Terceira espécie nova de dinossauro saurópode descoberta na Lourinhã

(cv) Museu da Ciência da U.Coimbra / YouTube

O paleontólogo Octávio Mateus, da Universidade de Lisboa, fundador do Museu da Lourinhã

O paleontólogo Octávio Mateus, da Universidade de Lisboa, fundador do Museu da Lourinhã

O Museu da Lourinhã anunciou esta terça-feira a descoberta da terceira nova espécie de dinossauro saurópode, a partir de achados encontrados no concelho em 1996 e agora estudados pelo português Octávio Mateus e pelos ingleses Philip Mannion e Paul Upchurch.

«Durante muito tempo pensámos que se tratava de uma espécie que era conhecida de Espanha, do género turiassauros, mas, na verdade, as diferenças anatómicas que começámos a reparar eram suficientes para classificarmos, não só uma nova espécie, como um novo género para a ciência», disse Octávio Mateus.

Diferenças anatómicas descobertas por comparação com outros dinossauros do mesmo género e família levaram os paleontólogos a concluir que este animal possui «várias cristas diferentes nos ossos dos membros», explicou.

Trata-se da terceira nova espécie de dinossauro saurópode classificada a partir fósseis descobertos no concelho da Lourinhã, um dos locais do mundo mais rico em achados paleontológicos.

Além de um dos autores do artigo científico agora publicado no “Journal of Vertebrate Paleontology“, o paleontólogo foi quem em 1996 encontrou o achado nas arribas da praia de Paimogo, naquele concelho.

Entre 2000 e 2002, foram escavados dessa jazida a pata dianteira completa, de quatro metros de comprimento, um dente e um osso da cauda, cujos fósseis originais estão em exposição no Museu da Lourinhã e têm uma réplica na fachada desta instituição.

Sabe-se agora que pertencem a um dinossauro saurópode, agora apelidado de “zby atlanticus“.

Trata-se de um herbívoro de cerca de 19 metros de comprimento e quatro de altura pertencente a um dos escassos grupos de origem ibérica, de invulgares dentes largos, e que viveu há 150 milhões de anos, no período correspondente ao chamado Jurássico Superior.

O nome “Zby atlanticus” é inspirado no paleontólogo russo Georges Zbyszewski (1909 – 1999), que trabalhou grande parte da sua vida em Portugal, e no Oceano Atlântico, cuja abertura e consequente separação dos continentes americano e europeu justificam a diversidade paleontológica da Lourinhã e junto ao qual os fósseis do novo dinossauro foram achados.

O estudo é subscrito por Octávio Mateus, da Universidade Nova de Lisboa, e por Philip Mannion e Paul Upchurch, do Imperial College e do University College of London.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Descoberta enguia que tem a maior descarga elétrica alguma vez vista

Foram descobertas duas novas espécies de enguias elétricas (Electrophorus electricus), sendo que uma delas tem a maior descarga elétrica alguma vez vista num animal, com uma potência de 850 volts. Podendo chegar a 2,5 metros de …

Nova tecnologia consegue gerar eletricidade através das noites frias

Cientistas da Universidade de Stanford e da Universidade da Califórnia em Los Angeles construíram um dispositivo que consegue gerar eletricidade através do frio sentido durante a noite. Há dois anos, numa noite gelada de dezembro, num telhado da Califórnia, …

Descoberto um mundo subterrâneo perdido no meio da Antártida

Durante as primeiras expedições na Antártida, exploradores polares descobriram uma caverna de gelo "perdida" com três andares, vários lagos e um rio. A formação geológica foi encontrada na ilha Galindez, onde estão baseados os exploradores da …

Boavista 1-1 Sporting | Duelo felino de portas fechadas

O Sporting foi ao Estádio do Bessa perder mais dois pontos. Após a derrota em casa com o Rio Ave na ronda anterior, que valeu o despedimento a Marcel Keizer, Leonel Pontes estreou-se no banco …

Durante a Guerra Fria, os melhores agentes da CIA não eram humanos

A CIA desclassificou dezenas de documentos da época da Guerra Fria, que revelam detalhes das suas missões. A agência de inteligência norte-americana não apostava só em humanos. De acordo com a agência France-Press, os documentos revelam …

Israel vai (outra vez) a votos e Netanyahu enfrenta novo teste à sobrevivência política

Benjamin Netanyahu, o primeiro-ministro há mais tempo em funções em Israel, enfrenta um novo teste à sua capacidade de sobrevivência nas legislativas de terça-feira e não tem desperdiçado oportunidades para atrair eleitores. As questões de segurança …

Hugo Soares na campanha, "para que o resultado do PSD possa ser o melhor possível"

O deputado e ex-líder parlamentar do PSD Hugo Soares manifestou-se disponível para fazer campanha pelo partido "sempre que for convidado", como aconteceu este sábado, em Pombal, a convite da cabeça-de-lista por Leiria Margarida Balseiro Lopes. O …

Portimonense 2-3 Porto | Susto resolvido nos descontos

O FC Porto sofreu a bom sofrer para somar os três pontos no Algarve. Os dragões acabaram por chegar à vitória aos 98 minutos, por Iván Marcano, colocando lógica no marcador, se tivermos em conta …

Astrónomos viram "bolhas" gigantes no buraco negro da Via Láctea

Uma equipa internacional de astrónomos descobriu um dos maiores fenómenos já observados no centro da Via Láctea: duas "bolhas" gigantes, emissoras de ondas de rádio, acima e abaixo da região central da nossa galáxia. Segundo o …

Aveiro. Há 170 casos de violência doméstica parados por falta de magistrados

Uma procuradora com 170 casos de violência doméstica em mãos entrou de baixa e o Ministério Público de Aveiro não tinha magistrados para a substituir. Segundo o Jornal de Notícias, mais de 170 inquéritos sobre violência …