Físicos vão testar o impossível: transformar a luz em matéria

A mais famosa equação da história, o E=mc² de Einstein, fala sobre a relação entre a massa e a energia, e sobre a quantidade de energia que é produzida quando a matéria é transformada em energia.

Um grupo de cientistas está prestes a inverter a equação: transformar a energia em matéria, algo teorizado há 84 anos, mas que os próprios teóricos achavam impossível ser posto em prática.

Os físicos do Imperial College London vão testar na prática a teoria dos físicos Gregory Breit e John A. Wheeler, que publicaram um artigo no qual abordavam o tema em 1934 na revista Physical Review.

No artigo, Breit e Wheeler propuseram que, se colidisse dois fotões, ou seja, duas partículas de luz, a colisão resultaria num positrão e um eletrão, criando assim matéria a partir da luz.

“Esta seria uma demonstração pura da famosa equação de Einstein que relaciona energia e massa: E = mc², que nos diz quanta energia é produzida quando a matéria é transformada em energia”, explica o investigador sénior e professor de física Steven Rose. “O que estamos a fazer é o mesmo, mas ao contrário: transformar a energia do fotão em massa, ou seja, m = E / c²“.

O problema em testar a teoria é que seriam necessárias partículas de alta energia para que o teste fosse feito, o que não é fácil conseguir.

Mesmo Breit e Wheeler acreditavam que seria impossível, observando que seria “impossível tentar observar a formação dos pares em experiências de laboratório”.

Mesmo com mais otimismo dos cientistas nos últimos anos, as configurações experimentais exigiram a adição de partículas massivas de alta energia, e isso nunca foi observado.

Os físicos do Imperial College London, liderados pelo professor Steven Rose, apresentaram uma maneira de testar a teoria que não dependia desses acréscimos de partículas em 2014, e agora uma experiência está prestes a ser executada na esperança de transformar a luz diretamente em matéria pela primeira vez.

O sistema desenvolvido envolve dois feixes de laser de alta potência, que estão a ser usados ​​para criar os fotões de luz que colidirão. Um dos fotões tem cerca de 1000 vezes a energia dos fotões que produzem luz visível, e o outro tem mil milhões de vezes essa energia.

Os feixes de laser são focados em dois pequenos alvos separados dentro de uma câmara-alvo, que contém ótica complexa usada para focar os feixes de laser e os ímanes usados ​​para desviar as partículas carregadas. São os positrões carregados que saem da colisão que a equipa irá procurar para confirmar se o processo foi um sucesso.

Se a experiência for bem-sucedida, os cientistas vão detetar positrões, mas terão que realizar uma análise cuidadosa dos dados antes que esses positrões possam ser confirmados como originários do processo Breit-Wheeler e não de outros processos de fundo.

“Quando Gregory Breit e John Wheeler propuseram pela primeira vez o mecanismo em 1934, usaram a então nova teoria da interação entre luz e matéria conhecida como eletrodinâmica quântica (QED). Enquanto todas as outras previsões fundamentais de QED foram demonstradas experimentalmente, o processo Breit-Wheeler de dois fotões nunca foi visto”, diz Stuart Mangles, o outro cientista responsável pelo projeto.

Se funcionar, a experiência não será simplesmente surpreendente por si só, mas também nos pode ajudar a entender o universo um pouco melhor.

“Se pudermos demonstrar isso agora, estaríamos a recriar um processo que foi importante nos primeiros 100 segundos do universo e que também é visto em explosões de raios gama, que são as maiores explosões no universo e uma das maiores mistérios não solucionados da física”, complementa Mangles.

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Na verdade, a Luz, é a causa primária da Matéria. É o estado mais subtil do subtil da matéria, a ultima fronteira da matéria.No estado de consciência, em que o ser humano se encontra, só a luz densa (matéria como os humanos a conhecem )serve o seu propósito neste Planeta. E o seu propósito, é exactamente, evoluir Espiritualmente, até transformar o seu corpo em Luz. Ou seja, tornar o corpo cada vez menos denso.

