Teoria quântica vence (outra vez) Einstein

Arthur Sasse / PD

Albert Einstein, o génio com sentido de humor

Albert Einstein, o génio com sentido de humor

Cientistas da Universidade de Tecnologia de Delft, na Holanda, comprovaram através de uma experiência um dos princípios mais fundamentais da mecânica quântica – a de que objetos separados por uma grande distância podem afetar instantaneamente o comportamento um do outro.

A descoberta é mais um golpe para um dos princípios fundamentais da Física clássica conhecido como “localidade”, que afirma que um objeto é influenciado diretamente apenas pelo que está nas suas proximidades.

A teoria quântica sugere que uma mesma partícula pode estar em dois estados ao mesmo tempo e que um estado pode influenciar o outro instantaneamente. A hipótese é tão estranha que Einstein se recusou a aceitar que fosse possível, chamando-lhes uma “ação fantasmagórica à distância” e defendendo que devia existir uma “variável escondida”.

O estudo dos investigadores da universidade holandesa, publicado na Nature, foi liderado por Ronald Hanson, do Instituto Kavli de Nanociência de Delft, em conjunto com cientistas de Espanha e Inglaterra, e traz provas mais fortes para apoiar os princípios fundamentais da teoria da mecânica quântica sobre a existência deste mundo estranho formado por um tecido de partículas subatómicas em que a matéria só toma forma quando observada e o tempo corre para trás ou para frente.

Os cientistas descreveram a experiência como um “teste livre de falhas do teorema de Bell”, referindo-se a um teste proposto em 1964 pelo físico John Stewart Bell como forma de provar que este efeito à distância é real e que era impossível existir a tal “variável escondida”.

Os investigadores de Delft conseguiram emaranhar dois eletrões separados por uma distância de 1,3 kme partilhar informações entre eles, colocando dois diamantes em extremos opostos do campus da Universidade de Delft – suficientemente longe para descartar a possibilidade de se comunicarem pela proximidade. Os físicos usam o termo “emaranhamento” para se referir a pares de partículas que são gerados de tal maneira que não podem ser descritas separadamente.

Os cientistas afirmam que já descartaram todas as chamadas variáveis ocultas possíveis que ofereceriam explicações para esse “emaranhamento” de longa distância com base nas leis da Física clássica.

“Estes testes vêm sendo feitos desde o final dos anos 1970, mas sempre de uma forma que exige pressupostos adicionais”, descreve Hanson. “Agora confirmamos que a ação fantasmagórica à distância existe“, assegura o físico.

A experiência acaba por ser não apenas uma defesa da exótica teoria da mecânica quântica, mas também um passo em direção a uma aplicações práticas, como a “Internet quântica” – que pode aumentar a segurança da Internet e a infraestrutura do comércio eletrónico numa altura em que estão a fragilizar-se perante computadores poderosos que representam um problema para as tecnologias de criptografia baseadas na capacidade de contabilizar números grandes e outras estratégias semelhantes.

Uma possível rede de comunicação quântica formada a partir de uma cadeia de partículas emaranhadas à volta de todo o globo permitiria partilhar chaves encriptadas de forma segura – e conhecer com certeza absoluta as tentativas de espionagem.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Não tem nada de fantasmagórico, e a escolha desse termo é uma demonstração de imbecilidade. Também não é uma questão de variável escondida.

    A questão é que o Espaço é ele próprio uma ilusão criada pela cosnciência. Na realidade a um nível verdadeiramente fundamental o espaço é ilusório e tudo é não-local. Onde estão os pensamentos? No cérebro? Não… A Física quantica já demonstrou desde os anos 30 que a realidade só se materializa quando alguma forma de consciência a “renderiza”, por assim dizer (ver: double slit experiment).

    Tudo é uma renderização de dados (informação, zeros e uns) por parte da consciencia. Quando num ecrã de computador vemos um jogo onde o personagem anda kilómetros para a frente ou para a esquerda, na verdade não há frente nem esquerda. um ecrã de computador está a mostrar uma renderização virtual gerada por um computador. Toda a nossa realidade é uma renderização de informação e “informação” não tem localidade nem dimensões. É como um desenho vectorial… Por kilómetros que tenha, é só uma expressão matemática – Informação.

    O cérebro, sendo matéria é ele próprio produto de renderização da consciência. Também uma ilusão… Por isso não é o cérebro que produz consciência. A consciência é que produz o cérebro.

    Nada do que é material tem dimensão nem localização independente da consciência.

RESPONDER

Morreu o general José Lemos Ferreira

O ex-chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA) morreu aos 90 anos, disse quinta-feira à agência Lusa uma fonte militar. Chefe do Estado-Maior da Força Aérea de 1977 a 1984, o general José Lemos Ferreira foi …

PJ afasta "intervenção de terceiros" na morte de diretor do EuroBic

O diretor nacional da PJ disse, esta quinta-feira, que os elementos recolhidos sobre a morte do diretor do private banking do EuroBic, arguido no caso Luanda Leaks, "apontam para que não haja intervenção de terceiros". Questionado …

Carlos Amaral Dias terá ficado retido na ambulância avariada durante uma hora

Os resultados de um inquérito aberto pelo INEM apontam para que Carlos Amaral Dias tenha ficado dentro de uma ambulância avariada durante uma hora. De acordo com o Jornal de Notícias, a equipa da ambulância dos …

Luanda Leaks. Mário Leite Silva renuncia à presidência do Banco de Fomento Angola

O presidente do Conselho de Administração do Banco de Fomento Angola (BFA), Mário Leite Silva, gestor de Isabel dos Santos, renunciou ao cargo, com efeitos a partir de 22 de janeiro. A informação foi transmitida …

Tempestade “Glória” faz pelo menos nove mortos em Espanha

Pelo menos nove pessoas morreram e outras quatro estão dadas como desaparecidas em Espanha na sequência da passagem da tempestade “Glória”, intempérie que atinge o país desde o passado fim de semana. As autoridades confirmaram cinco …

Há um "milagre da multiplicação" dos votos que os deputados querem travar

Todos os partidos concordam: é preciso travar o "milagre da multiplicação" dos votos na Assembleia da República. Estabelecer regras objetivas para o fazer é o mais complicado. Os deputados começaram esta quarta-feira a discutir como “regrar” …

Pensões entre 877 e 2600 euros têm aumento mínimo de 6,14 euros

Os pensionistas que ganham entre 877,6 e os 2558 euros brutos por mês vão ter aumentos acima dos 0,24% que inicialmente se calculou com base na taxa de inflação (sem habitação) apurada até novembro do …

PCP quer travar "ameaça de despejos" no final deste ano

O PCP entregou uma proposta de alteração ao Orçamento do estado para 2020 para manter congeladas as rendas antigas, quando os locatários tenham um rendimento inferior a cinco salários mínimos nacionais. O PCP quer manter congeladas …

CDS/Congresso: Carlos Meira disponível para acordo que vença João Almeida

Carlos Meira, candidato à liderança do CDS-PP, admite estar disponível para se unir a Filipe Lobo d'Ávila e Francisco Rodrigues dos Santos para vencer João Almeida e lutar "contra o sistema". Carlos Meira, militante de Viana …

Manuais gratuitos também no privado e no cooperativo. Iniciativa Liberal quer igualdade na Educação

O Iniciativa Liberal (IL) propôs uma alteração ao Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) na área da educação, que passa por fornecer manuais escolares gratuitos a todos os alunos da escolaridade obrigatória, quer frequentem o ensino …