Sri Lanka anuncia vistos grátis para incentivar turismo no país após ataques

Iris Liu / Flickr

Praia de Hikkaduwa, Sri Lanla

O Sri Lanka vai conceder vistos grátis de um mês para os visitantes provenientes de quase 50 países, uma medida que visa fomentar o turismo, afetado após os atentados da Páscoa, anunciou esta quarta-feira o Governo.

O ministro do Turismo, John Amaratunga, afirmou que os turistas ou aqueles que visitem o país para fazerem negócios podem candidatar-se à chegada ou através da Internet. A medida entrará em vigor na quinta-feira e tem a validade de seis meses.

“Se não for benéfico, iremos suspender o programa”, adiantou o ministro e acrescentou que com a medida, o Governo espera um aumento substancial de turistas.

Com a criação deste programa, o governo do Sri Lanka pode perder 4,3 mil milhões de rupias (24 milhões de dólares) em receita que poderia ser ganha através da cobrança de vistos. O país cobra 35 dólares pelo visto de um mês para turistas ou 20 dólares para os habitantes dos países do sul da Ásia.

Sete bombistas suicidas de um grupo local muçulmano, com a denominação de National Thowheed Jammath, atacaram três igrejas e três hotéis de luxo a 21 de abril, resultando em 263 mortos, incluindo 45 cidadãos estrangeiros provenientes de países como a China, Índia, os Estados Unidos da América e o Reino Unido.

A maioria dos turistas reduziu a sua estadia no país enquanto outros cancelaram as suas reservas, o que contribuiu para o declínio do turismo da nação.

O primeiro-ministro, Ranil Wickremesinghe, assegurou que o Sri Lanka é agora um local seguro para turistas e que “a segurança voltou à normalidade”.

Nesta quarta-feira, o governante  disse que todos os envolvidos no ataque estão sob custódia das autoridades e “aqueles que estão associados com os responsáveis, mesmo que não estivessem envolvidos no ataque, estão a ser questionados e alguns foram detidos, outros foram libertados”. Mais de 200 pessoas foram detidas e a polícia continua com a investigação, acrescentou.

O governo criou várias medidas para reavivar o turismo, incluindo a redução das taxas nas companhias aéreas, do preço dos combustíveis e das taxas de embarque, pelo menos durante seis meses. Também os hotéis anunciaram pacotes com descontos de até 60%.

“Nós gostaríamos de promover o Sri Lanka como um destino que é seguro para as pessoas visitarem e estamos a oferecer um tipo de concessões e taxas que podem não obter por um longo, longo tempo”, acrescentou Wickremesinghe.

Cerca de 2,3 milhões de turistas visitaram o Sri Lanka em 2018, quando 29 companhias aéreas ofereciam 300 voos por semana. Após os ataques, foram cancelados 41 voos por semana, o que significou uma perda de 8.000 reservas. Várias companhias aéreas voltaram aos seus horários normais, mas outras não.

Cerca de meio milhão de cidadãos do Sri Lanka depende diretamente do turismo, e outros dois milhões indiretamente. Neste momento, as estimativas do Governo apontam para uma receita de 3,7 mil milhões de dólares este ano, valor menor ao número estimado no início do ano, que era de 5 mil milhões de dólares.

O turismo representa 4,9% do PIB da nação.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O buraco negro mais faminto do Universo engole por dia uma massa equivalente à do Sol

No centro do quasar mais brilhante já descoberto "mora" um dos maiores buracos negros que é também o mais "faminto" de todo o Universo: por dia, engole o equivalente à massa do nosso Sol. As …

Cientistas investigam estranho gelo cor-de-rosa num glaciar dos Alpes italianos

Uma equipa de cientistas anunciou esta segunda-feira estar a tentar averiguar a origem de gelo cor-de-rosa num glaciar nos Alpes italianos. O fenómeno deverá ser provocada por algas que aceleram os efeitos das mudanças climáticas. A origem …

Especialistas de 32 países alertam OMS: covid-19 também se transmite pelo ar

Numa carta aberta à Organização Mundial de Saúde, 239 cientistas pedem que a organização reveja as recomendações que tem emitido, alertando para o facto de a covid-19 poder transmitir-se pelo ar. Numa carta dirigida à Organização …

Moreirense 0-0 Sporting | Nulo em jogo de pólvora seca

A 30ª jornada fechou no Minho com um nulo entre Moreirense e Sporting, que continua sem derrotas sob o comando de Rúben Amorim. A formação leonina poderia muito bem ter vencido em Moreira de Cónegos, pois …

Armazém flutuante. A China está a guardar petróleo no mar (e já se sabe porquê)

A China está a guardar uma quantidade épica de petróleo no mar. De acordo com a CNN, o país comprou tanto petróleo estrangeiro a preços baratos que formou um congestionamento maciço de navios-tanque no mar, …

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …