Há 500 milhões de anos, as trilobites morreram em fila indiana (e agora sabemos porquê)

(dr) Jean Vannier

Há 480 milhões de anos, no período Ordoviciano baixo, muitas trilobites morreram no fundo do mar em fila indiana. Agora, uma equipa de cientistas da Universidade de Lyon, em França, desvendou o mistério.

Em linhas estranhamente ordenadas, com os seus longos espinhos a tocarem uns nos outros como se estivessem em fila indiana ou a caminhar meticulosamente: foi assim que morreram várias trilobites no fundo do mar, há 480 milhões de anos.

O porquê de estes animais terem morrido em fila indiana permaneceu um mistério durante muito tempo. Agora, uma recente investigação sugere uma resposta.

A maneira como os artrópodes morreram, enterrados por sedimentos, sugere a presença de tempestades na altura, ou seja, o comportamento migratório coletivo foi desencadeado por distúrbios no ambiente.

Atualmente, muitos animais exibem comportamentos coletivos e sociais. Mas como e porque é que o comportamento coletivo evoluiu ainda permanece bastante sombrio, uma vez que exemplos deste tipo no registo fóssil são relativamente escassos.

Há cerca de 10 anos, uma equipa de paleontologistas encontrou uma espécie de artrópode anteriormente desconhecida do Baixo Cambriano (541 a 485 milhões de anos atrás) numa linha peculiar quase perfeita.

Vannier et al. / Scientific Reports, 2019

Até agora, os cientistas estavam convencidos de que esta linha era indicativa de comportamento coletivo, ou migratório ou relacionado com a reprodução. No entanto, análises até ao momento deixaram de fora informações muito importantes, como pesquisas do ambiente sedimentar em que foram enterradas.

Recentemente, o geólogo Jean Vannier, da Universidade de Lyon, e uma equipa internacional de cientistas descreveram as várias filas destas trilobites, chamadas Ampyx priscus, encontradas no Tremadocian Fezouata Shale Lagerstätte, perto de Marrocos.

“Mostramos que estes alinhamentos de trilobites não resultam de transporte e acumulação passivos por correntes, mas sim de um comportamento coletivo“, escreveram os cientistas, no artigo científico publicado na Scientific Reports. “O Ampyx priscus estava, provavelmente, a migrar em grupo e usou os seus longos espinhos projetados para manter uma formação de fileira única por contactos físicos possivelmente associados a mecanorreceptores e/ou comunicação química“.

Segundo o Science Alert, esta análise constatou que os sedimentos em que as trilobites foram enterradas são consistentes com os sedimentos agitados e depositados por ondas provocadas por tempestades – em quantidades suficientes para enterrar linhas de trilobites, mas não fortes o suficiente para carregá-las.

Assim, sepultadas numa camada do fundo do mar, as trilobites morreram como estavam, envenenadas com sulfureto de hidrogénio, agitado pela tempestade, ou sufocadas.

Esta investigação torna claro o facto de haver fortes indícios de que o comportamento coletivo já prosperava há quase meio milhão de anos.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Hoje a ciência diz que foi à 480 milhões depois amanhã descobre que foi à 480.000 milhões de para a semana descobre que foi à 480 biliões de anos rsrsrsrsrssrsrsrsr

    • Caro Partout
      Alguns cientistas apontam a idade da Terra para 4,6 mil milhões de anos (ou 4,6 bilhões na nomenclatura americana) e o aparefimento das trilobites para os 590 milhões de anos (fianl do Pré-Cambriano, início do Paleozóico/), pelo que a data de 480 milhões para aquele evento é pláusivel.

  2. Boa tarde, gostaria deixar aqui a minha humilde opinião. Não tenho nada contra a ciência, muito lhe devemos. Todavia, é caricato (diria mesmo ridículo), que a ciência tenha alguma dificuldade em autópsia, descobrir em alguns casos, a causa da morte, bem como a idade de um determinado individuo, cujo corpo foi encontrado em estado avançado de decomposição. Porém, alguns iluminados (…), conseguem recuar no tempo 480 milhões de anos. Viva a ciência, mas sem demagogia.

