Subida do mar força habitantes do famoso atol de Bikini a pedir refúgio nos EUA

USDoD / Wikimedia

A onda de choque das explosões atómicas no atol de Bikini inspiraram em 1946 o engenheiro francês Louis Réard a chamar bikini à sua invenção, o fato de banho feminino de duas peças que chocou o mundo.

A onda de choque das explosões atómicas no atol de Bikini inspiraram em 1946 o engenheiro francês Louis Réard a chamar bikini à sua invenção, o fato de banho feminino de duas peças que chocou o mundo.

Cerca de mil habitantes do conhecido atol de Bikini, na Oceania, pediram asilo aos Estados Unidos devido ao aumento no nível dos mares, que ameaça as suas habitações na ilha onde vivem.

Os habitantes do atol de Bikini, no arquipélago das Marshall, já tinham sido evacuados pelos EUA nos anos 1940, para a realização dos testes do programa de bombas atómicas americanas no local.

Na altura inédita, a “onda de choque” provocada pelas explosões atómicas no atol foi a razão pela qual o engenheiro francês Louis Réard chamou bikini à sua invenção, o fato de banho feminino de duas peças que em 1946 chocou o mundo.

Na década de 40, os habitantes foram levados para Kili, outra ilha do arquipélago das Marshall, ao abrigo de um acordo com os Estados Unidos, que estabelecia um fundo para ajudar os moradores do atol instalarem-se nas suas novas casas.

Agora, porém, os habitantes do atol pretendem que o governo americano altere as regras do fundo, e que possam usá-lo para se instalar nos Estados Unidos.

Os moradores afirmam que as marés, as mais altas já registadas no local, estão a invadir as suas casas estão a ser invadidas pelas águas.

Conhecidas como king tides, as marés ameaçam também a agricultura local e o abastecimento de água potável.

No início do ano, a pista do aeroporto local foi totalmente inundada, deixando a ilha isolada.

“Os habitantes de Bikini vieram até nós e pediram-nos para levar esta proposta aos Estados Unidos”, diz Tony de Brum, ministro dos Negócios Estrangeiros das Ilhas Marshall.

“Pedem que o fundo de realojamento seja usado para enviar as pessoas para os Estados Unidos e não apenas para outros locais das Ilhas Marshall”, adianta o governante local, citado pela BBC.

“O pedido que chegou foi feito com base no facto de que a ilha Kili está também inabitável devido às mudanças climáticas”, acrescentou.

Um acordo entre as Ilhas Marshall e os Estados Unidos prevê que os antigos moradores do atol de Bikini tenham direito a viver, trabalhar e estudar nos Estados Unidos, sem restrições quanto à duração de sua estadia.

O Departamento do Interior norte-americano tem apoiado as pretensões dos bikinianos, e apresentou ao Congresso americano uma proposta de lei para alterar os termos do fundo de realojamento.

O governo das Ilhas Marshall diz que a experiência dos habitantes de Bikini mostra a necessidade de um acordo global contra as mudanças climáticas – antes que o atol tenha o destino vaticinado para Kiribati, uma nação que vai ser engolida pelo Pacífico.

A expectativa recai sobre a conferência internacional COP 21, que tem lugar no final de novembro, em Paris, com o objetivo de que se alcance o maior acordo climático do mundo, em substituição do Protocolo de Kyoto.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Ruth, a "humana digital" da Nestlé ensina como fazer as bolachas perfeitas

Graças à Inteligência Artificial, nasceu Ruth, um "humano digital" da Nestlé que interage connosco e nos ajuda a fazer as melhores bolachas com pepitas de chocolate. A internet é o maior livro de receitas a que …

“Ditador egoísta e despótico”. Margaret Tatcher comparou Saddam Hussein a Hitler após ataque ao Kuwait

Documentos do início da Guerra do Golfo revelam que a antiga primeira-ministra britânica Margaret Thatcher comparou Saddam Hussein a Adolf Hitler após a invasão do Kuwait pelo ditador iraquiano. De acordo com os documentos anteriormente confidenciais …

Cientistas criam "televisão" ultravioleta para animais (que nos vai ajudar a entendê-los melhor)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Queensland, na Austrália, desenvolveu uma "televisão" ultravioleta para ajudar os especialistas a entender melhor a forma como os animais veem o mundo. Os monitores de televisões ou computadores têm …

Watakano, a “ilha da prostituição” que teve o seu auge nos anos 80, está agora vazia

Conhecida como “ilha da prostituição”, Watakano já foi considera um pequeno paraíso sexual. No seu auge, do final dos anos 70 a meados dos anos 80, homens faziam um curta viagem de barco até ao …

Deputado norte-americano quer banir GTA 5 e outros jogos violentos. Tudo para diminuir roubos de carros

O deputado norte-americano Marcus Evans quer proibir a venda de videojogos violentos que promovam atividades criminosas, como o GTA 5, face ao aumento dos roubos de automóveis em Chicago e um pouco por todo o …

Estudante projetou um casaco que se transforma num saco-cama para os sem-abrigo. E deu-lhes um emprego

Nos Estados Unidos, há pelo menos 567.715 pessoas que vivem nas ruas. Embora há quem vire as costas a essas estas, também há quem esteja disposto a fazer tudo para ajudar os necessitados e tirá-los …

Um livro e uma reclusa-mediterrânica. Aranhas venenosas obrigam a encerramento temporário de biblioteca nos EUA

Aranhas venenosas da espécie reclusa-mediterrânica apareceram na cave de uma biblioteca na Universidade do Michigan, nos Estados Unidos. Os funcionários de uma biblioteca da Universidade do Michigan, nos Estados Unidos, foram obrigados a encerrar temporariamente o …

Bolsonaro diz que máscaras causam "efeitos colaterais"

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, disse que as máscaras causam "efeitos colaterais" e citou um alegado estudo alemão, sem acrescentar mais detalhes. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, causou polémica esta quinta-feira ao dizer que as …

Pilotos aprovam acordo de emergência na TAP

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aprovou esta sexta-feira o acordo de emergência na TAP, adiantaram vários pilotos à Lusa. O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aprovou o acordo de emergência na …

Britânico enviava dinheiro a residentes de uma cidade britânica. Era "um ato generoso de bondade"

Os habitantes de Frome, no Reino Unido, estão constantemente à espera do correio, depois de ter sido revelado que um homem misterioso estava a entregar dinheiro nas casas dos residentes locais. A polícia da cidade inglesa …