Os últimos cinco anos foram os mais quentes desde que há registo

Hugo Delgado / Lusa

Um relatório das Nações Unidas revelou que, entre 2015 e 2019, foram atingidos níveis históricos. Desde 1850, as temperaturas aumentaram 1,1ºC.

O período entre 2015 a 2019 é o mais quente alguma vez registado, indicou este domingo a ONU, na véspera de uma cimeira sobre o clima que se irá realizar em Nova Iorque e que irá contar com a presença de nomes como a ativista Greta Thunberg.

Segundo um relatório divulgado pela Organização Meteorológica Mundial (WMO), as temperaturas médias subiram 1,1ºC desde 1850. Só entre 2011 e 2015, registou-se um aumento de 0,2ºC.

Relativamente as emissões de gases com efeito de estufa, entre 2015 e 2019, estes aumentaram 20% relativamente aos cinco anos anteriores. Em 2019, estas foram “pelo menos tão elevadas” quanto em 2018, de acordo com os os cientistas que trabalharam neste relatório para a ONU. Espera-se que, até ao final do ano, e concentração de CO2 na atmosfera atinja um novo pico.

Com os compromissos atuais dos países para reduzirem as emissões de gases com efeito de estufa, o planeta vai estar mais quente de 2,9 a 3,4ºC até 2100. Os esforços anticarbono dos países devem ser multiplicados por cinco para conter o aquecimento a 1,5ºC, como prevê o acordo de Paris de 2015 ou, no mínimo, multiplicados por três para ficar em 2ºC, o limite máximo estipulado no texto.

“O fosso nunca foi tão grande entre o que o mundo deseja alcançar e a realidade dos planos climáticos dos países”, alerta o relatório.

Nunca a água dos oceanos esteve tão quente

Os oceanos são os mais prejudicados por este aumento da temperatura. De acordo com o relatório da WMO, mais de 90% do excesso de calor causado pelas alterações climáticas acabam na água. Em 2018, registou-se os valores mais altos de calor nos oceanos.

O nível médio do mar também subiu consideravelmente entre 2015 e 2019, acompanhando o aumento das emissões de CO2. Na última década, este aumentou de três para quatro milímetros por ano devido ao derretimento acelerado das calotas glaciares nos polos norte e sul, confirmadas por vários estudos e observações por satélite. Esta situação irá levar a um aumento do nível do mar no futuro, o que está a preocupar os cientistas da WMO.

“Como vimos esta ano com os efeitos trágicos nas Bahamas e em Moçambique, o aumento do nível do mar e as intensas tempestades tropicais levaram a catástrofes humanitárias e económicas”, refere o relatório, citado pelo Observador.

https://twitter.com/CMNUCC/status/1175778449526534147

Estes dados vêm confirmar a tendência para um aumento da temporada que já tinha sido apontada durante o verão. Na altura, a ONU informou que o mês de julho tinha sido o mais quente alguma vez registado, devido a “uma onda de calor extraordinariamente precoce e excecionalmente intensa” que estabeleceu “novos recordes de temperatura na Europa” – 2ºC acima do normal.

Esta segunda-feira, cerca de 60 líderes mundiais irão reunir-se numa cimeira sobre o clima, na véspera da Assembleia Geral das Nações Unidas, que contará com a presença do Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Um ano após o confinamento de Wuhan o mundo continua em crise devido à covid-19

Quase um ano depois da imposição do confinamento na cidade de Wuhan para travar o vírus SARS-CoV-2, que se assinala este sábado, o mundo continua em luta contra a pandemia, apesar do aparecimento de vacinas. A …

Pessoas com certas características podem ser mais suscetíveis a "ouvir" os mortos

Uma equipa de cientistas identificou certas características que podem tornar as pessoas mais suscetíveis a alegar que “ouvem” os mortos. Um novo estudo sugere que as pessoas que se descrevem como "clariaudientes" - em oposição a …

Sporting 1 - 0 SC Braga | Leões conquistam Taça da Liga com golo de Porro (e algum sofrimento)

O Sporting reconquistou hoje a Taça da Liga de futebol, ao vencer na final o Sporting de Braga, por 1-0, em Leiria, com um golo de Pedro Porro e enorme resistência durante a segunda parte. O …

Estados Unidos querem rever o acordo com rebeldes talibãs no Afeganistão

Os Estados Unidos indicaram hoje às autoridades afegãs o seu desejo de rever o acordo entre o Governo norte-americano e os talibãs, assinado em fevereiro de 2020, particularmente para "avaliar" o respeito dos rebeldes pelos …

"Excedeu todas as expetativas". Implante de córnea artificial devolve visão a homem cego

Um homem de 78 anos que estava cego dos dois olhos há 10 anos recuperou a visão após receber o primeiro implante de uma córnea artificial desenvolvida pela startup israelita CorNeat Vision. O implante CorNeat KPro …

Tenista João Sousa falha Open da Austrália após ter estado infetado

João Sousa vai falhar o Open da Austrália depois de ter estado infetado com o novo coronavírus, por determinação das autoridades australianas, anunciou hoje o tenista português. "É com muita tristeza que vos dou a conhecer …

Cientistas criam nova forma de produzir carne em laboratório (e prometem manter o sabor e a textura)

Uma equipa da McMaster desenvolveu uma nova forma de carne cultivada, através do uso de um método que promete manter o sabor e a textura mais naturais do que as outras alternativas à carne tradicional. Os …

Papa pede "jornalismo corajoso" e controlo de notícias falsas na Internet

O papa Francisco pediu hoje um "jornalismo corajoso" que venha ao encontro das pessoas e histórias, propondo ainda o controlo das notícias falsas na Internet, especialmente neste período de pandemia da covid-19. “Opiniões atentas lamentam, há …

A cidade mais antiga das Américas está sob ameaça de invasão (e a culpa é da pandemia)

Tendo sobrevivido durante cinco mil anos, o sítio arqueológico mais antigo das Américas está sob a ameaça de invasores que afirmam que a pandemia de covid-19 os deixou sem outra opção a não ser ocupar …

Suspeito do homicídio de Bruno Candé nega ter agido impulsionado por racismo

Evaristo Marinho disparou vários insultos racistas contra Bruno Candé: “Vai para a tua terra, preto, tens a família toda na sanzala e também devias lá estar”, foi um deles. Três dias depois acabou por matá-lo, …