Vaticano corrige declaração do Papa sobre homossexualidade

catholicism / Flickr

O papa Francisco

O Vaticano retirou, nesta segunda-feira, a referência à “psiquiatria” na declaração dada na véspera pelo Papa Francisco, quando questionado pelos jornalistas sobre a homossexualidade, destacando que o o sumo pontífice não quis abordar o tema como “uma doença psiquiátrica”.

No passado domingo, o Papa Francisco falava aos jornalistas no voo de regresso a Roma após a sua visita de dois dias à Irlanda, quando foi questionado sobre a homossexualidade. Francisco recomendou aos pais o recurso à psiquiatria assim que estes se apercebam de tendências homossexuais dos filhos durante a infância.

“É necessário levar em conta a idade das pessoas”, explicou o Papa.

“Quando [a homossexualidade] se manifesta na infância, a psiquiatria pode desempenhar um papel importante para ajudar a perceber como as coisas são. Mas é outra coisa quando ocorre depois dos vinte anos”, respondeu o papa a um jornalista.

Questionado sobre o que diria aos pais com filhos homossexuais, afirmou que lhes pediria “que rezem, que dialoguem e que entendam, mas que não condenem”.

Por fim, defendeu que o “silêncio nunca será uma cura” porque “ignorar um filho ou uma filha com tendências homossexuais revela falta de paternidade ou maternidade”, reiterou.

Já nesta segunda-feira, a palavra “psiquiatria” foi retirada do “verbatim” publicado hoje pelo serviço de imprensa do Vaticano, “para não alterar o pensamento do Papa”, explicou à agência de notícias AFP uma porta-voz do Vaticano.

“Quando o Papa se refere à psiquiatria, é claro que ele faz isso como um exemplo que entra nas diferentes medidas que podem ser tomadas”, explicou a mesma fonte.

“Mas, com essa palavra, não tinha a intenção de dizer que se tratava de uma doença psiquiátrica, mas que talvez fosse necessário ver como são as coisas a nível psicológico”, acrescentou o porta-voz.

ONG francesas condenam declarações do Papa

As associações de defesa dos direitos LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais) em França criticaram as propostas “irresponsáveis” defendidas no domingo pelo papa Francisco sobre o recurso à psiquiatria para pais com filhos homossexuais.

“Condenamos esta proposta que recupera a ideia de que a homossexualidade é uma doença. Ora, se há uma doença é esta homofobia enraizada na sociedade que persegue as pessoas LGBT”, reagiu Clémence Zamora-Cruz, porta-voz da Inter-LGBT, citado pela AFP.

Estas palavras são “chocantes” porque “afetam as crianças”, acrescentou, frisando que os estudos demonstram que o risco de suicídio “é mais elevado do que a média entre os jovens LGBT”.

“Graves e irresponsáveis”, estas propostas “incitam ao ódio contra as pessoas LGBT nas nossas sociedades, já marcadas por níveis elevados de homofobia e de transfobia”, disse, por seu lado, a SOS Homophobie via Twitter.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Eu teria muito para dizer acerca disto, mas como já percebi que ainda estamos na Idade Média, nem vale a pena, pois mais de metade da população não usufrui da mentalidade necessária para entender o mundo onde vive.

  2. Há uma psicóloga que publicou um artigo onde refere que dentro de cerca de 100 anos, quem acreditar em deus ou em “entidades” semelhantes, será visto como tendo problemas psiquiátricos. Isto diz tudo.

  3. A homosexualidade, a pedofilia, a necrofilia e mais alguns casos, podem ser considerados todos dentro do mesmo conceito, ou médico, ou psiquiatrico ou o que queiram chamar, mas todos têm a mesma patologia, por muito que queiram branquear a homosexualidade.
    Actualmente ser gay, ser drogado, ser menina pública mas artista, é o máximo têm os holofotes virados para eles, os heteorosexuais já são demodé.

  4. O senhor presidente do país Vaticano deve ter-se enganado, pois não estou a ver as crianças a serem medicadas com drogas psiquiátricas só porque na escola deram um beijinho a um colega do mesmo sexo. Então se o meu filho macho de 5 anos mostrar tendências homo talvez o leve a uma casa de alterne para lhe mudar o pensamento… A igreja tem os dias contados se não escrever uma nova bíblia mais contemporânea.

  5. O grupo LGBT também devia de incluir os pedófilos , os necrofitos , pois igual que eles também têm os seus gostos sexuais especificos, não deviam recusá-los.

RESPONDER

"Parasitas" vai ter uma série na HBO. E já são conhecidos dois nomes do elenco

A produção sul-coreana de Bong Joon Ho, especialmente condecorada pela Academia, merece agora uma adaptação para a televisão pelas mãos da HBO. A série televisiva de "Parasitas" foi anunciada em janeiro e a produção está encarregue …

O carregador do seu smartphone é mais potente do que o computador da Apollo 11

Não restam dúvidas de que a informática deu um passo gigante em termos de evolução nos últimos 50 anos. Agora, um engenheiro de software descobriu que até mesmo o carregador do seu smartphone é mais …

Tribunal suspende construção da Gigafactory na Alemanha

Um tribunal alemão ordenou à Tesla, este domingo, a suspensão das obras da sua fábrica "Gigafactory" por questões ambientais. Em novembro do ano passado, Elon Musk, presidente executivo da Tesla, anunciou que a Alemanha tinha sido …

Novos semáforos da Índia ficam vermelhos quando os condutores buzinam

A Polícia de Mumbai, na Índia, instalou detetores de ruído em vários semáforos de cruzamentos importantes da cidade, visando reduzir a poluição sonora. Agora, quanto mais os condutores buzinam, mais tempo a luz se mantém …

Polícia de Hong Kong procura autores de roubo de papel higiénico

Um camião que transportava papel higiénico foi, esta segunda-feira, alvo de um assalto à mão armada em Hong Kong, onde a escassez do produto motivou uma corrida ao comércio local. As autoridades informaram que um motorista …

Centeno considera gravações de Varoufakis "politicamente lamentáveis"

O presidente do Eurogrupo considerou, esta segunda-feira, a atitude do antigo ministro das Finanças grego, que gravou reuniões do fórum de ministros das Finanças da zona euro, "politicamente lamentável". "Honestamente, não tenho comentários a fazer sobre …

Elton John obrigado a interromper concerto devido a crise de pneumonia

O cantor britânico foi obrigado a interromper um concerto, na Nova Zelândia, devido a um diagnóstico de pneumonia atípica. No último domingo, o cantor britânico Elton John interrompeu um concerto no Auckland’s Mount Stadium, na Nova …

Tancos. Coronel da GNR nega pacto de silêncio

O ex-diretor de investigação criminal da GNR disse, esta segunda-feira, desconhecer qualquer pacto de silêncio com a Polícia Judiciária Militar que envolvesse a colaboração na investigação do furto das armas de Tancos. Na sessão desta segunda-feira …

Anel de curso perdido nos EUA encontrado 47 anos depois na Finlândia

Um anel de curso de um liceu nos Estados Unidos, perdido em 1973, foi agora descoberto numa floresta da Finlândia. De acordo com o The Guardian, Debra McKenna perdeu o anel de curso do marido em …

Apresentadas mais de 50 queixas contra post de André Ventura sobre Joacine Katar Moreira

A Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR) já recebeu mais de 50 queixas devido à publicação na qual o deputado do Chega sugeria devolver Joacine Katar Moreira ao seu país de origem. Em …