Talibãs atacam Parlamento afegão com explosivos

Jawad Jalali / EPA

Um ataque com explosivos dos talibãs ao parlamento afegão, em Cabul, fez 18 mortos civis e terminou com a morte de 7 rebeldes

Um ataque com explosivos dos talibãs ao parlamento afegão, em Cabul, fez 18 mortos civis e terminou com a morte de 7 rebeldes

Um ataque dos talibãs levado a cabo esta segunda-feira contra o parlamento afegão terminou com a morte de sete rebeldes, numa ação que causou pelo menos 18 mortos civis, mas nenhum deputado, disse fonte governamental.

O porta-voz da polícia de Cabul, Ebadullah Karimi, disse que seis atacantes morreram poucos minutos depois de iniciada a operação e que a área estava sob controlo das forças de segurança afegãs.

De acordo com uma publicação no Twitter do porta-voz do ministério do Interior afegão, Sediq Sediqqi, morreram sete talibãs na operação das forças de segurança e não se registaram vítimas entre os deputados.

Karimi disse ainda que não houve vítimas entre os militares e polícias afegãos.

Várias detonações ocorridas durante o ataque deveram-se à explosão de um depósito de munições das forças de segurança afegãs, que se encontra no edifício do parlamento.

Imagens de televisão mostraram o hemiciclo da Wolesi Jirga, a câmara baixa do Parlamento afegão, envolto em fumo, enquanto os deputados abandonavam o edifício. O porta-voz do ministério da Saúde Pública, Ismail Kawusi, disse que 18 civis ficaram feridos no ataque, tendo sido levados para o hospital Istiqlal, próximo do parlamento.

O ataque foi reivindicado pelos talibãs no Twitter, segundo as agências internacionais.

“Vários rebeldes entraram no parlamento, confrontos estão em curso”, escreveu no Twitter Zabihullah Mujahid, porta-voz dos taliãs, refere a AFP.

A EFE, por sua vez, cita outra mensagem publicada no Twitter da mesma fonte: “Foram registadas dez explosões que causaram baixas importantes, e houve um confronto”.

A câmara baixa do parlamento afegão devia debater, na sessão de hoje, a nomeação de Masum Stanekzai para novo ministro da Defesa, que deve ser ratificada pelos deputados.

Os rebeldes islâmicos lançaram recentemente a sua habitual “ofensiva de primavera”, a qual resultou em combates em várias províncias do país. Em maio, registaram-se vários ataques contra pensões em Cabul, nos quais morreram duas dezenas de pessoas, incluindo vários estrangeiros.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Contra a "vigarice" das sondagens, "o PSD teve um excelente resultado"

O PSD conseguiu todos os objectivos a que se propôs nestas eleições autárquicas, segundo Rui Rio. O presidente do PSD considera que o partido teve "um excelente resultado" contra a "vigarice" das sondagens e "contra …

Costa: "PS continua a ser o maior partido autárquico nacional"

António Costa canta vitória nas eleições autárquicas, apesar de ainda não se conhecerem os resultados finais de Lisboa, Sintra e Loures. Para o secretário-geral socialista, não há dúvida de que o "PS continua a ser …

O "primeiro amarelo" para Costa e o "CDS superou todos os objectivos"

"O CDS superou todos os objectivos a que se propôs nestas autárquicas". É assim que Francisco Rodrigues dos Santos, líder do CDS-PP, canta vitória, considerando que António Costa "viu o seu primeiro cartão amarelo". Na reacção …

Pegadas provam que as Américas foram povoadas milhares de anos antes do que pensávamos

Investigadores descobriram evidências da presença de humanos nas Américas: pegadas com, pelo menos, cerca de 23.000 anos. A nossa espécie começou a migrar para fora de África há cerca de 100.000 anos. Além da Antártida, as …

Liveblog Autárquicas. PSD conquista Aveiro com maiora absoluta, Isaltino ganha Oeiras

Realizam-se este domingo Eleições Autárquicas em Portugal, nas quais está em jogo a eleição de 308 presidentes de câmaras municipais, os seus vereadores e assembleias municipais, bem como 3091 assembleias de freguesia. Acompanhe tudo no …

Jerónimo assume que CDU ficou "aquém", mas não é "determinante para a política nacional"

Jerónimo de Sousa reconhece que os resultados da CDU, nas eleições autárquicas, ficaram "aquém" dos objectivos, mas alerta que não são "determinantes para a política nacional" e rejeita a hipótese de deixar a liderança do …

Geringonça à direita... ou à esquerda? Com Moedas e Medina taco a taco, IL e Bloco entram em jogo

Freguesia a freguesia, eis como Fernando Medina e Carlos Moedas estão a disputar a eleição para a Câmara de Lisboa. As sondagens dão um empate técnico e a Iniciativa Liberal já manifestou que está disponível …

Autárquicas: PS reivindica vitória e acredita que ganha em Lisboa

O secretário-geral adjunto do PS reivindicou hoje vitória do seu partido nas eleições autárquicas, dizendo que irá vencer em número de câmaras e de freguesias, e manifestou-se confiante no quinto triunfo consecutivo em Lisboa. Esta posição …

Autárquicas: Santana reconquista a Figueira e fala numa "proeza sem igual"

Pedro Santana Lopes já fez o seu discurso de vitória como presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, num autoelogio pelo facto de ter ganho a dois "grandes partidos", o PS e o PSD, …

Autárquicas: PS segura Almada

Aposta da CDU em Maria das Dores Meira, atual autarca de Setúbal que atingiu o limite de mandatos naquele concelho, parece não ter sortido os efeitos desejados. O Partido Socialista deverá, segundo as primeiras projeções, conseguir …