Tondela na final da Taça de Portugal (mas tremeu em Mafra)

MIguel A. Lopes/LUSA

Tondela celebra em Mafra

Equipa da I Liga empatou no terreno do Mafra. Desfecho poderia ter sido diferente. FC Porto e Sporting disputam a outra meia-final.

O Tondela vai jogar a final da Taça de Portugal, pela primeira vez na sua história. A equipa da I Liga tinha vencido o Mafra por 3-0 em casa e, na segunda “mão” desta meia-final, foi ao estádio da formação da II Liga, onde empatou 1-1.

No entanto o desfecho deste jogo poderia ter sido bem diferente. Com lotação esgotada no Estádio Municipal de Mafra, a turma da casa tentou desde cedo dar a volta à eliminatória. Pedro Lucas ameaçou, Rodrigo Martins ia criando perigo, mas o golo não chegava.

Chegou muito perto do intervalo. Ao minuto 45, após um pontapé de canto, o defesa Pedro Pacheco apareceu no ataque e inaugurou o marcador. Faltavam dois golos, para o segundo tempo.

E logo ao segundo minuto da segunda parte, grande penalidade para o Mafra. Pedro Lucas poderia ter colocado a sua equipa a vencer por 2-0 (e apenas a um golo do empate na eliminatória) mas o guarda-redes Niasse defendeu.

Mais tarde, Gui Ferreira enviou a bola ao poste. Na recta final da partida, novo duelo particular entre Pedro Lucas e Niasse, com nova defesa brilhante do guarda-redes (um dos jogadores fulcrais neste encontro).

Logo a seguir a essa defesa, aos 87 minutos, golo do Tondela e eliminatória fechada. Contra-ataque rápido e Juan Manuel Boselli encostou, apontando o 1-1.

Primeira presença na final da Taça de Portugal para o Tondela, que no campeonato até está em zona de descida de divisão: penúltimo lugar, a quatro jornadas do fim da I Liga.

FC Porto e Sporting encontram-se mais logo no Estádio do Dragão, na outra meia-final do torneio. Na primeira “mão” o FC Porto ganhou em Alvalade por 2-1.

  Nuno Teixeira da Silva, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.