Depois de três dias presa no elevador em Nova Iorque, mulher é finalmente resgatada

Uma empregada doméstica passou três dias presa no elevador da residência de uma família bilionária para a qual trabalha em Nova Iorque e só foi resgatada esta segunda-feira pelos bombeiros.

O incidente ocorreu num imóvel do do Upper West Side de Manhattan, num dos bairros mais ricos de Nova Iorque. Segundo o New York Times, a residência pertence ao investidor Warren Stephens, líder da empresa financeira Stephens Inc., que, segundo a revista Forbes, está avaliada em 2,6 mil milhões de dólares (aproximadamente 2,3 mil milhões de euros).

O diário relata que os proprietários passaram o fim de semana fora e descobriram na segunda-feira que a mulher, de 53 anos, estava presa, ao constatarem que o elevador estava com problemas.

Chris Berke, porta-voz do corpo de bombeiros de Nova Iorque, confirmou que os bombeiros foram chamados à residência na rua 65 às 10h00 (hora local, 15h00 em Lisboa).

O elevador estava parado entre o segundo e o terceiro andares. Depois de forçar a porta, os bombeiros encontraram uma mulher que disse que estava no local desde sexta-feira. A funcionária estava desidratada, mas com uma condição de saúde estável, tendo sido levada para um hospital para ser examinada.

Os bombeiros não divulgaram mais detalhes e não revelaram a identidade da mulher, mas a imprensa de Nova Iorque informou que a vítima é Marites Fortaliza, empregada doméstica da família Stephens há vários anos.

Quando a funcionária chegou à residência na sexta-feira, a família já tinha abandonado o espaço, sendo que, quando ficou presa no elevador, não conseguiu avisar ninguém.

A família emitiu um comunicado, lembrando que Fortaliza tem sido “um membro valorizado da família Stephens durante 18 anos”, e considerando-se “aliviada e grata por saber que Fortaliza estava bem”.

De acordo com a Reuters, Frank Thomas, vice-presidente na Stephens Inc., prometeu “investigar as causas do infeliz incidente e adotar medidas adequadas para assegurar que não se repita”.

As causas do acidente estão sob investigação, sendo que não foram encontradas falhas na última inspeção efetuada ao elevador, em julho. As autoridades não sabem se o elevador tem um sistema de alerta de emergência, mas não desconfiam que tenha sido um ato intencional.

No entanto, uma inspetora do Departamento de Edifícios de Nova Iorque tentou aceder à propriedade depois de saber de caso, mas foi-lhe negada a entrada. Como consequência, este órgão governamental passou uma multa por obstrução aos inspetores.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Quase 800 portugueses vão participar no maior encontro de escuteiros do mundo

Quase 800 jovens portugueses vão participar no 'World Scout Jamboree', o maior encontro de escuteiros do mundo, que vai acontecer nos Estados Unidos, entre 22 de julho e 2 de agosto, informou a Federação Escutista …

Rui Rio acusa PS de copiar propostas e ideias do PSD

Rui Rio acusa os socialistas de copiar as suas propostas na área fiscal e no apoio à natalidade. "Se não estão a copiar, então porque é que não o fizeram nestes quatro anos?", questionou. O presidente …

Nove em cada 10 idosos em tratamento médico sofrem de solidão

Cerca de 91% dos idosos seguidos nos cuidados de saúde primários revelam sentir algum grau de solidão, sendo que um terço reporta mesmo níveis graves, o que interfere com os cuidados, revela uma nova investigação. A …

Juros baixos vão permitir ao Estado poupar mil milhões de euros

A redução nas taxas de juro da dívida pública vai permitir ao Estado poupar, de 2016 até final de 2019, cerca de mil milhões de euros. Só em 2019, o país deverá poupar em juros …

Praia de Fukushima reabre ao público oito anos depois do acidente nuclear

Este fim de semana, e pela primeira vez depois da catástrofe nuclear de Fukushima-1, os japoneses puderam voltar a nadar numa das praias da cidade afetada pelo terramoto e tsunami de 2011. De acordo com o …

"Greve do dia 12 vai ter repercussões muito mais graves do que as do mês de abril"

O sindicato avisa que, além dos combustíveis, a próxima greve vai afetar também o abastecimento às grandes superfícies, à indústria e serviços. O Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias (SIMM) ameaça consequências mais graves para …

Desde que tomou posse, Bolsonaro faz uma afirmação falsa por dia

Bolsonaro prestou 2054 declarações falsas ou distorcidas nos primeiros 184 dias do seu mandato, concluiu o site digital Aos Fatos, dedicada à verificação do rigor das informações divulgadas pelos media do país. Esse resultado dá uma …

Cashball. Bruno de Carvalho apontado como “chefe” do esquema

Paulo Silva, o empresário denunciante do caso Cashball, prestou novas declarações no âmbito deste processo, apontando o antigo presidente do Sporting Bruno de Carvalho como o "chefe" do alegado esquema de corrupção. Tal como recorda a …

Kamov parados já têm autorização para voar

A Agência Nacional de Aviação Civil deu, esta segunda-feira, autorização para que três dos helicópteros Kamov retomem os voos e estejam disponíveis para o combate aos incêndios. Os três Kamov, operados pela HeliPortugal, obtiveram esta segunda-feira …

Dezenas de baleias encontradas mortas numa praia na Islândia

Dezenas de baleias mortas foram encontradas, na passada quinta-feira, numa praia no oeste da Islândia. Não se sabe ainda o que terá acontecido e como vieram parar à costa. Segundo a BBC, cerca de 60 baleias-piloto (Globicephala) foram …