O Universo pode “guardar” mundos melhores do que a Terra para albergar vida

NASA / JPL-Caltech

O Universo pode “guardar” outros mundos (exoplanetas) com melhores condições do que a própria Terra para albergar vida de forma mais ativa ou abundante, concluíram três astrónomos da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos. 

Recorrendo a software do Instituto Goddard de Estudos Espaciais da NASA para simular climas e habitats oceânicos em diferentes tipos de exoplanetas, a equipa conseguiu modelar a circulação de água em hipotéticos oceanos extraterrestres, sugerindo que alguns destes mundos teóricos podem ser mais prósperos do que a Terra.

“Esta é uma conclusão surpreendente”, disse a cientista líder da investigação, Stephanie Olson, citada em comunicado divulgado pelo portal Eureka Alert.

O estudo, cujos resultados foram apresentados na Conferência Goldschmidt, que decorreu esta sexta-feira em Barcelona, Espanha, “mostra-nos que as condições de alguns exoplanetas com padrões de circulação oceânica favoráveis podem ser mais adequadas para suportar vida mais abundante ou mais ativa do que a vida na Terra”.

Para levar a cabo estas modelações, a equipa baseou-se no conhecimento da biofísica da Terra, onde a vida nos oceanos “depende do afloramento” ou do fluxo ascendente de água que “devolve os nutrientes das profundezas profundas do oceanos para as zonas iluminadas pelo sol” – e é nesta mesma área que os organismos responsáveis pela fotossíntese se concentram.

Quanto mais ativo for o afloramento, mais nutrientes ascenderão às camadas superiores do oceanos, o que levará a uma maior “atividade biológica”, explicaram os cientistas norte-americanos, salientando que são estas as condições que devem ser procuradas para encontrar mundos onde a vida seja mais provável e abundante.

Entre uma série de fatores, os cientistas definiram que atmosferas mais espessas combinadas com uma taxa de rotação mais lenta e a existência de continentes, contribuem para taxas mais elevadas de ressurgência e, por isso, mundos com estas características têm melhores probabilidades de desenvolverem e sustentarem biosferas prósperas.

“Utilizamos um modelo de circulação oceânica para identificar quais os planetas que terão [taxas de] ressurgência mais eficientes e, assim, oferecer oceanos particularmente hospitaleiros. Descobrimos que uma densidade atmosférica mais alta, taxas de rotação mais lentas e a presença de continentes geram taxas de ressurgimento mais altas”.

“Uma outra implicação [nesta investigação] é que a Terra pode não ser idealmente habitável – e a vida noutro lugar pode desfrutar de um planeta que é ainda mais hospitaleiro do que o nosso”, concluíram os cientistas.

Em agosto passado, recorde-se, uma equipa de cientistas da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, estimou quantos “mundos de água“, isto é, exoplanetas com uma hidroesfera mais espessa do que a Terra, podem existir no Universo.

A equipa concluiu que muitos dos que muitos planetas fora do Sistema Solar podem ter até 50 por cento de água. Ao todo, cerca de 35 por cento dos exoplanetas identificados e maiores do que a Terra será ricos em água. Contudo, a investigação deixa claro que a existência abundante e água não é condição por si só para a proliferação da vida.

A procura continua.

SA, ZAP //

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Eu não tenho dúvida de que existem inúmeros planetas, não só habitados como habitáveis. Porque eu li o Livro de Urantia, coisa que todo cientista devia ler. Aqui perto da Terra existe um planeta habitado, bem pertinho.

  2. Vamos embora então aqui o homem já destruiu tudinho , vamos arrebentar em outro lugar , aqui já poluiu acabou com tudo , vamos pra lá … O homem não conhece bem seu quintal e agora se acha capaz de de saber mais q Deus o criador , AF …

  3. O Planeta terra à uns anos atrás também tinha melhores condições de habitabilidade e muito mais abundância de vida, e eu nem estudei o assunto e nem sou cientista!!!! …. Huuummm … Como será que cheguei eu a esta conclusão ????
    Já agora, enviem para esses planetas umas dúzias de políticos e outras tantas de lacaios lambe botas para ver o estado em que esses paraísos ficam em menos de um fosforo (Podem começar por escolher alguns no Brasil, EUA, Rússia, China, UK, Áustria, Líbia, Irão, Emirados Árabes, Coreia do Norte, Itália, Venezuela, Paquistão, Portugal, Angola, etc, etc, etc,….), bem… o melhor é enviarem para lá uns milhares, para ver se isto por cá melhora, e se continuamos a ter Planeta para deixar aos nossos filhos. No entanto, se pretenderem enviá-los para o Sol, por mim tudo bem.

