/

SpaceX vai construir mais de mil naves espaciais para transportar 1 milhão de humanos para Marte

10

A SpaceX estava, ainda há pouco tempo, a lutar para conseguir chegar à órbita. Mas a 31 de maio fez 10 anos que concluiu a primeira missão.

A semana passada marcou o aniversário de 10 anos da conclusão da primeira missão do SpaceX — COTS 2 — de e para a Estação Espacial Internacional. Apenas alguns anos antes, a 28 de setembro de 2008, a empresa chegou à órbita na sua quarta tentativa com o Falcon 1.

Apesar de raramente cumprirem com as datas que estimam para os objetivos, de acordo com a Interesting Engineering, é difícil argumentar contra o impressionante historial do Diretor Executivo da SpaceX, Elon Musk, quando o assunto é relativo a voos espaciais.

Ainda assim, a última afirmação de Musk, partilhada no Twitter, juntamente com uma apresentação recente da SpaceX, deixa algumas dúvidas.

O plano, segundo Musk, é “construir mais de 1.000 naves para transportar vida para Marte. Basicamente, as (muito) modernas Arcas de Noé”, escreveu o bilionário, relembrando uma declaração efetuada durante uma entrevista, onde declarou que a SpaceX iria alcançar este objetivo até 2050.

A SpaceX ainda não lançou a nave espacial para Marte, mas espera realizar o seu voo inaugural em órbita ainda nos próximos meses — embora a FAA continue a adiar a sua revisão ambiental da nave espacial. A nave espacial terá um propulsor de 230 pés de altura, alimentado por 33 motores Raptor 2.

Os planos do Musk podem provocar dúvidas porque, mesmo tendo em conta os elevados padrões da SpaceX, não estarão a ser muito realistas.

Talvez o principal indicador para este ponto seja o quanto a declaração de Musk não está alinhada com os planos que a NASA estabeleceu para Marte.

Enquanto Musk diz que a SpaceX enviará um milhão de humanos a Marte até 2050, a NASA pretende levar os primeiros humanos a Marte — provavelmente com a ajuda da SpaceX — até 2030 ou 2040, dando início a uma campanha de investigação científica com a duração de anos.

A agência espacial americana publicou recentemente 50 objetivos-chave que pretende atingir antes e durante a sua primeira missão a Marte.

O plano destaca os duros obstáculos que a NASA enfrentará, tais como o facto de os músculos dos astronautas se terem degradado ao ponto de poderem ter dificuldade em caminhar quando chegarem ao planeta vermelho pela primeira vez.

A colonização de Marte será um processo incrivelmente lento, cheio de tentativas e erros. Como tal, os primeiros humanos que a NASA planeia enviar para o planeta vermelho serão cientistas e peritos treinados.

No entanto, Musk anunciou recentemente que “quase todos” poderão poupar até 100.000 dólares para comprar um bilhete para Marte.

É compreensível que o CEO da SpaceX esteja ocupado a vender o sonho da humanidade como uma civilização exploradora do espaço, mas a sua declaração de Marte 2050 arrisca-se a colocá-lo em território semelhante ao que estava com o progresso de Tesla no nível 5 de autonomia.

Quanto mais fizer promessas insustentáveis, mais pessoas esquecerão até onde a SpaceX chegou num tão curto espaço de tempo.

  ZAP //

10 Comments

  1. Sim, este planeta está estragado, sem volta a dar, vamos lá estragar outro planeta! Onde posso comprar o bilhete?

  2. Loooool …. Ser for como os teslas ardem antes de lá chegar… podem levar os humanos quase todos, era um alívio para o planeta e não só….

  3. Então mas já estão a fabricar os transportes e condições de habitabilidade já existem?

    Seja como for, isto será para os ricaços, alguns até já compraram terrenos na lua, o dinheiro sobe-lhes rapidamente à cabeça. Que vão todos, deixem-nos a nós, deixem-nos voltar à idade da pedra ou à idade média, mas com consciência se for preciso, nós sobreviveremos à nossa maneira e criaremos um Planeta em condições.

    A partir do momento que a preocupação for o bem estar de todos e não a preocupação de ser e ter mais que os outros, os problemas no mundo desaparecem todos e pode ser criada uma sociedade equilibrada.

    Neste momento e com toda a capacidade técnica e académica que temos, a maioria dos problemas já não existiriam. Mas continuam a manipular tudo e a fazer tudo para proveito próprio. Graças à ganância da industria petrolífera, há anos que poderíamos ter soluções autosuficientes para todos, poderíamos ter eliminado a maioria das doenças e não continuarmos a usar os tratamentos para encher os bolso de outros.

    Mandem nos para Marte ou até para o Sol e os problemas resolvem-se.

  4. O Homem com a mania de sere superior .
    Quando na realidade basta uma bactéria ou um vírus
    Para irracadicar-nos do Planeta.
    E assim vai ser, para bem das outras espécies
    que estão verdadeiramente em sintonia com a Natureza.
    Pena sermos tão diferentes na maneira de pensar e de respeitar o Planeta.
    Fora dele somos como peixes fora de água.

  5. O Moskas está a precisar de tareco para salvar a Tesla. Se os ricaços forem na treta e começarem a comprar bilhetes para Marte, pode ser que se safe. O homem não é só um dos mais ricos do planeta, é também um dos mais aldrabões!

  6. Admiro-me, quando quem nada faz, ataca quem tem capacidade para realizar e enriquecer? A União Soviética desapareceu? Eu sou um pobre miserável, (quer quer um subsídio paga por outros trabalhadores) que não sei fazer nada, nem quero, e penso que a culpa é do Musk que é um faz tudo?

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.