Vendas tardam em recuperar. Empresas pouco preparadas para mudanças

José Sena Goulão / Lusa

Mário Centeno, governador do Banco de Portugal e ex-ministro das Finanças

Um estudo do Banco de Portugal (BdP), publicado na quarta-feira, revelou que as empresas enfrentam um “cenário de recuperação muito gradual” do volume de negócios para níveis anteriores à pandemia e poucas estão preparadas para mudanças, como alterações do mercado-alvo.

Segundo noticiou esta quinta-feira o Diário de Notícias, o estudo, com base em dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) e do BdP, em setembro, 65% das empresas reportam quebras de faturação, chegando aos 88% no caso do alojamento e restauração. As vendas mantiveram-se em média 17% abaixo do nível anterior ao confinamento.

“Este cenário de recuperação muito gradual deverá manter-se nos meses seguintes”, sendo “as empresas de grande dimensão e dos setores do alojamento e restauração e dos transportes e armazenagem (…) as que sobressaem nesta situação, antecipando períodos mais longos de retorno à normalidade”, indicaram os autores do estudo, Cristina Manteu, Nuno Monteiro e Ana Sequeira.

Poucas são as empresas que parecem encontrar soluções para contrair essas quebras. De acordo com o estudo, em junho, apenas 16% das empresas visavam redirecionar a atividade para novos mercados-alvo, apostando no teletrabalho, em investimento em tecnologias de informação, em mudanças de fornecedores, de produtos e serviços prestados, de atividade principal.

A incapacidade de as empresas se adaptarem reflete “a natureza global desta crise, verificando-se uma deterioração da atividade generalizada aos vários mercados e, por outro, a elevada incerteza quanto aos desenvolvimentos futuros da pandemia, o que dificulta a tomada de decisões no presente”, acrescentaram as autores.

“O impacto sobre o emprego foi relativamente contido, com três quartos das empresas a reportar variações nulas no número de postos de trabalho entre março e julho, para o que contribuiu de forma assinalável a medida do lay-off simplificado”, disseram os especialistas.

Quanto as moratórias, “as empresas que beneficiaram destes apoios apresentavam uma situação relativamente mais adversa, quer em termos de encerramento e quedas do volume de negócios no período analisado quer em termos de condições de liquidez reportadas em abril”, referiram.

“Em julho, a situação de liquidez da generalidade das empresas tinha melhorado significativamente – o que é consistente com a evolução da atividade -, mas essa melhoria foi mais notória nas empresas beneficiárias”, defenderam.

Mais de metade do apoio às microempresas já foi usada

Como apontou esta quinta-feira o ECO, a Linha de Apoio a Microempresas do Turismo já aprovou 6.337 operações, que vão receber um financiamento de 50 milhões de euros, o que significa que mais de metade da dotação da linha já foi utilizada (55%), segundo um balanço feito pelo Ministério da Economia.

“A Linha de Apoio a Microempresas do Turismo, abrangendo, nomeadamente, as atividades de alojamento turístico, de restauração e bebidas, da animação turística, das agências de viagens e da organização de eventos passou a ter uma dotação orçamental de 90 milhões de euros”, indicou ao jonrla fonte oficial do Ministério da Economia.

Gerida pelo Turismo de Portugal, a linha foi lançada em março, com uma dotação inicial de 60 milhões de euros, reforçada para 90 milhões no final de agosto.

As 6.337 operações já aprovadas são levadas a cabo por empresas ou empresários em nome individual, com menos de dez postos de trabalho e cujo volume de negócios anual não exceda os dois milhões de euros.

O último balanço dava conta de mais de 5.000 empresas que tinham recebido luz verde para obter este apoio, com um financiamento associado de cerca de 40 milhões de euros, no espaço de pouco mais de dois meses.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Requiem. Supernova irá fazer uma "reaparição fantasmagórica" em 2037

Uma supernova distante, chamada Requiem, vai fazer uma "reaparição fantasmagórica" em 2037. O Hubble captou-a três vezes em 2016, graças a um fenómeno conhecido como lente gravitacional. A Requiem é o resultado de uma explosão estelar …

A polícia holandesa achava que tinha em mãos o mafioso mais procurado da Europa. Afinal, era só um fã de F1

Um homem de Liverpool de 54 anos pensava que o grande evento da sua viagem aos Países Baixos seria assistir ao Grande Prémio de Fórmula 1, mas acabou detido numa prisão de alta segurança por …

Cobertura global de corais caiu para metade desde 1950, revela relatório

A cobertura global de recifes de coral caiu para metade desde 1950, cenário originado pelo aquecimento global, pesca excessiva, poluição e destruição de habitats naturais, revelou uma análise divulgada esta sexta-feira. Desde a Grande Barreira de …

O sonho de Christo concretizou-se, 60 anos depois. O Arco do Triunfo foi embrulhado como um presente

Já desde o início dos anos 60 que Christo imaginava como seria cobrir o Arco do Triunfo em tecido. A sua visão foi finalmente concretizada e pode ser visitada entre 18 de Setembro e 3 …

Holanda. Ministra da Defesa renuncia devido à crise de evacuação do Afeganistão

Após a ministra das Relações Externas holandesa, Sigrid Kaag, renunciar devido ao desastre da evacuação do Afeganistão, esta sexta-feira foi a vez da ministra da Defesa, Ank Bijleveld. Segundo relatou o Guardian, acredita-se que os ministros …

Tribunal da África do Sul recusa anular pena de prisão do ex-Presidente Jacob Zuma

O mais alto tribunal da África do Sul rejeitou o pedido do ex-Presidente Jacob Zuma para anular a sua sentença de 15 meses de prisão por não comparecer a uma sessão de inquérito por corrupção. Em …

EUA. Advogado planeou o próprio assassinato para o filho receber seguro. Foi detido por fraude

Um influente advogado norte-americano, cuja esposa e um dos filhos foram assassinados, foi acusado de fraude contra uma empresa de seguros e falso testemunho por organizar o seu próprio assassinato. Segundo avançou a agência France-Presse, …

Norberto Mourão conquista bronze nos Mundiais de canoagem adaptada

Norberto Mourão já tinha conquistado o bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e junta agora mais uma medalha à colecção, desta vez nos Mundiais de canoagem adaptada. O atleta de canoagem adaptada Norberto Mourão conquistou hoje …

Caso George Floyd. Polícia condenado a 22 anos de prisão pode ver a sentença revertida

A intervenção do Supremo Tribunal do Minnesota num outro caso de violência policial para reduzir a pena de um agente pode abrir um precedente para que haja alterações na sentença de Derek Chauvin. Segundo avança a …

Futebol português contra Campeonato do Mundo de dois em dois anos

O futebol português está contra a intenção da FIFA de aumentar a periodicidade do Campeonato do Mundo, passando de quatro para de dois em dois anos, refere um comunicado conjunto divulgado hoje. O documento, assinado pela …