norte-americanos da City of Hope desenvolveu um novo recetor de antígeno quimérico (CAR) com células T (CAR-T) usando clorotoxina (CLTX), um composto presente no veneno de escorpião, de modo a direcionar as células T para as células tumorais cerebrais.

Os investigadores já iniciaram o primeiro ensaio clínico em humanos e os avanços foram recentemente publicados na Science Translational Medicine.

O direcionamento para o glioblastoma é muito complicado devido à diversidade dos tumores. Para que o CAR-T funcione, os CARs na superfície das células T têm de ser capazes de se agarrar a tumores com variações genéticas diferentes.

Neste estudo, os cientistas usaram células tumorais obtidas a partir de amostras de um grupo de pacientes com glioblastoma, com o objetivo de comparar a ligação de CLTX à expressão de antígenos atualmente sob investigação como alvos para células CAR-T, incluindo IL13Rα2, HER2 e EGFR.

Desta forma, descobriram que a clorotoxina se ligava a uma proporção maior de tumores e células de pacientes dentro destes tumores.

Além disso, a equipa chegou à conclusão que as células CLTX-CAR_T reconheciam e eliminavam grandes populações de células de glioblastoma sem afetar as células não-tumorais no cérebro e em outros órgãos.

Em ensaios pré-clínicos e em modelos animais, estas células foram muito eficazes na morte seletiva de células de glioblastoma humano.

Citada pelo ABC, a autora do estudo, Christine Brown, disse que esta “é uma estratégia de direcionamento completamente nova para a terapia CAR-T que incorpora uma estrutura de reconhecimento diferente das já existentes”.

O escorpião usa componentes de toxinas do seu veneno para atacar e matar as suas presas. Da mesma forma, esta equipa usou a clorotoxina para direcionar as células T para atacar as células tumorais. “Na verdade, não estamos a injetar uma toxina, mas a explorar as propriedades de ligação do CLTX no design do CAR”, rematou o cientista Michael Barish.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Estudo mostra que os cães querem mesmo resgatar os seus donos do perigo

Um novo estudo mostra que os nossos amigos de quatro patas querem realmente salvar-nos em momentos de aflição, mas desde que saibam como o fazer. De acordo com o site Science Alert, os investigadores reuniram 60 cães …

Derek Chauvin foi detido, mas os precedentes mostram que o polícia pode sair impune

Derek Chauvin, o polícia responsável pela morte de George Floyd, foi detido e aguarda a sua primeira audiência. No entanto, há precedentes que sugerem que o agente pode sair impune. Derek Chauvin tem a sua primeira …

Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal. No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu …

"Pressionaram-me para o denunciar". Higuita recorda amizade com Escobar

A relação de amizade entre René Higuita e Pablo Escobar levou a que o ex-futebolista fosse seguido pelas autoridades. A polícia chegou a pressioná-lo para denunciar Escobar. O antigo internacional colombiano René Higuita é provavelmente uma …

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …

Covid-19. México investiga mercado negro de atestados de óbito falsos

As autoridades da Cidade do México anunciaram que estão a investigar um suposto mercado negro de atestados de óbito relacionado com a covid-19, no dia em que o país registou 625 mortes nas últimas 24 …

Astrónomos descobrem "réplica" do Sol e da Terra a três mil anos-luz

O que diferencia esta descoberta de outros exoplanetas parecidos com a Terra é que a sua estrela tem uma semelhança impressionante com o nosso Sol. Entre os dados da missão Kepler, uma equipa de investigadores identificou …

Sem romarias e festas, milhares de famílias estão a entrar em falência

Milhares de famílias cujo rendimento depende das romarias e festas populares estão a atravessar sérias dificuldades económicas. Os prejuízos ultrapassam os 50 milhões de euros. A suspensão das festas populares e romarias religiosas em todo o …

Corpo de Maria Velho da Costa ficou 11 dias na morgue. Filho critica MP e fala em "massacre psicológico"

Os restos mortais da escritora Maria Velho da Costa, que faleceu a 23 de Maio, ficaram no Instituto de Medicina Legal, em Lisboa, durante 11 dias, sem que a família tivesse conhecimento de que já …

"Vocês são uns ingratos". Vieira arrasa equipa após empate com o Tondela

Luís Filipe Vieira foi ao balneário falar com os jogadores após o empate com o Tondela. O presidente benfiquista mostrou-se irritado e acusou os futebolistas de ingratidão. Depois do empate do SL Benfica com o CD …