Vaticano recebeu cerca de 900 denúncias de abusos em 2018

Vatican Media / EPA

O Vaticano recebeu, durante o ano de 2018, cerca de 900 denúncias por abusos sexuais praticados pelo clero, um valor que ronda o dobro das recebidas anualmente na última década.

As denúncias foram reportadas à Congregação para a Doutrina da Fé, o organismo da Santa Sé que desde 2001 tem competência exclusiva para centralizar os processos eclesiásticos que dizem respeito aos chamados delicta graviora, os delitos considerados mais graves pela lei católica, entre os quais os abusos sexuais de menores.

A Congregação para a Doutrina da Fé, de acordo com o El País, não divulga oficialmente o número de casos de abuso sexual que investiga, mantendo-os sob sigilo absoluto.

As últimas estatísticas oficiais divulgadas pelo Vaticano relativamente aos abusos sexuais foram conhecidas em 2014, quando o representante da Santa Sé nas Nações Unidas revelou que, entre 2004 e 2014, a cúpula da Igreja Católica havia expulso do clero um total de 848 padres acusados de abusos.

Entre 2004 e 2014, disse na altura o mesmo responsável segundo o Observador, o Vaticano tinha recebido mais de 3.400 denúncias credíveis, com o ano de 2013 a registar um total de 401 casos reportados.

Além dos 848 padres expulsos do clero, a Congregação para a Doutrina da Fé tinha condenado a penas perpétuas de oração e penitência 2.572 padres em vários países do mundo.

O número representa, assim, uma subida em flecha do número de casos denunciados que chegam efetivamente ao Vaticano para serem julgados, após décadas em que a maioria das denúncias não passavam das dioceses, sendo habitualmente ocultadas pelos bispos.

Segundo explica o jornal espanhol, um dos principais motivos para a subida deste número foi a investigação levada a cabo pelo Vaticano relativamente aos abusos sexuais no Chile, um dos países mais afetados pelo escândalo do encobrimento de denúncias no último ano.

Terão sido dezenas os processos instaurados em relação ao Chile, depois de o Papa enviar o arcebispo de Malta, Charles Scicluna, o principal investigador do Vaticano para os abusos sexuais, àquele país para liderar a investigação.

A notícia surge um dia antes do arranque de uma cimeira inédita convocada pelo Papa Francisco e que vai reunir em Roma 190 líderes católicos de todo o mundo — incluindo o cardeal-patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente — para debater a forma como a hierarquia da Igreja Católica lida com as denúncias de abusos sexuais.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

China. Cientistas testam vacina contra a SIDA em seres humanos

Um grupo de cientistas chineses vai testar uma vacina "duradoura" contra o vírus da sida, em 160 voluntários, na primeira vez que uma vacina deste género atinge a segunda fase de testes, segundo a imprensa …

Empresa de Sérgio Ramos multada em 250 mil euros por cortar dezenas de árvores ilegalmente

A cidade de Alcobendas, em Espanha, decidiu em sessão plenária extraordinária multar a empresa Aguileña de Inversiones SA, veiculada ao futebolista Sérgio Ramos, em 250.000 euros devido ao abate ilegal de dezenas de árvores. Segundo escreve a …

Postal enviado de Hong Kong em 1993 chegou aos Estados Unidos esta semana

Uma norte-americano recebeu, esta semana, um postal oriundo de Hong Kong e datado de 1993 em perfeitas condições de preservação. Agora, falta encontrar os verdadeiros destinatários. Tal como conta a emissora norte-americana CNN, a mulher, Kim …

Além de programas e subscritores, Netflix está a perder (sobretudo) confiança

A Netflix apresentou, neste segundo semestre do ano, um crescimento global aquém das expectativas e, pela primeira vez, assistiu a uma perda de subscritores naquele que é o seu principal mercado. Estes resultados não agradaram …

Criança descobre fóssil de crocodilo gigante pré-histórico que habitou Amazónia

O rapaz de onze anos estava a pescar com o pai, nas margens brasileiras do rio Acre, quando descobriu a mandíbula de um crocodilo gigante pré-histórico que habitou a Amazónia há oito milhões de anos. Uma …

Protestos, detidos e estado de emergência. Um super-telescópio está a agitar o Havai

Centenas de manifestantes estão reunidos, na base da montanha Mauna Kea, no Havai, para contestar a construção no seu pico de um super-telescópio, avaliado em mil milhões de dólares. Segundo o Washington Post, os anciãos havaianos, conhecidos …

A Brienne de A Guerra dos Tronos propôs-se a um Emmy. E conseguiu a nomeação

A atriz Gwendoline Christie, que interpreta a cavaleira Brienne of Tarth em A Guerra dos Tronos, propôs-se a um Emmy depois de a produtora HBO não a ter indicado para os maiores prémios da televisão. Christie …

Espiões nos recreios das escolas para ver se as crianças falavam Catalão

O Governo regional da Catalunha autorizou que elementos de uma organização não governamental se introduzissem nos recreios das escolas para aferirem se as crianças e os professores falavam Catalão ou Espanhol. A iniciativa foi levada a …

Bill Gates já não é o segundo homem mais rico do mundo

O fundador da Microsoft, Bill Gates, já não é o segundo homem mais rico do mundo. Segundo o ranking elaborado pela Bloomberg, o empresário foi destronado pelo francês Bernard Arnaut, dono da empresa de artigos …

Passageira tenta abrir porta do avião em pleno voo e obriga piloto a aterrar de emergência

Uma passageira que se comportou de forma agressiva e descontrolada durante um voo que seguia de Londres para a Turquia obrigou o piloto a regressar ao aeroporto de Stansted, escoltado por dois jatos militares. O incidente …