O dia em que Stephen Hawking organizou uma festa (e ninguém apareceu)

Andy Rain / EPA

Stephen Hawking

O famoso físico britânico, que faleceu esta quarta-feira, organizou, em 2009, uma festa para viajantes no tempo. Infelizmente, ninguém apareceu (nem a Miss Universo).

No dia 28 de junho de 2009, às 12h00, Stephen Hawking colocou-se em frente à porta de entrada de um elegante salão da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, e esperou que os convidados chegassem.

O local tinha sido decorado com balões e a mesa principal estava repleta de aperitivos e, claro, champanhe, a bebida favorita do famoso físico britânico. Hawking, que morreu esta quarta-feira, aos 76 anos, esperou, esperou, esperou. Mas ninguém apareceu.

Só que esta não era uma festa qualquer, conta a BBC. Era um evento propositado para viajantes no tempo. “Foi uma lástima!”, recordou o cientista num dos capítulos da série documental “O Universo Segundo Stephen Hawking”, do Discovery Channel.

“Eu gosto de experiências simples e… champanhe. Então, tentei combinar duas das minhas coisas favoritas para ver se a viagem no tempo do futuro para o passado era possível”, explicou o cientista britânico no mesmo documentário, transmitido em 2010.

Para testar a ideia, Hawking não contou a ninguém sobre a festa até que esta tivesse acabado. Só depois enviou o convite, que incluía as coordenadas exatas no tempo e no espaço, organizada na tradicional escola Gonville and Caius College, em Cambridge.

“Está cordialmente convidado para a festa para viajantes no tempo organizada pelo professor Stephen Hawking”, podia ler-se no convite, que também incluía a irónica explicação de que os convidados não precisavam de confirmar a sua presença.

“Espero que cópias deste (convite) sobrevivam por vários milhares de anos num ou outro formato”, acrescentou o cientista, cujo livro “Uma Breve História do Tempo”, de 1988, vendeu mais de dez milhões de cópias em todo o mundo.

“Talvez, um dia, alguém que viva no futuro possa encontrar esta informação e use uma máquina do tempo para vir à minha festa, provando que, um dia, as viagens no tempo serão possíveis”.

Ao ver que o ponteiro do relógio já tinha passado das 12h00, Hawking não ficou desiludido e preferiu antes usar o seu famoso sentido de humor: “Estava à espera de ver a futura Miss Universo a entrar por aquela porta”.

Em 2012, o físico explicou num colóquio do Festival de Ciência de Seattle, nos EUA, que “a Teoria da Relatividade de Einstein parece oferecer a possibilidade de que possamos deformar o espaço-tempo de tal forma que poderíamos viajar ao passado”.

“Porém, é provável que tal deformação causasse um raio de radiação que destruísse a nave espacial e talvez o espaço-tempo em si”, acrescentou. Foi então que se lembrou do fracasso da sua festa: “Fiquei ali muito tempo à espera, mas ninguém apareceu”.

ZAP // BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Os animais perdem o medo dos predadores depois de contactarem com o Homem

Uma nova investigação concluiu que os animais selvagens perdem rapidamente o medo dos seus predadores depois de entrarem em contacto com o Homem. A maioria dos animais selvagens, como é o caso dos leões, exibe …

Há mais 884 casos confirmados e oito óbitos por covid-19 em Portugal

De acordo com o último boletim divulgado epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal regista, este sábado, mais oito óbitos e 884 novos casos de infeção pelo novo coronavírus. Assim, Portugal contabiliza, desde o início da …

Negros norte-americanos estão a comprar armas em valores recorde

O número de afro-americanos a comprar armas aumentou drasticamente. Em causa, estará uma resposta ao agravar das tensões sociais no país devido ao movimento Black Lives Matter. Nos Estados Unidos, os protestos do movimento Black Lives …

Sporting paga 5 milhões e "rouba" Bruno Tabata ao Braga

O Sporting conseguiu 'roubar' Bruno Tabata ao Sporting de Braga. O extremo do Portimonense assina pelos 'leões' num contrato válido por cinco temporadas. Bruno Tabata está a caminho do Sporting CP, avança este sábado o jornal …

Há (pelo menos) 16 escolas com casos de covid-19, mas não há dados oficiais

Nem o Ministério da Educação, nem a Direcção Geral de Saúde (DGS) revelam o número de casos de covid-19 nas escolas, depois da reabertura do ano lectivo. Mesmo sem dados oficiais, é possível contabilizar, pelo …

Deixar Bilbau não dá bom resultado (lembra-se da grande equipa de Bielsa?)

Javi Martínez tenta contrariar a tendência dos seus antigos companheiros de equipa no famoso Atlético de Bilbau, que só aceita no seu plantel futebolistas nascidos no País Basco ou com ascendência familiar basca. Javi Martínez, herói …

Tatuagens racistas, saias curtas, cabelos e bigodes estranhos proibidos na PSP

Os polícias que tenham tatuagens com símbolos, palavras ou desenhos de natureza partidária, extremista, racista ou que incentivem à violência têm seis meses para as remover, de acordo com novas normas da PSP que também …

Republicação das caricaturas de Maomé foi o motivo do ataque junto ao Charlie Hebdo

A republicação das caricaturas de Maomé terá estado na origem do ataque junto ao edifício da antiga redação do jornal satírico Charlie Hebdo, confessou o principal suspeito. Quatro pessoas foram esta sexta-feira feridas, duas das quais …

Segunda vaga pode matar menos (mesmo com novos casos a disparar)

Os especialistas acreditam que a segunda vaga de covid-19 em Portugal vai ser menos letal, embora o número de novos casos diários possa vir a ser "muito elevado". Isto porque temos a lição mais bem …

BCP disponível para fusão com o Montepio

Na eventualidade de ser necessária uma intervenção, o Millennium BCP mostrou-se disponível para uma fusão com o Banco Montepio. Esta hipótese foi apresentada pela instituição bancária numa reunião com o ministro das Finanças, João Leão. O …