Flexibilidade psicológica é o mais importante para uma família feliz, diz estudo

Um estudo recente da Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, identificou algumas das características e competências pessoais que contribuem para que as nossas relações amorosas e familiares sejam mais felizes.

Um dos principais factores para ter uma família saudável e relacionamentos românticos felizes é a flexibilidade psicológica, visto que esta é uma característica muito importante para resolver desafios e conflitos.

De acordo com a Science Alert, esta conclusão surgiu de uma meta-análise, que abrangeu 74 estudos anteriores sobre relacionamentos de 43.952 pessoas, no total.



“Simplificando, esta meta-análise salienta que ser consciente e emocionalmente flexível em situações difíceis e desafiadoras não só melhora a vida dos indivíduos, como também pode fortalecer e enriquecer os seus relacionamentos íntimos“, disse Ronald Rogge, autor principal do artigo publicado da revista Science Direct.

Juntamente com Jennifer Daks, Rogge descobriu que a “flexibilidade consciente” está ligada a uma dinâmica familiar e de relacionamento mais gratificante, bem como a conexões mais fortes entre os indivíduos envolvidos nessas relações.

Além disso, os investigadores especificaram algumas das competências pessoais necessárias para ter flexibilidade psicológica, tais como ter “mente aberta”, aceitar novas experiências, sejam boas ou más, e ter uma consciência plena e atenta do tempo presente no dia-a-dia.

Outras competências positivas incluem ter pensamentos e sentimentos sem ficar obcecado pelos assuntos em questão, manter uma perspetiva geral mesmo durante tempos difíceis, permanecer em contacto com valores mais profundos e ser capaz de continuar a dar passos em direção a um objetivo mesmo no meio de dificuldades e contratempos.

Os investigadores consideram, por outro lado, que a inflexibilidade psicológica acontece por se evitar constantemente pensamentos, sentimentos ou experiências difíceis, passar o dia-a-dia distraído e desatento e ficar preso a pensamentos e sentimentos.

Olhar para os pensamentos e sentimentos difíceis como um reflexo pessoal (e sentir-se julgado por causa deles), permitir que o stresse e o caos da vida diária superem outras prioridades e ser facilmente prejudicado por contratempos e experiências difíceis são outros comportamentos que tornam as pessoas psicologicamente inflexíveis.

Em termos familiares, a flexibilidade psicológica provoca uma maior coesão e a um maior e melhor uso de estratégias parentais adaptativas. Nos relacionamentos românticos, leva a uma maior satisfação e a menos conflitos negativos.

Este estudo encaixa-se num estudo anterior também realizado por Rogge, que mostrou que o simples facto de se estar mais atento às relações inter-pessoais e manter os canais de comunicação abertos pode fazer uma diferença significativa na sua duração.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma empresa a transformar as cinzas de entes queridos em diamantes

Uma empresa norte-americana transforma cinzas de entes queridos — e animais de estimação — em diamantes, que podem ser colocados em anéis ou colares. Lidar com a morte de um ente querido é sempre uma altura …

Pianista de aeroporto ganhou 60 mil dólares em gorjetas

Tonee "Valentine" Carter, que toca piano num aeroporto norte-americano, ganhou 60 mil dólares (cerca de 50.800 mil euros) depois de um estranho partilhar um vídeo seu a tocar. Tonee "Valentine" Carter, de 66 anos, não é …

Youtubers denunciam campanha de fake news contra vacina da Pfizer

De acordo com a imprensa brasileira, uma agência de marketing terá tentado que influenciadores digitais de todo o mundo partilhassem desinformação sobre as vacinas contra a covid-19. A denúncia foi feita por alguns dos influenciadores …

Na Tailândia, a legalização do aborto enfrenta "resistência espiritual"

Desde fevereiro, qualquer pessoa que procure fazer um aborto na Tailândia consegue fazê-lo legalmente, pelo menos no primeiro trimestre. Ainda assim, muitos médicos e enfermeiros recusam-se a levar a cabo o procedimento. A advogada Supecha Baotip …

Haiti. Viúva do presidente assassinado implica seguranças no crime

Martine Moise, a viúva do presidente haitiano Jovenel Moise — assassinado na sua residência por um comando armado no início de julho — descreveu abertamente o ataque e partilhou as suas suspeitas sobre o crime …

Covid-19. Portugal regista 2.306 novos casos e aumento nos internados

Portugal registou este domingo 2.306 novos casos de infeção por covid-19 e mais oito mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).  Portugal regista este domingo oito mortes atribuídas à covid-19, 2.306 novos casos …

Birmânia. Líder da junta volta a prometer eleições até 2023, seis meses depois do golpe militar

O líder da junta militar birmanesa, no poder desde o golpe de 1 de fevereiro, comprometeu-se novamente a realizar eleições "até agosto de 2023". “Estamos a trabalhar para estabelecer um sistema multipartidário democrático”, disse, este domingo, …

Tóquio2020. Patrícia Mamona conquista medalha de prata no triplo salto (e melhora recorde nacional)

Patrícia Mamona conquistou este domingo a medalha de prata no triplo salto dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, ao conseguir 15,01 metros, novo recorde nacional, arrebatando a segunda medalha por atletas portugueses depois do bronze do judoca …

Trabalhadores da CP e IP iniciam hoje greve ao trabalho extraordinário e feriados

Os trabalhadores da CP - Comboios de Portugal e da Infraestruturas de Portugal (IP) entram este domingo em greve ao trabalho extraordinário e feriados, até 31 de agosto, por aumentos salariais. A greve, convocada pelo Sindicato …

Mesmo longe da Casa Branca, Trump foi o político republicano que mais arrecadou dinheiro em 2021

O ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump é o político do Partido Republicano que mais arrecadou dinheiro este ano, apesar de ter deixado o cargo a 20 de janeiro, segundo a imprensa local. Os comités políticos …