Tribunal dos EUA declara ilegal recolha maciça de dados pela NSA

Anthony Ward / YouTube

Os espiões de Banksy à escuta na cabine telefónica junto à sede dos serviços secretos ingleses, GCHQ

Um Tribunal federal dos Estados Unidos declarou esta quinta-feira ilegal a recolha de dados telefónicos de milhões de cidadãos norte-americanos pela Agência de Segurança Nacional (NSA), considerando que ela ultrapassa o âmbito legislado pelo Congresso.

As leis em que a NSA se baseou para utilizar aquele sistema de recolha de dados “nunca foram interpretadas para autorizar nada que se aproxime da amplitude da vigilância generalizada aqui em causa”, considerou o Tribunal num acórdão de 97 páginas.

A decisão judicial decorre de um processo movido pela União Americana pelas Liberdades Civis (American Civil Liberties Union, ACLU) contra a NSA e o FBI (a polícia federal dos Estados Unidos), na sequência da revelação dos vastos programas de vigilância através de documentos divulgados pelo ex-analista informático da NSA Edward Snowden em 2013.

Os metadados recolhidos de milhões de chamadas telefónicas incluem os números marcados, a duração da chamada e outras informações, mas não o conteúdo das conversas. Mesmo assim, os defensores dos direitos civis sustentam que o programa é uma intrusão maciça na privacidade de cada cidadão que apresenta uma mais-valia mínima para a luta contra o terrorismo.

No acórdão, o Tribunal afirma que o governo norte-americano foi muito além da intenção dos legisladores expressa na secção 215 da chamada Lei Patriótica (‘Patriot Act‘), aprovada após os atentados terroristas de 11 de setembro de 2001.

“Não há indícios de que o Congresso pretendesse que esses estatutos autorizassem a recolha maciça de dados e a sua agregação numa base de dados”, afirmou o painel de juízes.

“A interpretação que o governo nos pede que adotemos desafia qualquer princípio limitador. Se o governo estivesse correto, a (secção) 215 podia ser usada para recolher e armazenar em massa quaisquer outros metadados existentes disponíveis em qualquer área do setor privado, incluindo dados associados a registos financeiros, registos médicos e comunicações eletrónicas, nomeadamente de correio eletrónico e redes sociais, de todos os norte-americanos”, acrescentam.

O Tribunal recusou decretar qualquer providência cautelar para impedir a utilização do programa argumentando que a lei expira a 1 de junho.

Os legisladores estão nesta fase ainda a debater se a lei deve ser alterada ou prorrogada.

“À luz dos interesses de segurança nacional em causa, consideramos prudente fazer uma pausa para permitir o debate no Congresso, que pode (ou não) alterar profundamente o quadro legislativo”, afirmaram ainda os juízes.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Este casaco foi desenhado para nos ajudar a dormir em qualquer lado

A britânica Vollebak lançou um casaco, inspirado nos astronautas, que facilita a ideia de poder dormir, literalmente, em qualquer lado. A pensar em todas aquelas pessoas que gostam de fazer uma sesta ou outra, independentemente do …

DJ Juice WRLD morre aos 21 anos

A estrela do hip-hop norte-americano Juice WRLD faleceu este domingo (8), depois de sofrer convulsões no Aeroporto de Midway, em Chicago, avança o TMZ. O rapper tinha feito 21 anos a 2 de dezembro. De acordo …

"A Favorita" arrebata prémios do cinema europeu

O filme "A Favorita", do realizador grego Yorgos Lanthimos, arrecadou oito prémios da Academia de Cinema Europeu, numa cerimónia realizada em Berlim. "A Favorita" conquistou, entre outros, os prémios de Melhor Filme Europeu, Melhor Comédia, Realização …

Belenenses 1-1 Porto | "Dragão" escorrega e deixa fugir líder

O FC Porto não foi além de um empate na visita ao Jamor, ante o Belenenses. André Santos abriu as “hostilidades” e Alex Telles, na marcação de uma grande penalidade, fixou o resultado final. Com esta …

Caligrafia desleixada de Isabel I denuncia-a como a tradutora anónima de um livro romano

A rainha Isabel I de Inglaterra foi identificada como a tradutora anónima do livro "Anais" de Tácito. As idiossincrasias da sua caligrafia acabaram por ser fundamentais para a descoberta. Na análise a uma tradução de século …

Hashtags políticas como #MeToo tornam as pessoas menos propensas a acreditar em notícias

Tendem a passarem despercebidas, mas as hashtags são mais importantes do que julgamos. A questão que se impõe é: serão benéficas para a saúde democrática da Internet? Uma hashtag (#) é uma marca funcional, amplamente usada …

Sporting 1-0 Moreirense | "Leão" resolve à cabeçada

O Sporting regressou às vitórias na Liga NOS, embora não sem sentir algumas dificuldades, em especial no ataque. Os "leões" bateram o Moreirense por 1-0, numa partida em que remataram muito (28, máximo na Liga até …

Orçamento do Estado. "Sentido de voto do BE está completamente em aberto"

A coordenadora do BE afirmou, este domingo, que o sentido de voto do partido sobre o Orçamento do Estado para 2020 está "completamente em aberto", desejando que o Governo socialista atenda às reivindicações bloquistas. "Fizemos uma …

João Cotrim Figueiredo eleito presidente da Iniciativa Liberal com 96% dos votos

João Cotrim Figueiredo foi eleito, este domingo, presidente da Comissão Executiva da Iniciativa Liberal, uma candidatura única que recolheu 96% dos votos na III Convenção Nacional do partido. A III Convenção Nacional do partido decorre hoje …

Inteligência artificial decifra manuscrito que pode mudar história da Austrália

A Terra Australis Incognita, hoje conhecida como Austrália, foi descrita por um jesuíta espanhol quase cem anos antes da descoberta em 1770 pelo marinheiro britânico James Cook, segundo um manuscrito decifrado através de inteligência artificial. A …