A sua casa pode ter mais de 9 mil tipos de micróbios

Investigadores da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos, descobriram, após analisarem 1200 residências, que as casas têm cerca de 9 mil espécies diferentes de micróbios. Esta é a média de tipos de bactérias e fungos encontrados no pó de uma casa comum.

O estudo faz parte do projeto “A Vida Selvagem das Nossas Casas”, em que os voluntários enviaram amostras do pó acumulado nas calhas das portas, locais que costumam ser ignorados durante uma limpeza, segundo os cientistas.

“Sabemos há muito tempo que os micróbios habitam nos nossos lares. O que estamos a fazer agora é aplicar a velha e boa ciência para ver como eles variam de acordo com o espaço onde são encontrados”, afirmou Noah Fierer, professor de ecologia e biologia evolucionária.

A equipa de cientistas chegou à conclusão que uma casa comum costuma ter mais de dois mil tipos diferentes de fungos e que o seu tipo varia de acordo com a localização da residência.

“A maioria dos fungos encontrados aparentemente vêm de fora. Entram pelas roupas ou através de janelas e portas abertas. Por isso, a melhor forma de prever que tipo de fungo habita numa casa é saber onde esta fica”, acrescentou.

Além disso, os investigadores descobriram uma média de sete mil bactérias diferentes em cada casa. Algumas delas estão relacionadas com a pele humana, mas foram encontradas espécies ligadas às fezes. Neste caso, a variedade depende não da localização da residência, mas de quem a habita.

“Encontramos bactérias diferentes em habitações ocupadas por mulheres do que naquelas habitadas apenas por homens. Há tipos de bactérias usualmente associadas ao corpo feminino do que ao masculino e pudemos ver isso no pó”, explicou.

A presença de animais de estimação também influenciou a variedade de micróbios.

“Ter um gato ou um cão tem um impacto significativo nos tipos de bactérias encontradas numa casa. Foi surpreendente para nós encontrarmos uma influência tão grande, maior do que qualquer outro fator”.

Apesar de o estudo ter sido realizado nos Estados Unidos, o cientista diz que os resultados são relevantes para outras partes do mundo.

Agora, os investigadores querem descobrir como estes micro-organismos podem afetar a saúde humana. Apesar de alguns estarem ligados a doenças e alergias, a maioria provavelmente é inofensiva e pode até ser benéfica.

“As pessoas não precisam de se preocupar com os micróbios nas suas casas. Eles estão à nossa volta, nas nossas peles, nos nossos lares – e a maioria deles não faz mal algum”, conclui Fierer.

Move

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal com mais 13 mortos e 552 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 13 mortos relacionados com a covid-19 e 552 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo os dados a DGS, a região …

TilTok anuncia acordo com Oracle e Wallmart e adia proibição nos EUA

A aplicação TikTok, detida pela sociedade chinesa ByteDance e ameaçada de ser proibida nos Estados Unidos, anunciou este domingo um acordo de princípio com a Oracle, como parceiro tecnológico, e com a Walmart, em termos …

As gaivotas são inoportunas? Saiba que as suas fezes podem valer mil milhões de dólares

Afinal, as gaivotas podem ser animais bem mais interessantes do que aquilo que a maioria das pessoas pensa. É que as suas fezes são muito valiosas e os seus nutrientes fertilizam campos agrícolas e recifes …

Super-vulcão Yellowstone registou 91 terramotos em apenas 24 horas

Os vulcanólogos têm andado atentos ao super-vulcão localizado no Parque Nacional de Yellowstone, nos Estados Unidos. O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) relatou recentemente a ocorrência de 91 terremotos em apenas 24 horas. Estes …

Cartoonista alemão Frank Hoppmann é o vencedor do 15.º World Press Cartoon

O 'cartoonista' alemão Frank Hoppmann, com a caricatura do primeiro-ministro britânico Boris Johnson, é o vencedor da 15.ª edição do World Press Cartoon, foi hoje anunciado nas Caldas da Rainha, na cerimónia de entrega de …

Pequena e funcional. Assim se carateriza a Tiny House (que ainda evita dores de joelhos)

Esta pequena casa móvel pode ser a solução que procura. Devido à sua arquitetura dinâmica é ótima para pessoas com problemas de articulações e que sofrem com dores joelhos, pernas cansadas ​​ou dores nas costas. Hoje …

Chama-se Elios, é um drone e vai explorar as profundezas das cavernas de gelo da Gronelândia

Elios é o drone que está a ajudar os investigadores a descobrirem mais sobre os mistérios da Gronelândia. Inserido numa estrutura própria, tem explorado as cavernas de gelo, facilitando assim o acesso a locais mais …

Milhares de pássaros migratórios estão (misteriosamente) a morrer no Novo México

Um elevado número de pássaros migratórios está a morrer em todo o Novo México, numa misteriosa mortalidade em massa que está a preocupar os cientistas. Estima-se que o número de pássaros mortos seja de centenas de …

Crianças inspiram Lego a livrar-se de todas as embalagens de plástico

As peças da Lego podem acabar no oceano durante mais de mil anos, mas os fabricantes dinamarqueses estão a tentar tornar a empresa ecologicamente correta. Na sua última promessa, a Lego vai começar a usar sacos …

Uma cidade chamada "amianto" está a tentar mudar o nome (e a discussão tornou-se tóxica)

Há uma cidade no Canadá chamada Asbesto - um material de construção altamente tóxico. Os habitantes da cidade não estão felizes com este nome, mas a sua mudança também não está a ser fácil. De acordo …