Sporting 1-0 Benfica | Leão mata borrego disfarçado de águia

O Sporting arrancou um importante triunfo por 1-0 no grande dérbi lisboeta da 16ª jornada da Liga NOS.

Num jogo nem sempre bem jogado, mas muito disputado e tacticamente rico, a formação de Alvalade fez o golo da vitória já em período de descontos, numa fase em que o empate parecia ser o resultado mais que certo.

Matheus Nunes facturou de cabeça e deu ao “leão” o primeiro triunfo sobre o rival lisboeta em Alvalade, para o campeonato, desde Abril de 2012. O Sporting continua invicto na Liga, enquanto o Benfica soma a terceira derrota e o terceiro jogo consecutivo sem vencer na prova.

 

O jogo explicado em números

  • As duas equipas apresentaram-se para este dérbi com sistemas tácticos em tudo semelhantes, 3-4-3 para cada lado. O “leão” avançou com um “onze” semelhante a tantos outros, apenas com a novidade de Matheus Nunes no lugar de João Palhinha (no banco). Já as “águias” mostraram-se com Otamendi, Jardel e Vertonghen no trio de centrais, Grimaldo e Gilberto nos corredores, Rafa Silva e Franco Cervi na frente com Darwin Núñez. Destaque também para o regresso de Odysseas Vlachodimos, recuperado de Covid-19.
  • Arranque de jogo bem animado em Alvalade, com as duas equipas a tentarem soltar-se, mas o Sporting a ter um ligeiro ascendente, com 52% de posse. Todavia, não houve remates nos primeiros 15 minutos, com as duas formações a conseguirem anular-se. Os três centrais do Benfica, porém, sofreram rapidamente uma mexida, uma vez que Jardel, aos 11 minutos, contraiu uma lesão muscular e teve de sair, entrando Gabriel e recuando Weigl para central.
  • O primeiro disparo aconteceu aos 19 minutos, por Pizzi, que trabalhou bem na área e rematou rasteiro de pé esquerdo, ligeiramente ao lado da baliza de Adán, e quando bateu a primeira meia-hora, o equilíbrio era quase total: ambas as formações registavam um remate, o Benfica tinha apenas um ligeiro ascendente (54% de posse), nas acções com bola na grande área ambas apresentavam apenas duas, os expected goals (xG) eram idênticos (0,1) e no passe eram 81% de eficácia para os dois emblemas.
  • Nuno Mendes, com 5,9, apresentava o melhor rating nesta fase, em especial devido aos dribles (dois eficazes em três tentativas) e às seis recuperações de posse. O melhor da equipa “encarnada” era Julian Weigl, com 5.7, com apenas um passe falhado em 14 e já três desarmes.
  • A cinco minutos do descanso a primeira grande oportunidade do desafio. Nuno Mendes bateu canto da direita, Tiago Tomás desviou ao primeiro poste e Neto, ao segundo, cabeceou ao lado, quando tinha tudo para abrir o activo. Foi o ponto alto de uma fase de jogo que começava a mostrar mais “leão”, perante um Benfica que, a meio-campo, começava a perder a luta.
  • Dérbi com uma primeira parte muito táctica, por vezes confusa, pouco inspirada e com ocasiões de golo raras. No total foram duas para cada lado, a mais perigosa para o Sporting, perto do intervalo.
  • O “leão” foi para os balneários com um pouco menos de bola, mas mais remates (4-1), embora nenhuma equipa tenha enquadrado qualquer tentativa. O principal dado que aponta para a ligeira superioridade leonina vai para o número de acções com bola na área adversária: sete para os da casa, duas para os visitantes.
  • O melhor em campo nesta altura era Julian Weigl, o homem mais defensivo do meio-campo benfiquista, que teve de recuar com a lesão de Jardel. O alemão teve muito trabalho e registava um GoalPoint Rating de 6.0, com destaque para quatro recuperações de posse, três desarmes e quatro alívios.
  • Boa reentrada do Benfica em campo, com Darwin Núñez a obrigar Adán a defesa apertada, no primeiro lance de ataque. Respondeu o Sporting num rápido contragolpe, com Tiago Tomás a deixar para Pedro Gonçalves, valendo aos forasteiros…. Weigl, que bloqueou o disparo.
  • Equilíbrio era a nota dominante chegada a hora de jogo, com as equipas a dividirem a posse de bola, embora o Sporting conseguisse chegar com mais frequência ao último terço, com algum perigo. Ainda assim eram os “encarnados” a registarem mais um remate (3-2) na segunda parte, e o único enquadrado do desafio, o tal de Darwin.
  • Muito bem Nuno Mendes, um dos melhores em campo, em especial nos momentos defensivos. Por volta dos 70 minutos registava 12 recuperações de posse, quatro acções defensivas no meio-campo contrário e outras tantas intercepções. Aos poucos os “encarnados” começavam a desenvolver transições rápidas e a colocar em sentido o sector mais recuado dos “leões”, incluindo a atenção do esquerdino.
  • Aos 80 minutos, João Palhinha rematou forte de fora da área e a bola saiu rente ao poste direito da baliza benfiquista, numa altura em que dava mais Benfica. Contudo, o golo acabaria por surgir, mas só nos descontos.
  • Aos 92 minutos, cruzamento de Pedro Porro da direita, Odysseas Vlachodimos não conseguiu afastar com qualidade e a bola sobrou para Matheus Nunes na grande área que fez a emenda de cabeça. Golo sportinguista ao décimo remate no jogo, segundo enquadrado. Triunfo sportinguista, que aumentou assim para nove os pontos sobre o rival lisboeta.