  4. Certo.
    Primeiro ponto conclusão baseada em um software. Quem fez o software precisou de parâmetros para a construção do tal e último,sou a imaginação certamente pois não há nada concreto de fato.

    Como diz o texto apenas hipotético e teórico.

    Vamso viver a realidade para de sonhar essa ladainha a tempos desde que nasci fica nesse pode encontrar um planeta tal é tal coisas assim assado.Vamos aos fatos. A terra é plana imóvel estacionaria. Não existe jeito de passar o cinturão de van Halen.

  5. Eu não tenho dúvidas de que só existe vida na terra.
    Porque eu li na bíblia em Zc 12
    Deus criou os céus para a terra e a terra para o homem e o espírito do homem para Ele.

RESPONDER

Siza Vieira admite aulas por canais "estilo youtube" ou TV por cabo

O Governo está a estudar soluções que garantam que todos os alunos têm acesso aos conteúdos educativos no terceiro período, adiantou o ministro da Economia. O Governo está a estudar soluções que garantam que todos os …

Retificação ao diploma do lay-off simplificado trava despedimentos

Uma retificação ao diploma inicial do ‘lay-off’ simplificado, hoje publicada, vem acautelar que nenhum trabalhador de empresas que recorra a este apoio pode ser alvo de despedimento coletivo ou extinção de posto de trabalho. O decreto-lei …

Rocha desafia teoria da escassez de oxigénio na Terra primitiva

Uma rocha sedimentar única rica em carbono, depositada há dois mil milhões de anos, deu aos cientistas novas pistas sobre as concentrações de oxigénio na superfície da Terra nessa época. De acordo com a agência Europa Press, …

As bactérias formam comunidades na nossa língua (e uma imagem revela como)

Cientistas norte-americanos descobriram que as bactérias que vivem na nossa língua têm uma organização complexa e altamente estruturada. Os micro-organismos estão em toda a parte - até no interior da nossa boca. Um novo estudo revela …

Como sobreviver ao isolamento? Astronautas explicam

Em todo o mundo, cidades e até países inteiros estão em quarentena como forma de travar a propagação do novo coronavírus, Covid-19. Alguns astronautas deixaram conselhos sobre como sobreviver ao isolamento. Para alguns, o auto isolamento …

"Indiana Jones do mundo da arte" recupera manuscrito do poeta persa Hafez

Uma das primeiras cópias do reverenciado Divan do autor do século XIV Hafez, iluminado com ouro, será leiloado no início de abril. O famoso poeta persa do século XIV, Hafez, escreveu uma coleção de versos místicos …

O palco onde os Beatles atuaram pela primeira vez está à venda

O palco de madeira onde os Beatles atuaram pela primeira vez está à venda. Agora, alguém poderá replicar o primeiro concerto da famosa banda. A 10 de abril, em comemoração dos 50 anos da separação da …

Células estaminais podem ajudar a proteger os astronautas da radiação espacial

Assim que os astronautas deixam a proteção do campo magnético da Terra, ficam automaticamente expostos a níveis elevados de radiação cósmica. A Agência Espacial Europeia (ESA) está cada vez mais focada em investigações para reduzir …

Pandemia pode trazer nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas

A pandemia de Covid-19 pode trazer uma nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas como limpeza de superfícies infetadas ou vigiar pessoas em quarentena, afirmam esta quarta-feira alguns dos principais investigadores internacionais em …

Multimilionários refugiam-se da Covid-19 a bordo de iates

Vários multimilionários têm procurado refugiar-se da pandemia de Covid-19, que nasceu em dezembro passado na China, em alto mar, a bordo de iates de luxo. Em declarações ao jornal The Telegraph, Jonathan Beckett, executivo da …