    • Já lá estiveste já… deve ter sido no médico… aquele que trata da cabeça do pessoal quando esta começa a bater mal

  2. A luz é o primeiro estagio da matéria.. mas a luz chegar no estado que muitos chamam de matéria.. que nada mas é a desaceleração da energia e a grupamento da msm.. é necessário um lugar tao frio quanto o universo e ja afirmando o nosso universo é finito e faz parte de um sistema de energia que em seu fluxo causam micros explosões criando vácuos “bolhas” que penetra pequenas frações desta energia que se convertem no que somos e o que chamamos de universo…mas com o bombardeamento maciço desta energia em volta desta bolha ” universo ” a absolvição e novamente o equilíbrio no fluxo energético.

  3. Isso possibilitará entender a passagem do corpo para o espírito, de como a ressureição se processa. Espírito é física, em um estado que ainda será descoberto e provado através da física matemática. Por isso que Einstein começou a acreditar em Deus no fim de sua vida, ele chegou perto de explicar esse fenômeno.

RESPONDER

Diplomacia da vacina. Israel doa doses à República Checa, que prometeu abrir representação diplomática em Jerusalém

A República Checa, que prometeu abrir representação diplomática em Jerusalém, já recebeu as vacinas de Israel. De acordo com o Público, Israel doou vacinas à República Checa, que prometeu abrir uma representação diplomática em Jerusalém; à …

Há uma "grande probabilidade" de variante de Manaus se tornar dominante em Portugal, diz Sociedade Brasileira de Virologia

A variante do SARS-CoV-2 detetada em dezembro em Manaus, no Brasil, pode vir a tornar-se dominante em Portugal, disse o presidente da Sociedade Brasileira de Virologia, Flávio Guimarães da Fonseca, apesar de no momento ainda ser …

Voo humanitário para o Brasil chegou a custar mais de 1.350 euros

O Público avança que o bilhete de um "voo humanitário" da TAP para o Brasil estava a ser vendido por 837 euros no início desta terça-feira. Horas depois, os "últimos lugares" estavam a ser disponibilizados …

Afinal, grupo de trabalho para a vacinação no Parlamento não vai existir

Afinal, ao contrário do que foi avançado esta terça-feira, o grupo de trabalho que devia coordenar o processo de vacinação dos deputados não vai existir. A Assembleia da República esclareceu esta tarde, em comunicado, que não …

Novo estudo indica que coronavírus pode sobreviver na roupa até 72 horas

De acordo com um estudo britânico, o novo coronavírus pode sobreviver na roupa ao longo de até 72 horas. Os especialistas alertam que pode ainda ser transferido da roupa para outras superfícies. Um estudo da universidade …

Polícia espanhola apreende 387 quilos de cocaína em navio chegado do Brasil

A polícia espanhola apreendeu 387 quilos de cocaína no porto de Santa Cruz de Tenerife, nas ilhas Canárias, numa inspeção feita a um camião que viajava num navio chegado do Brasil. O Ministério do Interior (Administração …

SEF detém suspeito de auxiliar pessoas a emigrar ilegalmente para a Irlanda

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve, na segunda-feira, um cidadão europeu por suspeitas da prática do crime de auxílio à imigração ilegal. O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve, em Lisboa, um cidadão …

Afinal, primeira morte por covid-19 na Europa foi na Sérvia

Um trabalhador da construção civil morreu de covid-19 em fevereiro de 2020 em Belgrado, 10 dias antes de outra pessoa ter morrido em França, podendo ter sido afinal a primeira morte pela doença no continente, …

Vacina da Johnson & Johnson considerada eficaz pelos Estados Unidos

O regulador norte-americano, a Food and Drug Administration, aprovou a vacina produzida pela Johnson & Johnson para utilização de emergência em todo o país. A vacina de dose única da Johnson & Johnson contra a covid-19 …

Banco de Portugal alerta sobre investimento em Bitcoin e outras criptomoedas

O Banco de Portugal (BdP) lançou esta quarta-feira um novo aviso aos consumidores sobre os riscos relativos ao investimento em bitcoin e outras criptomoedas, devido à "recente volatilidade observada nos preços de determinados ativos virtuais". "Não …