Venda online de electrodomésticos vai ter regras

As lojas online passam a ser obrigadas, a partir de quinta-feira, a apresentar etiqueta energética com informação sobre o consumo de eletricidade em aparelhos como máquinas de lavar roupa e louça, aspiradores ou televisores.

Os consumidores já encontram as etiquetas energéticas nos equipamentos à venda e para aluguer nos estabelecimentos físicos, mas uma diretiva comunitária vem alargar esta regra às lojas online em 2015, informou a Quercus.

Os equipamentos são considerados eficientes quando realizam uma mesma tarefa com menos consumo de energia e o objetivo desta iniciativa é reduzir o gasto de eletricidade no setor doméstico e, ao mesmo tempo, diminuir a fatura a pagar.

Numa primeira fase, a partir de 01 de janeiro, são abrangidos os novos modelos de máquinas de lavar roupa e louça, aparelhos de refrigeração, secadores de roupa, aspiradores, televisores, lâmpadas, luminárias e aparelhos de ar condicionado.

“As vendas online têm cada vez mais expressão no mercado dos eletrodomésticos e, portanto, para a Quercus é muito importante esta nova obrigatoriedade, que passa pela exibição da etiqueta energética também nos sites” que comercializam estes produtos, disse à agência Lusa Ana Rita Antunes, do Grupo de Energia e Alterações Climáticas da associação ambientalista.

A técnica da Quercus explica que “não basta só dizer qual é a classe energética, também é obrigatória a exibição da etiqueta completa”.

anarita.antunes.370 / Facebook

 Ana Rita Antunes, ambientalista da Quercus

Ana Rita Antunes, ambientalista da Quercus

A partir de abril de 2015, esta obrigação é alargada aos fornos e exaustores e, a partir de setembro, aos aquecedores de água e reservatórios de água quente, bem como aos aquecedores de ambiente.

A etiqueta deve ser apresentada junto do preço do produto e é recomendado que seja disponibilizada através de uma hiperligação, partindo de uma imagem de uma seta de cor correspondente à classe de eficiência energética do produto, tal como a ficha de produto, que deve ter “dimensões claramente visíveis e legíveis”.

No acompanhamento da aplicação das regras relativas ao comportamento energéticos dos aparelhos, no âmbito do projeto europeu “Market Watch”, a Quercus realizou consultas a 10 lojas online, na maioria pertencentes a grandes cadeias de retalhistas e concluiu que apenas 3% dos produtos à venda cumpriam os requisitos de rotulagem energética, embora em 83% dos casos parte da informação a disponibilizar estivesse presente.

A expetativa da Quercus é que, “com estes novos requisitos, haja uma maior sensibilização dos retalhistas para o cumprimento das normas e que os consumidores tenham aos seu dispor toda a informação necessária para comprarem produtos de classes de eficiência energética superiores”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …

Nos Estados Unidos, a venda de discos em vinil ultrapassou a de CD pela primeira vez desde 1986

Pela primeira vez desde 1986, as vendas de discos de vinil ultrapassaram as vendas de CD nos Estados Unidos em 2020. Os números foram apresentados na semana passada pela Associação Americana da Indústria de Gravação, …

Mourinho espera ganhar sem jogar

Tottenham iria defrontar o Leyton Orient mas também no Reino Unido há jogos de futebol em causa por causa do coronavírus. O encontro entre Leyton Orient e Tottenham, relativo à terceira eliminatória da Taça da Liga …

A máfia italiana tem uma nova arma de recrutamento: o TikTok

Os jovens membros da Camorra, organização criminosa aliada à máfia siciliana, estão a recorrer ao TikTok para divulgar o seu estilo de vida e recrutar novos membros. Em maio, um vídeo foi publicado no TikTok que …

Os três segredos para ter um bom sistema imunológico são gratuitos, avisa Fauci

Manter o sistema imunológico saudável é um dos fatores-chave para lidar com a covid-19, o que não implica necessariamente a toma de suplementos vitamínicos. Há uns tempos, quando confrontado com o facto de a atriz Jennifer …

Pinguim encontrado morto no Brasil com uma máscara inteira no estômago

Um espécime de pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) foi encontrado morto numa popular praia brasileira e a autópsia ao corpo revelou que o animal tinha no seu estômago uma máscara de proteção facial N95. O animal foi …

Trump quer restabelecer sanções ao Irão. ONU rejeita apoiar posição norte-americana

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse que somente apoiará a restituição de sanções ao Irão, exigidas pelos Estados Unidos (EUA), se receber luz verde do Conselho de Segurança. Numa carta dirigida …

Designer holandês desenvolve "caixão vivo" feito com fibras de fungos

Um corpo humano pode demorar cerca de uma década a decompor-se dentro de um caixão. Com o Living Cocoon, o tempo é reduzido para dois ou três anos. Bob Hendrikx, biodesigner fundador da Loop, desenvolveu e …

Relógio em Nova Iorque mostra o tempo restante para reverter efeitos do aquecimento global

O Metronome, icónico relógio digital de Nova Iorque, deixou de mostrar o tempo do dia-a-dia e mostra agora o tempo restante que o nosso planeta tem para reverter os efeitos do aquecimento global. O relógio digital …