Turista portuguesa internada depois de visitar a República Dominicana já teve alta

A mulher de 42 anos que estava internada no Hospital de Braga na sequência de ter contraído um vírus potencialmente mortal na República Dominicana já teve alta hospitalar, encontrando-se, no entanto, condicionada em termos físicos durante os próximos seis meses.

A informação foi avançada pela rádio local Cidade Hoje, que aponta que mulher, natural e residente em Arnoso Santa Eulália, Famalicão, estará limitada durante os próximos seis meses para evitar uma recaída.

De acordo com a mesma fonte, a mulher não poderá fazer exercício físico nem efetuar caminhadas prolongadas, de forma a conter a infeção e o vírus que terá contraído naquele local paradisíaco.

A mulher de Vila Nova de Famalicão começou a sentir-se mal poucos dias depois de chegar à ilha das Caraíbas. Os primeiros sintomas assemelharam-se a uma gastroenterite (inflamação do estômago ou intestinos), mas, depois, a portuguesa começou a ter dificuldades em respirar, a ficar com o corpo inchado e com dores musculares.

No hospital foi diagnosticado uma miocardite, uma inflamação do músculo do coração que pode provocar arritmias e insuficiência cardíaca. “A doente está internada e clinicamente estável”, indicou fonte hospitalar.

Suspeita-se que a doença tenha sido contraída através do gelo utilizado para refrescar as bebidas feito de água não potável.

No fim de junho, o Governo português, atravesses do Ministério dos Negócios Estrangeiros pediu aos turistas portugueses que tencionassem viajar para a República Dominicana que tivessem precaução, recordando que a água da torneira do país não é potável.

O Ministério apelou para que os portugueses tivessem especial cuidado quanto ao consumo de bebidas e para que optassem sempre por água engarrafada.

Há já registo de dezenas de pessoas que contraíram um vírus naquele país, com desfecho letal para essas pessoas. Apesar de não haver certezas quanto à causa das mortes, nem mesmo se há uma correlação entre estas, os episódios fizeram disparar os alarmes nos Estados Unidos, e no turismo da ilha, levando a República Dominicana a baixar os preços praticados de 1100 para 800 euros.

As autoridades judiciais de vários países, incluindo o FBI, estão a investigar estas mortes que ocorrem principalmente com turistas alojados em hotéis daquela ilha.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Centenas de pessoas na manifestação do Chega. Ventura quer afastar "fantasma" sobre racismo em Portugal

Centenas de pessoas participaram este domingo em Lisboa numa manifestação promovida pelo Chega para dizer que “Portugal não é racista” e tentar afastar “esse fantasma” que assola o país sempre que algo de trágico acontece. “Em …

Rendas das casas podem ficar congeladas no próximo ano

Depois de cinco anos consecutivos a subirem, as rendas habitacionais e comerciais poderão ficar congeladas no próximo ano. Segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) revelados no final da semana passada, a taxa média de …

Reabertura de bares e discotecas. Setor critica "esperteza saloia" do Governo

Os bares e discotecas, encerrados desde março devido à pandemia de covid-19, podem funcionar como cafés e pastelarias, seguindo as mesmas regras. A medida do Governo tem sido alvo de fortes críticas por parte do …

Portugueses podem colmatar falta de estrangeiros no Algarve, mas não chega para salvar o ano

Os portugueses podem ajudar a colmatar a falta de estrangeiros de férias no Algarve, afastados por causa da pandemia de covid-19, mas já não será possível salvar o ano turístico desta região. As previsões são …

Das três linhas de apoio à cultura, só uma estará disponível esta segunda-feira

O Ministério da Cultura tinha anunciado que três linhas de apoio iam estar disponíveis esta segunda-feira, para trabalhadores, empresas artísticas e espaços culturais. No entanto, só uma abriu. Das três linhas de apoio social que foram …

Além da "hipocrisia" no processo, Novo Banco cometeu dois pecados capitais

No seu habitual espaço de comentário na SIC, Luís Marques Mendes falou sobre a queda histórica do PIB e a polémica do Novo Banco. Luís Marques Mendes considera que a queda do Produto Interno bruto (PIB) …

Covid-19. Austrália recua em força e Londres pondera vir a ter cerca sanitária

Depois de ser retratado como um caso de sucesso no combate à covid-19, a Austrália começa a dar passos atrás. No Reino Unido, equaciona-se uma cerca sanitária na capital. Melbourne, a segunda maior cidade australiana, vai …

FC Porto tem plano para desviar Taremi e Nuno Santos de rivais

Os 'azuis e brancos' estão a estudar as contratações de Mehdi Taremi e Nuno Santos. Os jogadores vilacondenses são também cobiçados por outros clubes. O FC Porto está a sondar as contratações de Taremi e Nuno …

PSP fez ajuste direto de 113 mil euros com empresa que doou viseiras

O Jornal de Notícias escreve na sua edição impressa desta segunda-feira que a PSP fez três ajustes diretos no valor de mais de 113 mil euros com uma empresa de Sintra que tinha antes feito …

Casa Branca prepara investida contra tecnológicas chinesas. TikTok e WeChat na mira

Washington e Pequim estão a viver um dos momentos mais críticos desde que os dois países estabeleceram relações em 1979. Agora, a crise adensa-se, com o TikTok e a WeChat debaixo de olho. Washington e Pequim …