Trump apanhado por jornalista em direto a dar informações falsas

 

O Presidente dos EUA ficou visivelmente atrapalhado, na conferência de imprensa desta quinta-feira, quando um jornalista da NBC o confronta, dizendo-lhe que tinha acabado de dar informações falsas sobre a sua vitória no colégio eleitoral.

Na conferência de imprensa desta quinta-feira, realizada na Casa Branca, Donald Trump apostou mais uma vez em focar-se nos media norte-americanos, acusando-os de fazer um trabalho desonesto e de divulgarem notícias falsas.

“Eu não estou a atacar a imprensa. Vocês sabem, só estou a dizer que vocês são pessoas desonestas”, chegou a dizer o Presidente dos Estados Unidos.

No entanto, o chefe de Estado não estava à espera do momento em que, em pleno direto, um jornalista da NBC o corrigisse numa das informações que tinha acabado de dar.

Tive 306 votos no Colégio Eleitoral. Não era suposto eu ter obtido 222. Disseram que era impossível obter 222 ou 230. Então os necessários 270, nem pensar. E obtivemos 306. Porque as pessoas saíram e foram votar como nunca tinha acontecido. Creio que foi a maior vitória no Colégio Eleitoral desde Ronald Reagan”, afirmou Trump.

Peter Alexander aproveitou então o momento para confrontar o Presidente: “Disse que obteve a maior margem eleitoral desde Ronald Reagan, com 304 ou 306 votos. Na verdade, o Presidente Obama obteve 365”.

Trump ainda tentou corrigir, dizendo que se estava a referir apenas aos republicanos, mas o repórter da NBC não perdeu tempo no contra-ataque: “George W. Bush teve 422 quando foi eleito Presidente”, declarou.

“Porque deverão os americanos confiar em si quando alega que a informação que recebem é falsa e o próprio Presidente passa informações falsas?”, questionou Alexander.

Visivelmente atrapalhado, Trump respondeu simplesmente que lhe tinham transmitido “essa informação” mas pede ao jornalista para admitir que “teve uma grande margem”.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. entretenham-se com esse tipo de coisas, boa ideia..!
    pena é que quando os “bons”, Obama e Clintons, Soros, Cheney etc. andaram e andam desde há mais de 20 anos a destruir outras nações, a assassinar em massa, a corromper e a serem corrompidos, a financiar terroristas, a criar a crise de refugiados que tanta pena vos causa, não vos tenha suscitado a revolta que vos suscita a vitória de uma pessoa que contra tudo isso luta.
    É fácil agredir quando se tem uma audiência estupidificada a aplaudir. Não são melhores pessoas por tal, isso de certeza. Nem corajosos, nem revolucionários.
    Já agora, aproveito para informar os espectadores de tv e facebook que até a pedofilia (actividade intimamente relaccionada com o poder liberal desde há muito) está a ser combatida por Trump. Se não os senhores, pelo menos os vossos filhos agradecem..!

    • Outro que usa óculos de Alcanena…
      Repara que não estamos a falar de outros antigos presidentes, estamos a falar deste Trampa, que como já se viu é uma fraude, um mentiroso, e um perigo mundial!!!
      Não vamos desculpa este energumeno pelos defeitos dos anteriores.
      Acorda….

    • Designar pedofilia como ‘actividade’ já é grave o suficiente e muito mais para alguém que quer dar lições aos outros. Associar a pedofilia a qualquer orientação ideológica, liberal ou não, é apenas uma afirmação ridícula. Aproveito para perguntar quais as medidas que Trump tomou contra a pedofilia. Estou curioso para saber… Fico a a aguardar.

      • Tem razão em relação ao uso da expressão “actividade”, peço desculpa por tal. Substituo-a por “práctica”. Não desejei associar esse crime a uma ideologia específica, mas centenas de milhar de crianças que desaparecem todos os anos e quase a totalidade das investigações são arquivadas quando se chega a suspeitos protegidos ou parte do poder. Nos Estados Unidos, os governos Clinton e Obama, assim se passou. Nos anteriores também imagino que sim, é um crime “organizado” que tem passado impune ao longo de décadas. Quem fizer uma pesquisa sobre o assunto encontra bastante informação sobre isso. Li que só estes dois meses passados, mais de mil pedófilos foram presos, e muitas crianças salvas. Isso fez-me concluir que foi esta administração que desbloqueou as investigações.