    • Procure por “decaimento radioativo” na internet ou, se lhe parecer mais fiável, numa biblioteca.
      Qualquer edição atual do manual de Biologia e Geologia do 11o ano também explica o processo. Os valores de decaimento para cada tipo de rocha também se encontram tabelados.
      Boa noite.

  3. os cientistas lembraram-se de dizer 480 milhões de anos como se poderiam ter lembrado que foi há 10 milhões de anos… ou 5 milhões 😀

RESPONDER

O "caminho ainda é longo", mas Portugal já administrou um milhão de vacinas

Esta sexta-feira, Portugal ultrapassou o marco do primeiro milhão de vacinas administradas, mas o "caminho ainda é longo". Portugal ultrapassou, esta sexta-feira, um milhão de vacinas contra a covid-19 administradas, uma marca que o secretário de …

Cavaco fala em "democracia amordaçada" (e na "vergonha" dos números da pandemia)

Este sábado, numa participação na Academia de Formação Política das Mulheres Sociais-Democratas, Cavaco Silva deixou duras críticas ao Executivo de António Costa, sublinhando que a pandemia mostrou um "SNS fragilizado por decisões erradas do governo". O …

Remédio contra piolhos está a ser usado contra covid-19. Infarmed e DGS investigam

"Centenas" de doentes de covid-19, em Portugal, têm sido tratados com o antiparasitário Ivermectina que é usado contra piolhos e lombrigas. Há médicos que o prescrevem e que também o tomam a título preventivo, embora …

Sporting bate recorde histórico, mas até o do 6-3 era melhor (quando Amorim não estava "do lado certo")

O Sporting não perde há 22 jogos e bateu o recorde de invencibilidade dos leões em jogos do campeonato que pertencia à equipa de 1981/1982. Um dado que deixa Ruben Amorim orgulhoso, mas o treinador …

"Estou a morrer." Constança luta por um medicamento para se salvar, Infarmed diz que não recebeu pedido do Hospital

Constança Bradell fez um apelo nas redes sociais, numa publicação em que descreve a luta que está a travar contra a fibrose quística. A jovem, de 24 anos, pede a aprovação do medicamento que lhe …

Um século de luta comunista comemorado com 100 ações pelo país

O mais antigo partido político comemora, esta sábado, 100 anos de existência. PCP vai festejar o aniversário com 100 ações pelo país. O PCP assinala, este sábado, os seus 100 anos com 100 ações, em mais …

Relações esfriadas. Moedas consultou Marcelo, mas dispensou conselhos de Passos

Antes de anunciar a sua candidatura a Lisboa, Carlos Moedas consultou Marcelo Rebelo de Sousa e falou com Paulo Portas. Com Pedro Passos Coelho só falou um dia depois de o seu nome ter sido …

Portugal não pode perder o comboio da Europa. Para Marcelo, é hora de aproveitar o novo ciclo

A crise que assolou o nosso país tem de ser aproveitada para "olhar para os problemas estruturais". A mensagem foi deixada pelo Presidente da República, nesta sexta-feira, na conferência de abertura do Festival P, com …

Santana não desiste e admite candidatar-se à Figueira (mesmo à revelia do PSD local)

Pedro Santana Lopes não fecha totalmente a porta e admite vir a candidatar-se à Figueira da Foz como independente. Mesmo que a concelhia do PSD já tenha tomado uma decisão e avance com Pedro Machado, Pedro …

Um Papa na "Terra de Abraão" pela primeira vez na História. Francisco em viagem inédita ao Iraque

Depois de 15 meses em Itália, o Papa Francisco regressou às viagens pastorais com uma visita de quatro dias ao Iraque, uma viagem inédita de um líder da Igreja Católica ao Iraque.  O Papa Francisco desafiou …