Torre Eiffel tem agora uma barreira de vidro “à prova de terroristas”

Yoan Valat / EPA

A Torre Eiffel ganhou uma barreira de vidro e uma cerca metálica, com o objetivo de melhorar a segurança do perímetro. As obras custaram cerca de 35 milhões de euros.

Os trabalhos de reforço de segurança na Torre Eiffel, em Paris, estão quase completos, avança esta sexta-feira o Diário de Notícias.

Agora, o monumento francês está envolvido por uma barreira de vidro à prova de bala, com três metros de altura, e uma cerca metálica. A cerca tem “6,5 centímetros de espessura”, informou Bernard Gaudillère, presidente da Sete, a empresa que explora o ex-libris parisiense.

Segundo Gaudillère, a barreira de vidro “é sólida, à prova de todos os testes e de absoluta segurança” diante de disparos de balas. As paredes de vidro erguem-se ao longo do Quai Branly e da Avenida Gustave Eiffel, enquanto que a cerca de metal foi instalada nos outros dois lados, ao longo dos jardins laterais integrados à Torre Eiffel.

A cerca metálica é adaptada ao formato do monumento, tendo adotado a sua forma.

Yoan Valat / EPA

Cerca metálica

A livre circulação no perímetro terminou em 2016 devido ao risco terrorista. As obras para melhorar a segurança iniciaram no outono de 2017. “A maior parte do trabalho será concluída em meados de julho”, disse Gaudillère, e deverá estar completamente concluído em meados de setembro.

A segurança do perímetro custou cerca de 35 milhões de euros.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. nao percebi ? a torre eiffel contituida e feita em aço ,logo nao deve ter sido feito para a proteger ,mas sim quem la circula

RESPONDER

UE reduz lista de países para reabrir fronteiras e mantém EUA e Brasil de fora

Os Estados-membros da União Europeia (UE) atualizaram, esta quinta-feira, a lista de países aos quais reabrem as fronteiras externas, mantendo de fora os Estados Unidos e o Brasil. "Na sequência da primeira revisão ao abrigo da …

24 horas depois, estátua de manifestante antirracismo em Bristol foi removida

A estátua de uma manifestante do movimento Black Lives Matter, erguida, esta quarta-feira, na cidade de Bristol, no Reino Unido, já foi removida. De acordo com o jornal The Guardian, 24 horas depois de ter sido …

Advogados continuam luta para manter declarações fiscais de Trump em segredo

Depois de o Supremo Tribunal ter determinado que os procuradores nova-iorquinos podem ter acesso às declarações de impostos do Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, os seus advogados informaram na quarta-feira que estavam a considerar …

EUA negam vistos a funcionários da Huawei que apoiem "violadores de direitos humanos"

Esta quarta-feira, o Governo norte-americano que vai impor restrições nos vistos a funcionários da Huawei e a outras empresas que os Estados Unidos vejam como apoiantes de Governos violadores de direitos humanos. Além das restrições, o …

Ventilador produzido em Portugal recebe autorização de utilização do Infarmed

O ventilador Atena, produzido em Portugal, recebeu, na terça-feira, a autorização do Infarmed para o seu uso em contexto hospitalar na luta contra a covid-19. Esta quarta-feira, numa publicação na sua página de Facebook, o CEiiA …

American Airlines avisa 25 mil trabalhadores que podem perder emprego

Os dirigentes da American Airlines escreveram a cerca de 25 mil trabalhadores da transportadora aérea para lhes comunicar que o seu emprego pode desaparecer em outubro. Os dirigentes das Companhias de aviação dos Estados Unidos admitiram …

Trump substitui diretor de campanha a menos de quatro meses das eleições

O Presidente dos Estados Unidos substituiu, esta quarta-feira, o seu diretor de campanha, perante os maus resultados nas sondagens, a menos de quatro meses das eleições. "Tenho o prazer de anunciar que Bill Stepien foi promovido …

Bristol acordou com uma nova estátua. Manifestante antirracismo substitui comerciante de escravos

Bristol acordou com uma nova estátua. Um artista britânico ergueu uma estátua de uma manifestante do movimento ‘Black Lives Matter’ no topo do pedestal na cidade inglesa antes ocupado pela estátua de um comerciante de …

Enfermeira norte-americana matou sete doentes num hospital de veteranos com injeções de insulina

Uma enfermeira num hospital de veteranos norte-americanos matou deliberadamente pelo menos sete doentes com injeções de insulina. A mulher, que admitiu o crime, deverá ser condenada a sete penas de prisão perpétua, mais 20 anos …

PSP pôs fim à festa do título na Avenida dos Aliados. Um polícia ficou ferido

Na parte final dos festejos portistas, já durante a madrugada, nos Aliados, o Corpo de Intervenção da PSP do Porto foi obrigada a intervir contra um grupo de adeptos. Ninguém foi detido, mas um agente …