Turismo do Porto e Norte de Portugal, SAD do Braga e V. Guimarães alvo de buscas

Tiago Henrique Marques / Lusa

A Procuradoria-Geral Distrital do Porto (PGDP) anunciou, esta quarta-feira, que foram constituídos cinco arguidos numa investigação à atividade desenvolvida por uma “entidade ligada à promoção do turismo”, por alegados crimes de corrupção, peculato e abuso de poder.

Em nota publicada na sua página oficial, a Procuradoria-Geral Distrital do Porto (PGDP) refere que, no âmbito de inquérito dirigido pelo Ministério Público do departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) distrital do Porto, foram hoje realizadas 16 buscas domiciliárias, 16 buscas a veículos automóveis e 34 buscas não domiciliárias, incluindo as instalações de “entidade ligada ao turismo”, uma Câmara Municipal e as sociedades anónimas desportivas (SAD) do Sporting Clube de Braga e do Vitória Sport Clube.

O SC Braga já confirmou, em comunicado, que o clube “recebeu esta quarta-feira uma solicitação por parte da Polícia Judiciária no sentido da prestação de informação sobre o contrato de patrocínio celebrado com a Turismo do Porto e Norte de Portugal“.

O clube confirmou a existência desse contrato, “partilhou a documentação existente e prestou à Polícia Judiciária a sua total colaboração”.

O SC Braga celebrou com a Turismo do Porto e Norte de Portugal um contrato de patrocínio com vista à promoção do país em Madrid, onde a equipa de futsal disputou, em novembro passado, a Ronda de Elite da UEFA Futsal Cup.

O SC Braga recebeu em troca 15 mil euros desta associação, para presença da marca nas camisolas que o clube envergou na competição. No mesmo comunicado, o clube diz que esta foi única relação contratual existente entre as duas entidades.

Segundo a PGDP, as buscas decorrem nas comarcas de Porto, Viana do Castelo, Viseu, Braga, Bragança, Lisboa e Faro e são efetuadas pela Polícia Judiciária e por magistrados do Ministério Público.

No inquérito, investigam-se factos suscetíveis de integrarem os crimes de tráfico de influência, abuso de poder, participação económica em negócio, corrupção passiva e corrupção ativa de titular de cargo público, e recebimento indevido de vantagem de titular de cargo público.

Fraude e desvio na obtenção de subsídio, participação económica em negócio de titular de cargo político, abuso de poderes de titular de cargo político, prevaricação de titular de cargo político, peculato de titular de cargo político e falsificação de documento são outros crimes em investigação.

Contactado pela Lusa, o presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal, Melchior Moreira, manifestou-se de consciência tranquila e disponível para prestar todas as informações que lhe forem solicitadas.

“Estou de consciência tranquila. Vou prestar todas as informações e toda a ajuda que me for solicitada, para esclarecer a situação e defender o meu bom nome e da entidade”.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Não há qualquer hipótese de resgatar os corpos dos 44 tripulantes do ARA San Juan

O ministro de Defesa da Argentina, Oscar Aguad, afirmou este domingo que não há tecnologia capaz de resgatar do mundo do mar o submarino ARA San Juan, localizado este sábado a 900 metros de profundidade …

Talvez os neandertais não fossem tão brutos como se pensava

Apesar de vários esqueletos de neandertais terem sido encontrados com ferimentos graves na cabeça e no pescoço, um novo estudo sugerem que não fossem tão violentos como se pensava. Na verdade, os níveis de lesões cranianas …

A galáxia mais brilhante do Universo é "canibal"

A galáxia mais brilhante já descoberta no Sistema Solar, a W2246-0526, localizada na constelação Aquarius, devorou não duas mas três das suas galáxias-satélites, o que pode explicar a sua forte luminosidade. De acordo com um novo …

Picasso roubado há 6 anos na Holanda terá sido encontrado sob uma árvore na Roménia

Procuradores romenos estão a investigar se um quadro que apareceu este sábado na Roménia é o mesmo que há seis anos foi roubado de um museu da Holanda, noticiou a agência de notícias Associated Press. A …

O colossal drone solar da Boeing vai voar em 2019

A Aurora Flight Sciences, subsidiária da Boeing, vai lançar em 2019 o seu drone solar Odysseus, que terá a capacidade voar durante meses de forma autónoma e o objectivo de dar acesso Internet a todo …

Justiça brasileira proíbe TV de divulgar inquérito sobre morte de Marielle Franco

A decisão judicial de proibir a emissão de reportagens sobre a investigação do assassinato da vereadora carioca responde a um pedido da polícia do Rio de Janeiro e do Ministério Público. A emissora afirma que …

Relatório revela 71 locais com elevado risco de inundações em Portugal

Portugal tem 71 zonas com elevado risco de inundação, de acordo com um relatório da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) que analisou fenómenos extremos ocorridos, fazendo previsões para o futuro. O relatório "Avaliação Preliminar do Risco …

Cinco pessoas mortas por intoxicação de CO em Vila Real

Cinco pessoas da mesma família morreram este domingo, devido a uma intoxicação, no concelho de Sabrosa, distrito de Vila Real, adiantou à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Vila Real. A …

O discurso de ódio já está em Portugal

O diretor da Amnistia Internacional Portugal, Pedro Neto, alertou, em entrevista à agência Lusa, para a presença do discurso de ódio em Portugal, apontando o combate à discriminação como o maior desafio atual dos direitos …

Menino francês suicida-se após castigo por usar telemóvel na escola

Um menino de 11 anos suicidou-se na cidade de Beausoleil, perto do Mónaco, no sul da França, depois de ter recebido um castigo no colégio por ter usado o telemóvel na sala de aula. A criança, …