O tempo passa mais devagar quando vemos pessoas em movimento

Movimentos biológicos versus não biológicos: um novo estudo indica que o tempo passa mais devagar quando os seres humanos observam pessoas em movimento.

Uma nova investigação, levada a cabo pela Universidade Federal do ABC, no Brasil, concluiu que os seres humanos percebem o tempo de forma diferente quando observam o movimento biológico em oposição ao movimento não biológico.

Segundo o PsyPost, a equipa responsável pela pesquisa avaliou como é que 32 voluntários perceberam o tempo decorrido ao ver um vídeo de uma pessoa a correr (movimento biológico) e outro de uma forma geométrica não biológica a mover-se para a frente e para trás.

Os vídeos tinham a mesma duração – 15 segundos -, mas o tempo passou mais rápido num caso do que no outro: os participantes acreditaram que o estímulo biológico durou mais do que o não biológico.

Giuliana Giorjiani, responsável pelo estudo, explicou que, “como o movimento humano é mais complexo, a maneira como entendemos e processamos o estímulo visual é diferente e provavelmente mais complexa do que quando processamos movimentos não biológicos de objetos”.

De acordo com a investigadora, é por esse motivo que os participantes acham que a duração do estímulo biológico é maior. O artigo científico foi recentemente publicado na Experimental Brain Research.

A equipa também variaram a velocidade dos vídeos, aumentando ou diminuindo o número de frames por segundo. O objetivo do teste era encontrar a velocidade que tornava o movimento biológico mais natural.

Depois, avaliaram o que acontecia no Sulco Temporal Superior (STS), a região do cérebro responsável por processar informações relacionadas com o movimento e com a forma humana.

Usando a técnica de espectroscopia funcional de luz próxima ao infravermelho (fNIRS), os cientistas mediram a presença de oxigénio no sangue e concluíram que havia uma maior atividade no STS quando os participantes observaram o movimento biológico em relação ao movimento da forma geométrica.

  Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O que cai e o que fica: as medidas que o chumbo do OE deita por terra e as que permanecem

O grosso das medidas previstas na proposta de Orçamento do Estado para 2022 não deverá sair do papel. As aprovadas em Conselho de Ministros, por sua vez, manter-se-ão viáveis, já foram discutidas fora da sede …

Truque permite que o Orçamento não seja votado esta quarta-feira

Há um mecanismo que, se for acionado, permite que o Orçamento do Estado para 2022 sobreviva mesmo que não seja votado. O Orçamento do Estado para 2022 pode baixar à comissão sem votação. Este mecanismo, nunca …

Conceição reconhece supremacia do Santa Clara e admite culpa na derrota

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, reconheceu que o Santa Clara foi superior e diz-se culpado pela derrota pesada que deixa o clube fora da Taça da Liga. O FC Porto está fora da Taça …

"Vechtpartij", quadro de Jan Steen.

Antigos jogos de bebida acabavam em vinho derramado e esfaqueamentos

Hoje vistos como jogos de diversão para jovens, na antiguidade, os drinking games (jogos de bebida) eram comuns em toda a sociedade — e, por vezes, terminavam mal. O kottabos era um antigo jogo de bebida …

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, conversa com o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues

Marcelo pediu e Ferro esteve atento. Esquerda prefere um novo OE e Presidente tem um dilema em mãos

Marcelo Rebelo de Sousa pediu ao presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, para ir acompanhando e informando o chefe de Estado sobre a situação no Parlamento, face a um eventual chumbo do OE2022. …

Com novo Orçamento pendurado, Portugal pode ficar meio ano em duodécimos

António Costa diz que não se demite, nem com o chumbo do Orçamento, e admitiu governar o país em duodécimos até junho. Face a um eventual chumbo do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), avizinha-se um …

O óvulo humano é 10 milhões de vezes maior que o espermatozoide. Agora, já sabemos porquê

A evolução levou a que a maioria das espécies deixassem de ser isogâmicas — com gametas semelhantes entre os dois sexos — e passassem a ser heterogâmicas, o que ajuda a explicar a diferença nos …

Jair Bolsonaro, Presidente do Brasil

Senadores aprovam relatório e pedem o indiciamento de Bolsonaro

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investigou no Senado brasileiro a gestão da covid-19, aprovou o relatório final, esta terça-feira, e pediu 80 indiciamentos por crimes durante a pandemia, entre eles do Presidente. Por sete …

PM sudanês deposto levado para casa após ter sido detido em "golpe de Estado"

Países pertencentes ao Conselho de Segurança da ONU não conseguem chegar a um consenso relativamente à condenação do golpe, já que alguns, como a Rússia, não o reconhecem. O primeiro-ministro sudanês deposto, Abdallah Hamdok, foi levado …

Marcelo defende que "a força das democracias está nos moderados" e pede convergências

Chefe de Estado quer evitar cenários como os vividos no final da I Guerra Mundial e após a Gripe Espanhola, onde, entende, se quis viver em pouco tempo e de forma eufórica o que se …