Tudo o que precisa de saber sobre o Ébola

European Commission DG ECHO

A Serra Leoa no epicentro da epidemia de Ébola

A Serra Leoa no epicentro da epidemia de Ébola

Perguntas e respostas sobre o vírus Ébola, que levou a Organização Mundial de Saúde (OMS) a decretar hoje o estado de emergência de Saúde Pública de âmbito internacional e que já provocou quase mil mortes.

O que é? 

O Ébola é um vírus identificado pela primeira vez em 1976, que provoca febres hemorrágicas. Não existe vacina, nem tratamentos específicos e a taxa de mortalidade situa-se entre os 25 e os 90 por cento.

 Como a pessoa é infectada?

A infecção resulta do contacto directo com líquidos orgânicos de doentes – como sangue, urina, fezes, sémen. A transmissão da doença por via sexual pode ocorrer até sete semanas depois da recuperação clínica. O período de incubação da doença pode durar até três semanas.

Quando se deu o maior surto?

Desde 1976 registaram-se vários surtos, nenhum com tantos infectados e países atingidos como o actual, que começou em Fevereiro e, até segunda-feira, causou em vários países africanos 1.711 casos (1.070 confirmados, 436 prováveis, 205 suspeitos) e 932 mortes.

Quais os países afectados? 

Até ao momento e neste surto registaram-se casos na Guiné-Conacri, Libéria, Serra Leoa e Nigéria.

Quais os sintomas?

A febre costuma ser o principal sinal, acompanhada de fraqueza e dores musculares, de cabeça e de garganta. Outros sintomas nos tempos seguintes são náuseas, diarreia, feridas na pele, problemas hepáticos e hemorragia interna e externa.

Entre a infecção pelo vírus e os primeiros sintomas podem decorrer entre dois e 21 dias.

Como se trata?

Não existe cura nem um tratamento específico para a febre hemorrágica provocada pelo vírus do Ébola.

A estes doentes são dados os tratamentos que costumam ser administrados nos cuidados intensivos, com destaque para a hidratação.

Quais os hospitais de referência?

Em Portugal, os hospitais para onde serão encaminhados os doentes suspeitos de estarem infectados com o vírus do Ébola são os hospitais Curry Cabral e Dona Estefânia, em Lisboa, e São João, no Porto.

Qual o laboratório de referência?

O laboratório de referência em Portugal é o Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge.

Qual é a resposta de emergência médica?

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) tem equipas especializadas, com formação específica e equipamento de protecção elevado. Serão estas equipas que irão acompanhar os casos suspeitos ou de doença e encaminhá-los para os hospitais de referência.

Que medidas as autoridades portuguesas têm em vigor (anunciadas pela Direcção Geral da Saúde)?

– Reforço da articulação internacional, nomeadamente com a OMS, com o European Centre for Disease Prevention and Control (ECDC), em Estocolmo, e com outros Estados;

– Recomendação aos cidadãos para que ponderem viajar apenas em situações essenciais, tendo em atenção o princípio da precaução, apesar de não estarem interditadas, actualmente, viagens internacionais para áreas afectadas;

– Os viajantes são alertados para procurarem aconselhamento médico caso se verifique exposição ao vírus ou desenvolvam sintomas de doença;

– Portugal tem em estado de prontidão mecanismos para detectar, investigar e gerir casos suspeitos de doença por vírus Ébola, incluindo capacidade laboratorial para confirmação da doença;

– Estão previstas medidas para facilitar a evacuação e a repatriação dos cidadãos que possam ter estado expostos ao vírus.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Paços 3-2 Porto | “Castor” épico tomba “dragão” com pés de pau

Surpresa na Capital do Móvel. O campeão nacional FC Porto foi a Paços de Ferreira averbar a segunda derrota nesta Liga NOS, saindo com um resultado desfavorável de 3-2. Num terreno tradicionalmente difícil – os “dragões” …

Teoria da Relatividade de Einstein observada em estrelas distantes

O que é que Albert Einstein, o GPS e um par de estrelas a 29.000 anos-luz da Terra têm em comum? A resposta é um efeito da Teoria Geral da Relatividade de Einstein chamado "desvio gravitacional …

Encontrada possível localização do gigante Snow Cruiser. Está perdido na Antártida há 60 anos

O Snow Cruiser era um veículo de exploração enorme enviado ao Pólo Sul em 1939 que ficou preso após desembarcar na Antártida e foi abandonado alguns anos depois. Redescoberto sob vários metros de neve e gelo …

Mbappé tem uma "mancha" na Liga dos Campeões

Números invulgares do avançado do PSG, que em 2020 ainda não marcou qualquer golo no torneio europeu. Pires e Rami falaram sobre o seu futuro. Kylian Mbappé. Visto por muita gente como o melhor avançado do …

Administração de Nixon recebeu um Nobel por um cessar-fogo que não existiu

O prémio Nobel da Paz foi atribuído em 1973 ao secretário de Estado da Administração de Richard Nixon, e seu assessor de segurança nacional, Henry Kissinger, e ao político vietnamita Le Duc Tho. As duas personalidades foram …

Cidade usa satélite para medir poluição luminosa (e os candeeiros de rua não são o maior problema)

As cidades do mundo desperdiçam uma grande quantidade de eletricidade - e dinheiro - ao deixar ligadas luzes brilhantes durante a noite toda. Porém, os candeeiros de rua não são os maiores culpados. Uma experiência de …

Prevenir uma futura pandemia pode estar dependente de apenas três medidas (e podem ser aplicadas já)

Até 70% das doenças infecciosas que surgiram nos humanos nos últimos 30 anos tiveram origem em animais e foram causadas por patogénicos originados em animais domésticos ou selvagens. Agora, um relatório lança aos princípios básicos …

"Não se torne um fantasma real". Coreia do Sul teme aumento de casos devido ao Halloween

A Coreia do Sul teme que as festividades do Halloween levem a um aumento de casos de covid-19 no país. Assim, para evitar que tal aconteça, investiram numa campanha de informação pública para apelar aos …

Trump Jr. diz que as mortes por covid-19 se reduziram a "quase nada". Têm morrido 1.000 pessoas por dia

Donald Trump Jr., o filho mais velho do Presidente norte-americano, afirmou esta quinta-feira que a taxa de mortalidade por covid-19 caiu para "quase nada nos Estados Unidos", num dia em que o país registou quase …

Agentes russos terão oferecido a ajuda de 10 mil soldados aos separatistas catalães

Alegados agentes russos terão oferecido à Catalunha a ajuda de 10 mil soldados durante a sua tentativa de independência da Espanha, em 2017, relataram na quarta-feira meios de comunicação espanhóis e europeus. As denúncias baseiam-se em …