Um supercomputador pode ter desvendado o mistério da formação da Lua

Scientific Visualization Studio/ NASA

Uma equipa de astrónomos deu um importante passo para entender como é que a Lua se pode ter formado a partir de uma colisão gigante entre a Terra primitiva e outro objeto massivo, há 4,5 mil milhões de anos.

Segundo o Phys, investigadores da Universidade Durham, no Reino Unido, utilizaram um supercomputador para realizar simulações de um planeta do tamanho de Marte, chamado Theia, a colidir com a Terra primitiva.

Os resultados mostram que a colisão poderia produzir um corpo orbital que, por sua vez, poderia evoluir para um objeto semelhante à Lua. O artigo científico foi recentemente publicado na Monthly Notices of the Royal Astronomical Society.

As simulações rastrearam o material da Terra primitiva e de Theia durante quatro dias após a colisão. Depois, foram executadas outras simulaçõe, depois de os investigadores girarem Theia como se fosse uma bola de bilhar.

O supercomputador produziu resultados diferentes dependendo do tamanho e da direção do spin inicial de Theia: Num extremo, a colisão fundiu os dois objetos, enquanto no outro extremo houve um impacto de “vai-e-volta”.

No entanto, os cientistas relataram que, entre esses resultados, houve vários: é o caso de um aglomerado que é criado e se estabelece numa órbita ao redor da Terra após o impacto. Esse aglomerado simulado apresenta um pequeno núcleo de ferro, semelhante ao da Lua, com uma camada externa de materiais composta da Terra primitiva e de Theia.

“O facto de algumas das nossas simulações terem produzido o aglomerado orbital de material, com um disco de material adicional ao redor da Terra pós-impacto que ajudaria o aglomerado a crescer em massa com o tempo, é fenomenal”, comentou Sergio Ruiz-Bonilla, autor principal do estudo.

O próximo passo da equipa é realizar mais simulações, mas desta vez alterando a massa, a velocidade e a taxa de rotação da Terra primitiva e de Thei. O intuito é observar o efeito que estes dados têm na formação de uma potencial Lua.

“Pode haver uma série de possíveis colisões por investigar que nos podem levar ainda mais perto de entender a formação da Lua”, explico Vincent Eke, couator do estudo, ao portal.

Acredita-se que a nossa Lua se formou há cerca de 4,5 mil milhões de anos após uma colisão que envolveu a Terra primitiva e um planeta antigo do nosso Sistema Solar, mas até agora não existem muitos dados para corroborar esta teoria.

Apesar de os cientistas terem o cuidado de dizer que esta não é uma prova definitiva da origem da Lua, eles acrescentam que pode ser uma fase promissora da investigação para entender como o nosso satélite natural pode ter sido formado.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há 33 cursos com emprego garantido. Abandono no Ensino Superior aumentou

Este ano, há 30 licenciaturas e três mestrados integrados sem recém-diplomados inscritos no Instituto de Emprego e Formação Profissional. Segundo o Observador, o número total (33) é inferior ao de 2020 e de 2019, quando foram …

Chegada de emigrantes obriga autarcas do Interior a apertar as regras

Os autarcas do Interior do país, sobretudo de regiões onde a variante Delta ainda não se impôs e o número de novos casos de covid-19 não limita o quotidiano das populações, estão preocupados com o …

Jovens com menos de 20 anos vacinados numa "happy hour" em Lisboa

Alguns jovens com menos de 20 anos foram vacinados no centro de vacinação do Altice Arena, em Lisboa, depois de terem sido informados que havia "sobras". Task force já negou essa explicação. A situação foi denunciada, …

John Textor diz que reação da SAD do Benfica é "cómica"

O empresário norte-americano que chegou a acordo com o "rei dos frangos" para comprar 25% da Benfica SAD considera que a reação à sua aproximação é "cómica". Este mês, a Benfica SAD comunicou à Comissão de …

Rio acusa Cabrita de "mentir aos portugueses e no Parlamento" sobre festejos do Sporting

Rui Rio acusou o ministro da Administração Interna de "mentir aos portugueses e mentir no Parlamento" e justificou o motivo que levou o PSD a recorrer à figura da audição potestativa, a que os partidos …

Novo Banco não viu conflito de interesses na proposta sobre Imosteps

O Novo Banco defende que a proposta da Iberis para comprar a dívida da Imosteps, de Luís Filipe Vieira, não configurava conflito de interesses.  O Novo Banco defendeu, numa carta enviada ao Parlamento, que a proposta …

Restaurantes "expressamente proibidos" de guardar comprovativos de testes dos clientes

Os restaurantes dos concelhos em risco elevado e muito elevado, onde é necessário um teste negativo ou o certificado digital por parte dos clientes para poderem entrar, estão "expressamente proibidos" de guardar os comprovativos. A regra …

City pode ter de sacrificar Bernardo Silva para contratar Kane

O médio português poderá ter de ser "sacrificado" pelo Manchester City para financiar a contratação do avançado inglês ao Tottenham. Segundo o The Sun, para garantir a transferência de Harry Kane, o Manchester City terá de …

Não é só o BE, PCP e PAN que têm exigências. PS pressiona Leão com descida de IRS

As exigências para o próximo Orçamento do Estado (OE2022) não chegam apenas do Bloco de Esquerda, PCP e PAN. O PS também as tem e pressiona o ministro das Finanças por uma eventual mexida nos …

Alemanha não tem feito o suficiente para atingir metas do Acordo de Paris, diz Merkel

Chanceler alemã não está satisfeita com os esforços feitos pelo seu país ao longo das últimas décadas, defendendo que é preciso "acelerar o ritmo" para cumprir os objetivos estabelecidos pelo Acordo de Paris. Na tradicional conferência …