Serviço de telefone fixo da NOS tem 2 clientes e custa 9,6 milhões de euros

O serviço de telefone fixo da empresa de telecomunicações NOS conta apenas com dois clientes e será descontinuado em junho. O serviço tem um custo de 9,6 milhões de euros.

Devido ao crescente desuso do telefone fixo, a NOS vai descontinuar o seu serviço já no próximo mês de junho. A empresa de telecomunicações apenas tem dois clientes ativos neste serviço, apesar de apresentar custos de 9,6 milhões de euros.

Segundo a Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom), os dois clientes são de Lisboa e Faro, e apesar de os seus contratos preverem a prestação deste serviço, a NOS vai deixar de garanti-la.

A alargada panóplia de tarifários oferecidos pelas várias redes móveis tem levado o uso de telefone fixo praticamente à extinção. A recomendação de terminar com este serviço, de acordo com a pplware, partiu da Anacom. O Governo aceitou a sugestão e um despacho do secretário de Estado das Comunicações decretou o fim do serviço universal fixo.

A Anacom relembra que “existem ofertas disponíveis no mercado mais competitivas do que a oferta de serviço universal” e, como tal, a sua continuidade se tornou questionável. Ainda assim, se o entender, a NOS poderá continuar a assegurar o serviço aos seus clientes neste ou noutro molde.

Os custos que a manutenção do serviço representa foram decisivos na recomendação da Anacom, que relembra que “o serviço universal na componente do serviço fixo apresenta um custo de 9,6 milhões de euros em cinco anos para servir apenas dois clientes“.

A decisão de o Governo terminar o contrato com a NOS para a prestação do serviço de telefone fixo foi tomada a 4 de abril deste ano. Assim sendo, a partir deste sábado, os telefones NOS serão descontinuados. O Governo também não pretende abrir concurso a mais nenhuma empresa.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Ai é assim ?
    Se a NOS fizer a seguir é a MEO e quem tiver telefone fixo, que há muita gente que o tem, vai ficar a ver navios.
    Quando um dia um explosão solar der cabo dos electrónicos todos ainda vamos todos a mandar SMS por pombos correio ou sinais de fumo.
    As novas tecnologias são boas é para avariar !! Mas pronto !!

  2. A notícia está muito mal redigida e não explica nada!
    Portanto, convém esclarecer que os 9,6 milhões de euros é o valor que o Estado paga à NOS para esta garantir o “serviço universal fixo” durante 5 anos!
    Tendo apenas 2 clientes e, como a NOS nunca investiu nada no serviço, este contrato não faz qualquer sentido e só serve para a NOS suga dinheiro ao contribuinte!!
    A Anacom já tinha tentado acabar com o contrato mas a NOS não aceitou, mas acaba agora em 1 de Junho de 2019 e felizmente não vai continuar!…
    O “serviço universal de cabines telefónicas públicas” em que o Estado paga quase 2 milhões de euros por ano à MEO também acaba agora e a Anacom quer baixar esses valor para 50 mil euros/ano.

  3. Nos tempos que correm não estou de facto a ver qual a utilidade de se manter o telefone fixo até porque num país de incendiários é o que se vê e sabe sobre linhas telefónicas queimadas que ficarão caríssimas a sua reposição, por outro lado temos os ladrões de cobre que têm feito a vida cara às empresas e aos utilizadores.

    • Mais um que está todo baralhado!…
      O telefone fixo e as linhas telefónicas vão continuar a existir – o que vai acabar é o “serviço universal”, onde o Estado paga a um operador para este garantir esse serviço.
      Assim, continuará a haver linhas e telefone fixo onde e enquanto os operados acharem que é rentável – sem qualquer subsidio do Estado!

RESPONDER

"Engodo dos eleitores". Jerónimo acusa PS de usar aparelho do Estado para conquistar votos

O secretário-geral do PCP acusou o PS de estar a utilizar o aparelho do Estado, nomeadamente a “bazuca europeia”, para conquistar votos nas eleições autárquicas, e exigiu que seja garantida a neutralidade dos órgãos de …

Submarinos: Portugal expressa solidariedade com França (e diz que Austrália “furou compromissos”)

O ministro dos Negócios Estrangeiros português disse hoje à Lusa que a Austrália “furou compromissos” com a França, numa decisão “bastante discutível”, acrescentando que Portugal já transmitiu solidariedade ao país europeu. Augusto Santos Silva disse, em …

ADSE recua e volta a comparticipar atos prescritos pelo SNS

A Associação Nacional de Beneficiários (Associação 30 de Julho) revelou que a ADSE recuou, perante uma reclamação da entidade, e vai voltar a comparticipar atos prescritos pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS). “Na sequência da reclamação …

O maior sistema de cavernas do mundo é (ainda) mais extenso do que se pensava

O maior sistema de cavernas do mundo estabeleceu um novo recorde depois de uma equipa de topógrafos conseguir mapear mais 13 quilómetros das passagens no Parque Nacional de Mammoth Cave, em Kentucky, nos Estados Unidos. As …

"Por trás lá vem a facada". Costa critica "duplicidade" da postura do Governo da Madeira

O secretário-geral do PS, António Costa, defendeu que as autonomias precisam de “solidariedade e confiança mútua”, assente na verdade, criticando a “duplicidade” da postura do Governo da Madeira no relacionamento com a República. “As autonomias exigem …

Estrela foi banquete de um buraco negro e criou um fenómeno raríssimo

O resultado do encontro entre um buraco negro e uma estrela azarada deu origem a um fenómeno raríssimo detetado por astrónomos. Ao medirem a radiação X enquanto a estrela era devorada, perceberam que estavam perante um …

Um carro movido a energia solar? Bom. Um carro-casa movido a energia solar para fazer 3 mil km? Melhor ainda

Projeto foi desenvolvido por estudantes universitários holandeses, cujo trabalho em veículos movidos a energia solar é já conhecido. O Stella Vita será testado numa viagem de longo curso pelo sul de Espanha já este mês, …

Há uma rua no Texas onde todas as casas foram impressas em 3D

Esta é a primeira comunidade de casas impressas em 3D nos EUA que está pronta a receber habitantes. A construção torna as habitações mais resistentes ao fogo e a inundações. Chama-se East 17th Street e fica …

A filha de Picasso doou nove obras do artista espanhol a França

A família de Pablo Picasso doou nove obras do artista ao Estado francês, que serão agora integradas no Museu Picasso, em Paris. Maya, a filha de Pablo Picasso, doou nove obras do artista como parte de …

Dormir bem? Depois da pandemia, não

O novo coronavírus criou uma "nação" de pessoas com insónias. Trabalhar menos horas pode ajudar. Insónias. Já eram um problema para muita gente até ao início de 2020 mas a pandemia que mudou o mundo também …