UEFA não quer campeonatos a seguir o exemplo belga

Steffen Prößdorf / Wikimedia

Aleksander Ceferin, presidente da UEFA

A UEFA reprovou a decisão da Liga de futebol da Bélgica que, esta quinta-feira, recomendou que se dê por terminada a época e se atribua o título ao Club Brugge. 

Numa carta conjunta com a Associação de Clubes Europeus (ECA) e a Associação de Ligas Europeias de Futebol (EFPL), a UEFA criticou a decisão da Liga belga de terminar já o campeonato e atribuir o título ao Club Brugge.

“Estamos confiantes de que o futebol poderá recomeçar nos próximos meses — com condições que serão ditadas pelas autoridades públicas — e acreditamos que qualquer decisão de abandonar as competições é, neste momento, prematura e injustificada“, cita a agência Reuters.

Na missiva, lê-se ainda que os grupos de trabalho estão “focados em cenários que abrangem os meses de julho e agosto, com a possibilidade de as competições da UEFA recomeçarem depois do fim das ligas nacionais”.

“É fundamental que mesmo um evento tão perturbador como esta epidemia não impeça que as competições sejam decididas em campo e que os títulos sejam atribuídos com base nos resultados.”

Sem falar em exemplos concretos, a carta lança dúvidas sobre a participação das equipas belgas em competições da UEFA na próxima temporada.

“Dado que a participação nas competições de clubes da UEFA é determinada pelos resultados desportivos alcançados no final de uma competição nacional completa, uma finalização prematura poderia lançar dúvidas sobre o preenchimento de tais requisitos. A UEFA reserva-se o direito de avaliar o direito dos clubes de serem admitidos nas competições europeias de 2020/21″, sublinha o organismo.

A decisão da Liga belga deverá ser formalmente validada a 15 de abril. O Club Brugge era líder destacado, após 29 jornadas disputadas na fase regular, com mais 15 pontos do que o Gent e 17 do que o Antuérpia, segundo e terceiro classificados, respetivamente.

No dia 17 de março, o organismo que tutela o futebol europeu anunciou, como já era previsto, que o Euro 2020 seria adiado para o verão de 2021.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Se um campeonato pode ser decidido por diferenças de 1 ponto, nao vejo qual é o problema se este ja tinha 15 de diferença, a não ser claro está que a UEFA ou não queira esta equipa campeã, ou então outros interesses esteja escondidos.

  2. A uefa é apenas mais uma das entidades a demonstra que a vida humana para ela não qualquer valor!
    Ou seja como asnos que são não aprenderam absolutamente nada!

  3. O Benfica suspira de alívio e já deve ter uma bateria de pareceres jurídicos baseados nesta mensagem da UEFA, como se esta mandasse alguma coisa nas decisões da Liga. A notícia devia ser UEFA PEDE para, em vez de UEFA não quer.

RESPONDER

Bispo italiano sugeriu a padre que pagasse 20 mil euros a vítima de pedofilia

O bispo católico de Como, em Itália, afirmou ter sugerido a um jovem padre suspeito de pedofilia que pagasse 20 mil euros à suposta vítima para encerrar uma investigação interna ao caso ocorrido numa residência …

Governo reforça financiamento de projetos LGBTI com 50 mil euros

O Governo vai reforçar em 50 mil euros o financiamento de projetos de organizações que atuem na defesa dos direitos das pessoas lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexo (LGBTI), anunciou o gabinete da secretária de …

CDS pede ao Governo "um plano de desconfinamento controlado, à inglesa"

Francisco Rodrigues dos Santos quer que o Executivo apresente um plano de desconfinamento que permita a retoma da atividade de alguns setores. Esta sexta-feira, o presidente do CDS-PP insistiu na necessidade de o Governo apresentar um …

Para os idosos que estão em lares, visitar a família sem isolamento poderá acontecer em maio

A CNIS estima que, com todos os idosos residentes em lares vacinados, maio possa ser o mês da libertação depois de mais de um ano de pandemia, confinamentos e restrições apertadas. DGS diz que orientações …

UE retalia e declara chefe da missão venezuelana "persona non grata"

A União Europeia (UE) decidiu, esta quinta-feira, declarar a chefe da missão venezuelana em Bruxelas persona non grata, respondendo ao anúncio feito por Caracas de dar 72 horas à embaixadora comunitária para abandonar o país. "Por …

Novo problema num Boeing 777 leva a aterragem de emergência na Rússia

Um Boeing 777 da companhia aérea russa Rossiya fez uma aterragem de emergência em Moscovo, esta sexta-feira, devido a um problema de motor, uma semana depois de um incidente semelhante com um aparelho do mesmo …

Covid-19. Mais 1.027 casos e 58 mortes em Portugal

Portugal registou hoje 58 mortes e 1.027 novos casos de infeção nas últimas 24 horas, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico desta sexta-feira, divulgado pela Direção-Geral da Saúde, dá conta de 1.027 novos …

Costa anuncia "passaporte sanitário" para circulação na UE (e aposta em novos modelos económicos)

O primeiro-ministro António Costa anunciou esta sexta-feira que a Comissão Europeia vai preparar um documento para facilitar a circulação entre países da União Europeia (UE). Segundo avançou o Correio da Manhã, este "passaporte sanitário", que estará …

Vírus já circulava "de forma silenciosa" em Portugal em fevereiro (e veio principalmente do Reino Unido)

O Reino Unido, com mais casos, e a Itália, com mais peso na transmissão comunitária, foram os países com maior impacto no início da pandemia de covid-19 em Portugal, revela esta sexta-feira um estudo do …

Morreu Alfredo Quintana, guarda-redes de andebol do FC Porto

Alfredo Quintana, guarda-redes de andebol do FC Porto, faleceu esta sexta-feira, aos 32 anos. O internacional português sofreu uma paragem cardiorrespiratória no treino de segunda-feira. Alfredo Quintana, guarda-redes da equipa de andebol do FC Porto e …