Turquia responde à Grécia com manobras militares

Tolga Bozoglu / EPA

Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, numa chamada telefónica com o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, sublinhou a importância de desanuviar o conflito e apelou à Turquia para se abster de atividades que alimentem as tensões com a Grécia.

Contudo, como noticiou no domingo a agência AFP, enquanto o presidente turco apelou à União Europeia (UE) para ser “imparcial” na crescente disputa sobre a prospeção de energia nas águas do Mediterrâneo oriental, a sua Marinha iniciou manobras militares junto ao Chipre.

A corrida da Turquia às reservas de gás e petróleo em águas reclamadas pela Grécia, tem moldado a relação entre os dois membros da NATO e velhos rivais, e colocando Ancara, mais uma vez, contra a UE.



Durante a conversa com o ex-primeiro-ministro belga, o líder turco “convidou as instituições da UE e os Estados-membros a serem justos, imparciais e objetivos e a a agirem responsavelmente em questões regionais, particularmente o Mediterrâneo oriental”, disse a presidência turca.

A escalada do conflito está no topo da agenda de uma reunião do Conselho Europeu agendada para os dias 24 e 25, com alguns Estados membros – França à cabeça – a pressionarem no sentido de se imporem sanções contra a Turquia.

No mês passado, a Turquia colocou o seu navio de exploração Oruç Reis em águas entre a Grécia e Chipre, o que levou Atenas a realizar exercícios navais para defender o seu território marítimo.

No sábado, Erdogan aumentou as tensões ao ameaçar Atenas. “Eles compreenderão a linguagem da política e da diplomacia, ou no terreno através de experiências amargas.”

O chefe diplomático da UE, Josep Borrell, sugeriu sanções contra Ancara, mas até agora a França – que enviou fragatas e aviões de combate para a região em apoio à Grécia – não conseguiu persuadir outras nações da UE a juntarem-se à sua resposta.

Michel advertiu Erdogan que “todas as medidas serão consideradas” na reunião deste mês, de acordo com um funcionário da UE.

Por sua vez, Erdogan disse que a abordagem da UE a esta questão seria “um teste de sinceridade” para o direito internacional e a paz regional, acrescentando que as medidas provocatórias tomadas por alguns políticos europeus não fomentariam uma solução, de acordo com a presidência turca.

À medida que a tensão aumentava, as forças armadas turcas começaram no domingo os exercícios anuais “Tempestade Mediterrânica” junto com os cipriotas do norte.

“As prioridades de segurança do nosso país e da República Turca do Norte de Chipre são indispensáveis”, disse no Twitter o vice-presidente turco Fuat Oktay, mencionando uma entidade que só Ancara reconhece.

Chipre está dividido entre o Sul cipriota grego – um estado membro da UE – e o Norte cipriota turco, em resultado da invasão turca em 1974, na sequência de um golpe que tinha como objetivo unir Chipre e Grécia.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

E agora, Portugal? Depois do Grupo da Morte... Bélgica, Itália, França e Espanha no quadro

Teoricamente, desta vez a seleção nacional ficou claramente do lado mais forte na fase a eliminar do Europeu. Haverá um "escaldante" Inglaterra-Alemanha nos oitavos-de-final. Muitos adeptos portugueses ainda se lembram do golo tardio, noutro jogo, que …

Parlamento Europeu aprova novo estatuto do Provedor de Justiça

O Parlamento Europeu aprovou o novo estatuto do Provedor de Justiça Europeu que vai passar a trabalhar com novas regras, podendo avançar com os próprios inquéritos, prevendo-se também no novo regulamento medidas de proteção para …

Fernando Santos: "Estava a dizer à equipa para se chegar à frente"

Explicação do selecionador nacional, que esteve muito agitado durante os últimos minutos do Portugal-França. Uma primeira parte "excelente" e uma decisão duvidosa da equipa de arbitragem que alterou o resultado perto do intervalo. Fernando Santos começou …

Alemanha 2-2 Hungria | Goretzka salva germânicos no fim

Uma Alemanha impiedosa ao atrevimento da Hungria rendeu hoje um empate a duas bolas, selando a qualificação germânica para os ‘oitavos’ do Euro2020 e a despedida dos magiares no quarto e último lugar do Grupo …

Quase 900 funcionários dos Serviços Secretos dos EUA contraíram covid-19

Aproximadamente 900 funcionários dos Serviços Secretos dos Estados Unidos (EUA) testaram positivo para o coronavírus, de acordo com registos do governo obtidos por um grupo de vigilância. De acordo com os registos, obtidos pela Citizens for …

Portugal 2-2 França | Jogo louco vale empate com sabor a oitavos

A seleção portuguesa de futebol qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020, ao empatar 2-2 com a campeã mundial França, em encontro da terceira jornada do Grupo F do Euro2020, na Puskás Arena, …

Em 2020, mais de 8.500 crianças foram usadas como soldados

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), no ano passado, mais de 8.500 crianças foram usadas como soldados e quase 2.700 foram mortas devido à proximidade com vários conflitos existentes em todo o …

Portugal vs França: seleção empata 2-2 e está nos oitavos do Euro!

A seleção de Portugal jogou esta quarta-feira contra a França, num encontro que podia significar o apuramento para os Oitavos de Final do Euro 2020 ou o regresso a casa mais cedo e sem glória. …

Rússia nega investimento em IA para criação de microchips cerebrais

A Rússia negou as alegações de que estaria a investir em Inteligência Artificial que permitiria aos humanos controlar carros, aviões e usinas nucleares através de microchips implantados nos seus cérebros. O diário Kommersant relatou na terça-feira …

Bombeiro que socorreu a princesa Diana após o acidente revela as suas últimas palavras

Quase 24 anos depois da morte da princesa Diana, o chefe dos bombeiros que esteve no local na noite do acidente em Paris, revelou as suas últimas palavras. Amada por todo o mundo, a princesa do …