 

José Sena Goulão / Lusa

O melhor em campo GoalPoint

Aposta ganha de Rúben Amorim. João Palhinha foi despenalizado à última hora, mas o treinador leonino deixou o “trinco” no banco e apostou em Matheus Nunes de início. E essa opção acabou por dar frutos.

Não só o médio realizou uma excelente prestação em termos globais, como marcou o golo da vitória leonina, já em período de descontos – o que lhe acabou por valer o destaque de MVP da partida, com um GoalPoint Rating de 7.8.

Aos 83% de passes certos, juntou seis longos certos em sete, dois dribles completos em quatro tentativas, e registou sete recuperações de posse e três desarmes.

Jogadores em foco

  • Luís Neto 6.9 – Que grande jogo do central português. neto esteve intransponível, tendo ganho dois de três duelos aéreos defensivos e registado 14 acções defensivas – cinco desarmes, quatro intercepções e cinco alívios. Esteve também muito bem no passe, concluindo 90% dos 39 que fez, e não fosse a ocasião flagrante desperdiçada e poderíamos estar a falar do MVP.
  • Sebastián Coates 6.6 – O seu colega da defesa não lhe ficou muito atrás. O uruguaio ganhou três de quatro duelos aéreos defensivos e realizou quatro desarmes, anulando Darwin sempre que este lhe aparecia pela frente.
  • Nuno Mendes 6.5 – O lateral leonino foi sempre um dos melhores em campo, desde o arranque de jogo e, olhando para os seus números finais,, não espanta: máximo de recuperações de posse (14), máximo (partilhado) de intercepções, máximo (também partilhado) de acções defensivas no meio-campo contrário e três dribles eficazes em seis tentativas.
  • Gabriel 6.4 – O brasileiro entrou ainda na primeira parte, devido à lesão de Jardel, e acabou por ser o melhor em campo, sobressaindo na luta do meio-campo. Ao todo foram 12 recuperações de posse, quatro acções defensivas no meio-campo contrário, quatro desarmes e três intercepções.
  • Jan Vertonghen 6.2 – O belga esteve muito “certinho”, conseguindo disfarçar com um excelente posicionamento e antecipação das jogadas o facto de não ter velocidade para travar jogadores como Tiago Tomás. O central acertou 92% dos passes que fez, somou oito recuperações de posse e três desarmes.
  • Julian Weigl 6.1 – O melhor elemento da primeira parte. O alemão do Benfica foi uma espécie de “bombeiro” a apagar os “fogos” na zona central do terreno. Terminou com cinco recuperações de posse, três desarmes, cinco alívios e um bloqueio de remate.

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: SL7, arte e paciência

Líder soma e segue. Leões e dragões vencem à justa. As frases e os números da semana. Visto da Linha de Fundo. Líder reina no castelo Vitória SC 1 (Bruno Duarte 78', g.p.) – SL Benfica …

"Atropelamento e fuga." Terra e Vénus cresceram como planetas rebeldes

Planetas como a Terra e Vénus, que residem dentro de Sistemas Solares, são fruto de repetidas colisões. Esta conclusão desafia os modelos convencionais sobre a formação de planetas. Investigadores do Laboratório Lunar e Planetário (LPL) da …

A origem do "Gigante de Segorbe" pode finalmente ter sido esclarecida

Um novo estudo revela que a origem do "Gigante de Segorbe" pode ser bastante mais complexa daquilo que se pensava. O "Gigante de Segorbe", como é conhecido, foi um indivíduo encontrado por arqueólogos numa necrópole islâmica …

Instagram suspende planos de uma versão da aplicação para crianças

Para já, a empresa ainda não fez se se trata de um abandono temporário ou definitivo. Tempestade mediática em torno da influência das redes sociais na saúde mental dos jovens, sobretudo raparigas, pode ter influenciado …

Com todos os votos contados, PS vence com pior resultado que em 2013 e PSD conquista 113 câmaras

PS continua a ser o partido com mais representação autárquica em Portugal, apesar de cair para números anteriores à liderança de António Costa. PSD recupera das hecatombes de 2013 e 2017. Quase 24 horas depois após …

Presidente sul-coreano admite proibir consumo de carne de cão

O Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, admitiu, esta segunda-feira, a possibilidade de proibir o consumo de carne de cão, costume que se tornou "uma vergonha internacional", segundo fonte do seu gabinete. "Não terá chegado …

Pelo menos 24 países criaram novas leis para controlar o conteúdo na Internet, revela relatório

Autoridades de pelo menos 24 países, incluindo os Estados Unidos (EUA), estabeleceram novas regras que determinam o tratamento dos conteúdos por parte das plataformas 'online', concluiu um relatório da Freedom House. No seu relatório anual, intitulado …

Exames nacionais e provas de aferição deverão “retomar a normalidade” este ano

Depois de dois anos letivos condicionados pela pandemia da covid-19, o Governo está apostado em retomar, entre outras formas de avaliação, a obrigatoriedade de exames nacionais nas disciplinas de conclusão do ensino secundário. Os exames nacionais …

Advogados dizem que há questões "pontuais" por resolver no SEF do aeroporto de Lisboa

Responsável pela Comissão dos Direitos Humanos da Ordem dos Advogados reveleu que mantém uma "estreita relação e cooperação com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e que o centro de instalação temporária no aeroporto …

EUA "golearam" Europa mas a Europa "humilhou" o Mundo

Vitória clara dos americanos no golfe, mas vitória ainda mais "gorda" dos europeus no ténis. Quem é europeu e gosta de várias modalidades desportivas, teve muito para ver neste fim-de-semana. E terminou com emoções completamente distintas: …