  2. O País do “Tio Sam” é de facto um País onde muitos sonhos acontecem!
    Trump não é um líder político, não subiu nos meandros da política, não tem formação política! Nota-se!
    Foi um cidadão rico e conhecido que decidiu candidatar-se a Presidente e ganhou! (quem diria!!)

    Não precisou de “lobies financeiros e poderosos” para conseguir levar a sua candidatura por diante.

    Reconheço-lhe mérito, parece um homem de bem, que quer governar com os seus ideais!
    Tenho a sensação que os “lobies instalados” e que de forma indiscreta tinham poder sobre os Presidentes e quadros políticos da América (quiça do mundo), estão aflitos!
    Estaremos a assistir a uma nova forma de governação dos EUA e do mundo?

    Se conseguir levar por diante as suas guerras contra poderes encobertos e que têm (pelos vistos) governado indirectamente a América, tirar-lhe-ei o meu chapéu!

    Será um exemplo para o resto do mundo evoluído! (Espero)

  3. Faz-me lembrar o Adolfo quando subiu ao poder. Devagarinho foi esmagando debaixo do pé todos os pedófilos e jornalistas da oposição, e nomeou manipuladores da opinião pública para irem controlando a oposição. A Declaração de Independência dos Estados Unidos diz que todos os homens são criados iguais, dotados pelo Criador de certos direitos inalienáveis, que entre estes estão a vida, a liberdade e a procura da felicidade. Talvez o arrogante Sr. Trump devesse ter começado por ler o que devia.

RESPONDER

"Parasitas" vai ter uma série na HBO. E já são conhecidos dois nomes do elenco

A produção sul-coreana de Bong Joon Ho, especialmente condecorada pela Academia, merece agora uma adaptação para a televisão pelas mãos da HBO. A série televisiva de "Parasitas" foi anunciada em janeiro e a produção está encarregue …

O carregador do seu smartphone é mais potente do que o computador da Apollo 11

Não restam dúvidas de que a informática deu um passo gigante em termos de evolução nos últimos 50 anos. Agora, um engenheiro de software descobriu que até mesmo o carregador do seu smartphone é mais …

Tribunal suspende construção da Gigafactory na Alemanha

Um tribunal alemão ordenou à Tesla, este domingo, a suspensão das obras da sua fábrica "Gigafactory" por questões ambientais. Em novembro do ano passado, Elon Musk, presidente executivo da Tesla, anunciou que a Alemanha tinha sido …

Novos semáforos da Índia ficam vermelhos quando os condutores buzinam

A Polícia de Mumbai, na Índia, instalou detetores de ruído em vários semáforos de cruzamentos importantes da cidade, visando reduzir a poluição sonora. Agora, quanto mais os condutores buzinam, mais tempo a luz se mantém …

Polícia de Hong Kong procura autores de roubo de papel higiénico

Um camião que transportava papel higiénico foi, esta segunda-feira, alvo de um assalto à mão armada em Hong Kong, onde a escassez do produto motivou uma corrida ao comércio local. As autoridades informaram que um motorista …

Centeno considera gravações de Varoufakis "politicamente lamentáveis"

O presidente do Eurogrupo considerou, esta segunda-feira, a atitude do antigo ministro das Finanças grego, que gravou reuniões do fórum de ministros das Finanças da zona euro, "politicamente lamentável". "Honestamente, não tenho comentários a fazer sobre …

Elton John obrigado a interromper concerto devido a crise de pneumonia

O cantor britânico foi obrigado a interromper um concerto, na Nova Zelândia, devido a um diagnóstico de pneumonia atípica. No último domingo, o cantor britânico Elton John interrompeu um concerto no Auckland’s Mount Stadium, na Nova …

Tancos. Coronel da GNR nega pacto de silêncio

O ex-diretor de investigação criminal da GNR disse, esta segunda-feira, desconhecer qualquer pacto de silêncio com a Polícia Judiciária Militar que envolvesse a colaboração na investigação do furto das armas de Tancos. Na sessão desta segunda-feira …

Anel de curso perdido nos EUA encontrado 47 anos depois na Finlândia

Um anel de curso de um liceu nos Estados Unidos, perdido em 1973, foi agora descoberto numa floresta da Finlândia. De acordo com o The Guardian, Debra McKenna perdeu o anel de curso do marido em …

Apresentadas mais de 50 queixas contra post de André Ventura sobre Joacine Katar Moreira

A Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR) já recebeu mais de 50 queixas devido à publicação na qual o deputado do Chega sugeria devolver Joacine Katar Moreira ao seu país de origem. Em …