Trump já não é das 400 pessoas mais ricas do mundo. Estava na lista há 25 anos

Yuri Gripas /ABACA / POOL

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

Donald Trump, antigo Presidente norte-americano, saiu, pela primeira vez nos últimos 25 anos, da lista das 400 maiores fortunas do mundo feita pela Forbes.

O ex-Presidente norte-americano Donald Trump saiu, pela primeira vez nos últimos 25 anos, da lista das 400 maiores fortunas do mundo feita pela Forbes, segundo um comunicado da própria revista.

A fortuna de Trump está calculada em 2.500 milhões de dólares (cerca de 2.154 milhões de euros), um montante quase igual ao do ano passado, quando surgia no 339.º lugar entre os mais ricos, mas este ano os seus principais negócios, focados no setor imobiliário, estagnaram face ao impulso das criptomoedas ou do setor tecnológico, onde está ausente.

Em comparação com os números de antes da pandemia de covid-19, a fortuna de Trump caiu 600 milhões de dólares, o que a Forbes atribui às decisões de não ter diversificado a sua fortuna, reinvestindo em novos setores.

A Forbes inclui um gráfico com a evolução da fortuna de Trump desde 1996, ano em que teve a subida mais espetacular que o fez aproximar-se dos 100 mais ricos do mundo. Com alguns altos e baixos, a fortuna permaneceu estável entre 2000 e 2015, mas a partir daí começou a cair.

Durante os anos em que ocupou a Casa Branca, a fortuna de Trump não deixou de baixar, saindo em 2016 da lista dos 200 mais ricos, em 2020 da lista dos 300 e por fim este ano deixa a lista dos 400. Até agora o ex-Presidente não se pronunciou sobre esta queda.

Quem são os mais ricos do mundo?

  1. Jeff Bezos
  2. Elon Musk
  3. Mark Zuckerberg
  4. Bill Gates
  5. Larry Page
  6. Sergey Brin
  7. Larry Ellison
  8. Warren Buffett
  9. Steve Ballmer
  10. Michael Bloomberg
  11. Jim Walton
  12. Alice Walton
  13. Rob Walton
  14. Phil Knight e família
  15. MacKenzie Scott
  16. Charles Koch
  17. Julia Koch e família
  18. Stephen Schwarzman
  19. Len Blavatnik
  20. Jacqueline Mars

  // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.