Subida do nível do mar está a matar árvores e a criar “florestas fantasma” visíveis do Espaço

Emily Ury

Floresta fantasma (em cima) vs. floresta saudável (em baixo).

A subida do nível do mar é prova de que as alterações climáticas estão a mudar as paisagens ao longo da costa. Este fenómeno está a matar árvores, criando “florestas fantasma”.

Como todos os organismos vivos, as árvores morrem. Mas o que está a acontecer não é normal. Grandes campos de árvores estão a morrer simultaneamente e os rebentos não estão a crescer para tomar o seu lugar.

Nos Estados Unidos, a água do mar está a aumentar os níveis de sal nas florestas ao longo de toda a planície costeira do Atlântico, do Maine à Florida. Enormes faixas de floresta contígua estão a morrer, agora são conhecidas na comunidade científica como “florestas fantasma”.

O papel insidioso do sal

O aumento do nível do mar causado pelas alterações climáticas está a tornar os pântanos mais húmidos em muitas partes do mundo. Mas também os torna mais salgados.

Em 2016, a investigadora Emily Ury começou a trabalhar num pântano arborizado da Carolina do Norte para estudar o efeito do sal nas suas plantas e solos. A cada dois meses, carrega mais de 45 quilos de sal e outros equipamentos ao longo do trilho inundado até ao seu local de pesquisa. Ury e a sua equipa estão a salgar uma área do tamanho de um campo de ténis, procurando imitar os efeitos da subida do nível do mar.

Após dois anos de esforço, o sal não parecia estar a afetar as plantas ou os processos do solo que estavam a monitorizar. Então a investigadora percebeu que, em vez de esperar que o sal matasse lentamente as árvores, a pergunta que precisava de responder era quantas árvores já tinham morrido e quantas mais áreas húmidas eram vulneráveis. Para encontrar respostas, foi a locais onde as árvores já estavam mortas.

Árvores mortas com troncos claros, desprovidos de folhas e galhos, são um sinal revelador de altos níveis de sal no solo. Um relatório de 2019 batizou-os de “lápides de madeira”.

À medida que as árvores morrem, arbustos e ervas mais tolerantes ao sal ocupam o seu lugar. Num estudo publicado este mês na revista Ecological Applications, a equipa de investigadores mostra que na Carolina do Norte essa mudança foi dramática.

A região costeira do estado sofreu uma perda rápida e generalizada de floresta, com impactos em cascata sobre a vida selvagem, incluindo o lobo-vermelho e o pica-pau de crista vermelha, ambos ameaçados de extinção. As florestas húmidas sequestram e armazenam grandes quantidades de carbono, portanto, a morte das florestas também contribui para mais alterações climáticas.

Florestas fantasma vistas do Espaço

Para entender onde e com que rapidez essas florestas estão a mudar, os investigadores precisavam de uma perspetiva panorâmica. Essa perspetiva vem de satélites como o Sistema de Observação da Terra da NASA, que é uma fonte importante de dados científicos e ambientais.

Os autores usaram imagens de satélite para quantificar as mudanças na vegetação costeira desde 1984 e imagens de alta resolução do Google Earth de referência para localizar florestas fantasma. A análise do computador ajudou a identificar manchas semelhantes de árvores mortas em toda a paisagem.

Os resultados eram chocantes: mais de 10% das áreas húmidas florestadas dentro do Refúgio Nacional de Vida Selvagem do Rio Alligator, na Carolina do Norte, foram perdidas nos últimos 35 anos. Esta é uma área protegida pelo Governo federal, sem nenhuma outra atividade humana que pudesse matar a floresta.

O rápido aumento do nível do mar parece estar a ultrapassar a capacidade destas florestas se adaptarem a condições mais húmidas e salgadas. Eventos climáticos extremos, alimentados pelas alterações climáticas, estão a causar mais danos devido a fortes tempestades, furacões mais frequentes e secas.

  ZAP // The Conversation

PARTILHAR

RESPONDER

Bill Clinton, antigo Presidente dos Estados Unidos, foi hospitalizado

Bill Clinton foi admitido na noite de terça-feira no Centro Médico Irvine da Universidade da Califórnia para "ser tratado a uma infeção não ligada à covid". O antigo Presidente dos Estados Unidos Bill Clinton, com 75 …

Passar muito tempo no Espaço pode aumentar o risco de danos cerebrais

Um novo estudo mostra que os astronautas que passam longas temporadas no Espaço têm mais probabilidade de vir a ter danos cerebrais. Em comunicado, a equipa de cientistas responsável pela investigação explicou ter seguido cinco astronautas …

Físicos fazem medição mais precisa do mundo da idade de um neutrão

Uma equipa de físicos fez a medição mais precisa do mundo da idade de um neutrão. Este avanço da Física pode ajudar a responder a perguntas sobre o Universo primitivo. Já sabemos - com uma incerteza …

O "telescópio que comeu a astronomia" vai olhar para a Idade das Trevas do Universo

Astrónomos da NASA vão usar o Telescópio Espacial James Webb para olhar para trás no tempo até à Idade das Trevas do Universo. Alguns chamaram o Telescópio Espacial James Webb da NASA de "telescópio que comeu …

Estudo da Universidade do Minho defende legalização da prostituição em Portugal

Um estudo de um investigador da Universidade do Minho (UMinho) defende a legalização da prostituição em Portugal e denuncia a “ineficácia do modelo abolicionista” em vigor desde 1983, anunciou esta quinta-feira aquela academia. Em comunicado, a …

Dispositivo vestível impresso a 3D não precisa de ser carregado

Um grupo de especialistas desenvolveu um dispositivo vestível a que chamaram “dispositivo biossimbiótico”, que conta com vários benefícios. O novo dispositivo é impresso em 3D, personalizado e baseado em análises corporais dos utilizadores e ainda pode …

Microsoft encerra o LinkedIn na China devido às restrições locais

A Microsoft informou esta quinta-feira que irá encerrar a rede profissional LinkedIn na China até ao final do ano, justificando a decisão com a existência de um "ambiente operacional difícil", segundo a agência France-Presse (AFP). O …

Ceni anunciado mas adeptos avisam: "Só será treinador se falar connosco antes"

Mudança de treinador no São Paulo: saiu Crespo e regressou a "lenda" do clube, Ceni. Mas há palavras que não se esquecem... Mais uma mudança de equipa técnica no Brasileirão. Desta vez no São Paulo, que …

No Japão, milhares de idosos morrem sozinhos. Agora, um sistema ajuda na deteção de cadáveres nas casas

Monitorização dos edifícios permite perceber se há movimento dos ocupantes dentro das casas. Desta forma, é mais fácil evitar que corpos em decomposição permanecem no local ao longo de muito tempo. O Japão é um dos …

"Nunca tive tanto medo na minha vida". Ruth estava a dormir quando meteorito lhe caiu na cama

A mulher ficou assustada com o incidente, mas acabou por sair ilesa. Agora, pretende recuperar dos danos causados e admite que quer conservar a pedra. Parece ficção, mas a história aconteceu na cidade de Golden, no …