Um supervilão maluco está a destruir o metro de Nova Iorque

O “supervilão” é um homem ainda desconhecido que tem causado interrupções constantes no sistema de metro americano ao saltar nas carruagens em movimento, cortar os travões de emergência e atrapalhar diversas linhas importantes durante as horas mais movimentadas do dia.

“Este maluco é viciado em lixar as carruagens do metro”, disse uma fonte da Autoridade Metropolitana de Trânsito da cidade de Nova Iorque, que pediu para não ser identificada, ao site Jalopnik.

Na passada terça-feira, a conta oficial no Twitter do New York City Transit alertou o público sobre a existência deste criminoso, divulgando a suspeita de que alguém estava “a interromper intencionalmente” milhares de trajetos nas linhas 2 e 3 do metro ao acionar os travões de emergência do metro de Nova Iorque.

Por fim, as autoridades pediram aos passageiros do metro que lhes informassem pelas redes sociais caso vissem algum comportamento estranho.

O modo de agir do suspeito é sempre o mesmo: sobe a bordo de um metro quando está a sair da estação, destranca as correntes de segurança, entra na cabine traseira e aciona os travões de emergência. Depois desaparece, provavelmente pelos túneis do metro e saídas de emergência.

Apesar de ter atacado em média uma vez por semana durante vários meses, o homem ainda não foi apanhado.

O suspeito já foi visto por câmeras de segurança na traseira do metro ou a correr pelas linhas em mais do que uma ocasião. Todos os funcionários que o viram deram a mesma descrição: jovem, homem, com roupas pretas e sapatilhas brancas.

Ao notar que alguém está pendurado na parte de trás do metro, os condutores geralmente diminuem a velocidade e correm para inspecionar a zona. Encontram sempre os cabos de segurança arrancados e nada mais.

Os condutores continuam a viagem depois de determinado que o metro permanece seguro. Para os passageiros, a diferença é que chegam a casa um pouco mais tarde do que o normal graças às interrupções. Como atrasos no metro são habituais em Nova Iorque, ninguém percebe que foi vítima de um “supervilão”.

A Autoridade Metropolitana de Transportes ainda não tem resposta para quem será o criminoso, e já pediu ajuda à polícia de Nova Iorque. A única coisa que se sabe, por enquanto, é que o homem continua à solta.

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

"Lavar as mãos". Vídeo da DGS é o mais popular do ano no YouTube

2020 foi um ano atípico em vários aspetos do quotidiano, obrigando à introdução de novas rotinas e ao reforço de outras por muitos já descuradas. Reflexo dessa disrupção é o ranking anual do YouTube, divulgado esta …

Drenthe falido: "Não é muito importante"

Antigo futebolista do Real Madrid não está preocupado com a declaração feita por um tribunal dos Países Baixos. Drenthe joga numa equipa da terceira divisão nacional. Royston Ricky Drenthe foi, enquanto adolescente, considerado um dos melhores …

Sonda espacial chinesa conclui recolha de amostras da superfície lunar

A sonda chinesa Chang'e 5 concluiu a recolha e armazenamento de rochas e detritos da superfície lunar, e prepara-se para voltar à Terra, informou esta quinta-feira a Administração Espacial Nacional da China. "Às 22 horas de …

Seca obriga Namíbia a por à venda 170 elefantes

A Namíbia, que se encontra em risco de seca, pôs à venda 170 elefantes vivos para reduzir o seu número no território, em parte devido ao crescente conflito entre humanos e animais desta espécie ameaçada …

Benfica 4 - 0 Lech Poznań | “Saco cheio” rumo ao apuramento

Um, dois, três e quatro. Foram estes os golos – apontados por Vertonghen, Darwin Núñez, Pizzi e Weigl – que o Benfica marcou na goleada que aplicou na noite desta quinta-feira ao Lech Poznań, num …

Cientistas encontram evidências de uso de drogas psicadélicas numa caverna com arte rupestre

Uma flor vermelha redemoinhada rabiscada numa parede de uma caverna há cerca de 400 anos é a primeira evidência definitiva de que os nativos norte-americanos consumiam drogas psicadélicas em locais de arte rupestre. Descoberta na caverna …

Musk queria batizar a sua tequila de "Teslaquila", mas o México disse que não

O multimilionário Elon Musk, CEO da Tesla e da Space X, quis batizar a sua tequila de "Teslaquila", mas as autoridades mexicanas impediram a utilização do nome, invocando os direitos do uso da palavra e …

Namíbia acaba de eleger um deputado chamado Adolf Hitler. É ativista e "anti-apartheid"

A Namíbia acaba de eleger nas eleições regionais um deputado chamado Adolf Hitler, um conhecido ativista e "anti-apartheid" em Uunona, a sua cidade natal, localizada no norte do país africano. "Adolf Hitler teve uma vitória …

Empresário de media pró-democracia preso por acusação de fraude em Hong Kong

O dono do jornal antigoverno Apple Daily, Jimmy Lai, conhecido pela luta pela democracia em Hong Kong, foi detido sem fiança, acusado de irregularidades no contrato de 'leasing' do edifício onde está o órgão de …

Novos drones de resgate usam Inteligência Artificial para encontrar pessoas perdidas na floresta

Em situações em que as pessoas se perdem na floresta, o tempo é essencial para resgatá-las, pois quanto mais tempo ficam perdidas mais perigosa a situação se torna. Mas será que existem todas as ferramentas …