A Tiangong-1 caiu finalmente. Foi a noroeste do Taiti

NASA

Reentrada na atmosfera do ATV – Automated Transfer Vehicle, da ESA. Destino igual espera a Tiangong 1

A estação espacial chinesa Tiangong-1, de 10 toneladas, regressou à Terra, numa descida descontrolada a partir de uma órbita terrestre baixa, tendo reentrado na atmosfera sobre o sudoeste da América do Sul e caído no sul do Oceano Pacífico.

Tal como previsto, a queda na Terra do laboratório espacial chinês Tiangong-1 não provocou danos. A estação espacial desintegrou-se à reentrada na atmosfera, oferecendo aos sul-americanos um “espectáculo esplêndido”, semelhante a uma chuva de meteoritos.

Em queda através de uma atmosfera cada vez mais densa, enquanto se aproximava da Terra a uma velocidade de 17 mil km/hora, os detritos foram quase completamente destruídos antes de atingir o solo.

Segundo a agência AFP, que cita a Agência Espacial Chinesa, a nave reentrou na atmosfera “essencialmente destruída“, e o impacto final do que dela restava com a Terra aconteceu no sul do Pacífico.

O astrónomo Jonathan McDowell especifica que a nave chinesa caiu a noroeste do Taiti. “Conseguiu falhar o ‘cemitério de naves espaciais, que fica mais a sul”, diz McDowell.

A Agência Espacial Europeia tinha calculado que o impacto final da Tiangong-1 aconteceria entre o fim da noite de domingo e o início da madrugada. Segundo a Aerospace, aconteceu às 1.15h desta segunda-feira, 2 de abril.

Um pouco por todo o mundo, surgiram nas redes sociais relatos de pessoas que testemunharam a passagem da “bola de fogo” a desintegrar-se.

​” se desintegrou. Eu vi de Portugal! Pareciam pequenas estrelas a passar”, relatou o utilizador Pedro Lopes no chat do canal Volcano Watch do YouTube, que transmitiu em directo um livestream do evento.

Após o impacto final da estação espacial nos mares do Taiti, o Volcano Watch substituiu o livestream por um timelapse que resume em 5 minutos o acompanhamento que a Aerospace fez do trajecto da Tiangong-1 na sua descida final à Terra.

A Tiangong-1, ou  “Palácio Celeste 1”, foi colocada em órbita em setembro de 2011 e estava programado para fazer uma entrada controlada na atmosfera. Porém, a estação espacial chinesa deixou de funcionar em março de 2016, tendo gerando preocupação por uma eventual queda descontrolada.

No entanto, este tipo de estação espacial “não cai violentamente sobre a Terra como nos filmes de ficção científica, mas desintegra-se como uma magnífica chuva de meteoros num belo céu estrelado, à medida que os respectivos destroços avançam em direcção à Terra”, explicaram as autoridades chinesas.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Na tradução do tweet do astrónomo Jonathan McDowell, de onde vem a palavra “pouco”? É que isso muda quase diametralmente o sentido do que ele disse.

    • Caro F Gomes,
      Não temos conhecimento da razão pela qual o vídeo foi removido pelo Volcano Watch. Possivelmente, foi por se tratar de um livestream.
      Substituímos o link na notícia pelo embed de um timelapse que o canal publicou posteriormente.

RESPONDER

"Sem padrinhos, nem donos". Líder da JP levanta congresso centrista

O candidato à liderança do CDS Francisco Rodrigues dos Santos arrancou este sábado no congresso centrista, que está a decorrer em Aveiro, a maior ovação dos delegados, com um discurso inflamado, em defesa de um …

Quando chegaram à Europa pela primeira vez, as batatas eram "hereges"

Os espanhóis foram os primeiros europeus a encontrar batatas na América do Sul nos anos 1530. Porém, quando foram trazidas para o Velho Continente, não foram bem recebidas por todos. Depois de terem sido encontradas pelos …

Ano vai ser "inevitavelmente" de contestação social, avisa CGTP

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, disse esta sexta-feira que este ano vai ser “inevitavelmente” de contestação social se o Governo e as empresas continuarem a insistir num modelo de baixos salários. O líder da intersindical …

Maior ameaça ao crescimento português vem de Espanha

Diz o ditado popular que de Espanha nem bom vento, nem bom casamento. Mas, na verdade, o crescimento económico do país vizinho tem contribuído para puxar pela economia portuguesa. Agora, quando se prevê um abrandamento …

Cabo Verde esteve sem Internet durante 24 horas

O arquipélago de Cabo Verde voltou a ter acesso à Internet na tarde desta sexta-feira, cerca de 24 horas depois de uma instabilidade provocada por falhas no fornecedor internacional do serviço. O país tinha ficado sem …

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …

Mina de lítio em Montalegre. "Impactes negativos minimizáveis” e 370 empregos

O Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da concessão de exploração de lítio, em Montalegre, conclui que o projeto possui “impactes negativos” que, no entanto, “não são significativos”, “são minimizáveis” e de “abrangência local”. O EIA do …

Cristas faz o mea culpa e abandona o congresso. Corrida à sucessão faz-se a cinco

O 28.º congresso nacional do CDS arrancou este no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro com o discurso da líder demissionária Assunção Cristas, que fez uma espécie de mea culpa e agradeceu aos centristas …