Suspeito de ataque à Porta dos Fundos fugiu para a Rússia

Um dos suspeitos do ataque à produtora do grupo humorístico viajou para Moscovo, capital da Rússia, onde se encontra parte da sua família.

Um dos suspeitos do ataque à produtora do grupo Porta dos Fundos, identificado no início da semana como Eduardo Fauzi Richard Cerquise, saiu do Brasil, na tarde de 29 de dezembro, pouco antes da expedição do mandado de prisão contra si, avançou o canal televisivo Globo.

A situação já foi comunicada à Interpol, segundo a polícia do Rio de Janeiro. As autoridades brasileiras anunciaram que realizaram, na manhã de terça-feira, buscas em dois endereços residenciais e dois comerciais ligados ao suspeito, mas que não localizaram o homem.

“Nós monitorizamos os veículos usados durante o ataque. O autor identificado saiu de um dos veículos durante a fuga e pegou um táxi. Foi expedido um mandado de prisão temporária de 30 dias contra ele, que, no decorrer das investigações, pode ser renovado”, detalhou na ocasião a Polícia Civil no Twitter.

No decorrer das buscas, os agentes apreenderam 119 mil reais (26 mil euros), munições, uma arma falsa, computadores e uma camisola de uma “entidade filosófica e política”. Ainda de acordo com as autoridades, o homem identificado era o único dos cinco suspeitos que não usava capuz no momento do ataque.

“O Eduardo tem um perfil violento, antagónico. Ele tem livros ligados à religião cristã e ao islamismo. Ele é empresário, de classe média alta”, disse o delegado da Polícia, Marco Aurélio de Paula Ribeiro.

De acordo com a agência EFE, o empresário suspeito do ataque é filiado desde 2001 no Partido Social Liberal (PSL), a força política pela qual o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, foi eleito no final de 2018. Entretanto, há cerca de dois meses, Bolsonaro abandonou o PSL por divergências com outros dirigentes e anunciou a intenção de formar um novo partido.

Eduardo Fauzi integrava também a Frente Integralista Brasileira (FIB), um dos principais grupos nacionalistas e de extrema-direita do Brasil, e que se define como defensora dos valores cristãos, a propriedade privada e a família, que se demarcou das suspeitas que recaem sobre o empresário, tendo anunciado ainda a sua expulsão do grupo.

De acordo com a Globo, o suspeito viajou para Moscovo, capital da Rússia, onde se encontra parte da sua família, nomeadamente a sua mulher e o filho menor.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Cavaco Silva considera que seria "chocante" PSD aprovar reforma das Forças Armadas

O ex-Presidente da República defende que é "um erro grave" a reforma das Forças Armadas que o ministro da Defesa pretende fazer, afirmando que seria para si "chocante" ver o PSD aprová-la. "Considero um erro grave …

Risco de ser hospitalizado ou morrer de covid diminui 90% após vacinação

O risco de um adulto ser hospitalizado ou morrer por covid-19 diminui 90% a 95% passados 35 dias sobre o início da vacinação, conclui um estudo divulgado este sábado pelo Instituto Nacional de Saúde de …

No Japão, combater a pandemia implica pedir ajuda a um grande gato cor-de-rosa

Um super-herói mascarado patrulha dois dos distritos mais movimentados de Tóquio para ajudar os cidadãos japoneses a derrotar o coronavírus. O seu nome é Koronon e é um gato cor-de-rosa. O cruzado é um mascote com …

Portugal regista mais uma morte e 334 novos casos. Internamentos voltam a subir

Nas últimas 24 horas, foram confirmados 334 novos casos e registou-se mais um óbito. O boletim deste domingo dá ainda conta de mais 229 recuperados. Segundo o boletim epidemiológico deste domingo, dia 16 de maio, atualmente …

Romualda Fernandes - PS

"Senti alguma dor". Romualda Fernandes fala sobre a atitude racista da qual foi vítima

Romualda Fernandes pronuncia-se pela primeira vez sobre a notícia da Lusa para dizer que aquilo que a define não é a cor da pele, mas os seus valores. Em causa está uma notícia da Agência Lusa, …

Elefantes encontrados mortos numa reserva florestal. Envenenamento pode ser a causa

As autoridades estão a tentar perceber de que forma é que os 18 elefantes selvagens asiáticos morreram no nordeste da Índia. Os elefantes, que incluíam cinco filhotes, foram encontrados mortos na reserva florestal protegida de Kondali, …

"Máxima segurança". Porto de Lisboa com protocolo de segurança para receber cruzeiros

A administração do Porto de Lisboa assinalou este domingo o regresso do movimento de passageiros de cruzeiros a partir desta segunda-feira, com o levantamento das restrições ao desembarque de passageiros em viagens não essenciais, sublinhando …

”Terrível engano”. Programa do Governo para incentivar regresso dos emigrantes exclui as ilhas

O Programa Regressar, criado em 2019 pelo Governo da República para incentivar o regresso dos emigrantes ao país, descrimina os Açores e a Madeira. O Governo prolongou os apoios (que podem chegar aos 7679 euros por …

Relatório alerta que parte da produção de painéis solares depende da exploração de uigures

A região de Xinjiang, na China, evoluiu nas últimas duas décadas e tornou-se num importante centro de produção para muitas das empresas que fornecem ao mundo as peças necessárias para a construção de painéis solares. No …

Morreu a atriz brasileira Eva Wilma. Tinha 87 anos

A atriz de brasileira Eva Wilma morreu este sábado aos 87 anos no hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde estava internada desde abril devido a um cancro de ovário. A artista tinha sido internada a …