Trump autorizou militares na fronteira com o México a abrir fogo sobre migrantes

O presidente norte-americano, Donald Trump, declarou nesta quinta-feira que disse aos militares destacados para a fronteira com o México que se os migrantes da América Central lhes atirarem pedras, devem agir como se as pedras fossem “espingardas”.

“Se alguém atirar pedras – como fizeram no México – [os militares] poderão disparar sobre os migrantes, porque se lhes acertarem com uma pedra na cara…”, afirmou Trump numa conferência de imprensa na Casa Branca.

Discursando sobre a imigração, Trump prometeu também emitir na próxima semana uma ordem executiva para proibir os migrantes de pedirem asilo se tiverem entrado ilegalmente nos Estados Unidos e criar grandes cidades feitas de tendas para reter todas as pessoas que atravessem a fronteira.

As leis da imigração atualmente em vigor estabelecem que os migrantes em busca de asilo podem requerê-lo independentemente da forma como chegaram ao país.

Caravanas de milhares de migrantes de diversos países da América Central estão lentamente a dirigir-se para norte, com a intenção de entrar nos Estados Unidos. Um desses grupos envolveu-se em confrontos violentos com a polícia mexicana na fronteira do país com a Guatemala, atirando pedras.

O anúncio de Trump surge em vésperas das eleições legislativas intercalares que se realizam no próximo dia 6 de novembro, que o levaram a endurecer o seu discurso anti-imigração, com o envio de tropas para a fronteira sul do país e com ameaças de eliminar o “direito de solo”, o direito consagrado na Constituição que determina que todas as crianças nascidas em território norte-americano – mesmo que sejam filhas de imigrantes ilegais — têm automaticamente a nacionalidade norte-americana.

O Governo Trump já informou em outubro que no próximo ano fiscal, 2019, reduzirá de 45.000 para 30.000 o número limite de refugiados – o mais baixo desde 1980.

Também nesta quinta-feira, a cinco dias das eleições intercalares para o Congresso dos Estados Unidos, o presidente norte-americano volta a ser acusado de racismo por publicar um vídeo de propaganda, no seu Twitter, que volta a visar hispânicos.

Trump prometeu ainda, nesta quarta-feira, destacar 15 mil militares para a fronteira, de modo a travar o avanço da caravana de migrantes.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Iniciativa Liberal quer retirar "carga ideológica" da Constituição

A Iniciativa Liberal vai apresentar um projeto de revisão constitucional com uma primeira parte dedicada a retirar "carga ideológica à Constituição", clarificando, por exemplo, que serviços públicos de saúde e educação podem ser prestados pelo …

Urgência do Hospital Santa Maria está a chegar ao limite

A urgência dedicada aos casos suspeitos de covid-19 do Hospital Santa Maria, em Lisboa, reflete a evolução da pandemia em Portugal com doentes a avolumarem-se à porta para realizar o teste e no interior a …

Novo Banco. BCP garante que não faz "favores a ninguém" ao emprestar dinheiro ao Fundo de Resolução

O presidente executivo do BCP, Miguel Maya, disse ontem que o banco não faz "favores a ninguém" ao entrar no empréstimo de 275 milhões de euros da banca ao Fundo de Resolução, que posteriormente financiará …

Máfia italiana "lavou" milhões de euros ganhos com fundos europeus na Madeira

Uma das mais violentas máfias de Itália, a Società Foggiana, utilizou a Madeira para branquear mais de 16 milhões de euros obtidos com um esquema de burla à União Europeia (UE). Em causa estão fundos comunitários …

Ajudas de custo para professores deslocados ficaram na gaveta (e não estão previstas no OE2021)

O Orçamento de Estado para 2020 (OE2020) previa um programa de ajudas de custo para professores deslocados como incentivo à fixação. No entanto, a medida não avançou. O Jornal de Notícias avança esta sexta-feira que a …

Biden ainda à frente, mas nada está perdido para Trump. A luta pelos "swing states" continua

O dia em que os norte-americanos vão saber quem é o próximo presidente dos EUA está muito próximo. Entres sondagens, parece fácil levantar a ponta do véu. No entanto, é importante não esquecer que não …

Nani entre os candidatos a melhor jogador da época na MLS

O internacional português, capitão dos Orlando City, está entre os 46 jogadores nomeados para o prémio de melhor da época na liga norte-americana de futebol (MLS), anunciou, esta quinta-feira, o organismo. A eleição decorre até 9 …

"Estranho, muito estranho". Ana Gomes comenta morte do marido de Isabel dos Santos e é criticada

O empresário congolês Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos, morreu no Dubai, durante a prática de mergulho. Uma morte prematura aos 48 anos que leva Ana Gomes a comentar o assunto como "estranho", "muito …

Conselho Europeu. Vacinas distribuídas de forma justa e fronteiras não vão fechar

O presidente do Conselho Europeu garantiu, esta quinta-feira, no final de uma videoconferência entre os líderes da União Europeia, que os 27 estão "unidos" para enfrentar a "luta difícil" contra a segunda vaga da covid-19. "A …

Teletrabalho sim, confinamento não. O que vai sair do Conselho de Ministros de sábado

O Conselho de Ministro reúne no próximo sábado para discutir novas medidas para conter a propagação do novo coronavírus e em cima da mesa está o regresso ao teletrabalho e medidas de restrição à circulação. A …