Só quatro médicos aceitaram reforçar hospitais do Algarve no verão

Felipe Pilotto / Flickr

No ano passado, foram sete os profissionais que se voluntariaram para o programa de mobilidade especial lançado pelo Governo para dar resposta ao aumento da população, de junho a setembro.

O programa de mobilidade especial que pretende reforçar os cuidados hospitalares na zona sul do país durante o verão em que há um acréscimo na população – estima-se que a população passe dos 500 mil habitantes para mais de 1,5 milhões – foi lançado pela segunda vez, mas a medida voltou a ter um impacto reduzido.

Se em 2016 apenas sete médicos aceitaram a mobilidade para aquela região entre junho e setembro, este ano, só quatro médicos se voluntariaram.

Segundo o Diário de Notícias, o despacho foi publicado em Diário da República a 7 de junho e, embora sem apontar números, pedia médicos para anestesiologia, ortopedia, ginecologia/obstetrícia, pediatria, medicina interna, cirurgia geral, nefrologia e oncologia, especialidades identificadas como sendo as mais carenciadas.

O sistema é voluntário e os médicos cumprem o mesmo horário e recebem o mesmo vencimento, como nos hospitais de origem. A contrapartida está nas ajudas de custo, que vão dos 50 aos 200 euros, dependendo se pernoitam na zona e se há necessidade de subsídio de transporte.

O presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar do Algarve (CHA), que integra os hospitais de Faro e de Portimão, Joaquim Ramalho, disse que os quatros médicos – que vieram de Lisboa, Viseu, Bragança e Açores – estarão na região em julho e agosto, devendo ficar até meados ou final de setembro. São especialistas de anestesia, ortopedia, neurologia e medicina geral e familiar.

Apenas quatro clínicos não cobrem as necessidades da região, ainda mais no verão, quando a população triplica, mas Joaquim Ramalho sublinha que este reforço trouxe ganhos: “Em termos de custo direto, podemos ter aqui, em média, uma economia de 20% a 30%” em relação ao que seria os custos das prestações de serviço para cumprir o mesmo número de horas.

“Mas há outro tipo de ganhos, que tem a ver com o podermos contar com um profissional durante um período e planificarmos as escalas com outra segurança. Por outro lado, são profissionais que estão integrados em equipa nos seus hospitais e há toda uma prática clínica que é mais fácil de enquadrar com as nossas equipas”, diz.

Sobre a fraca eficácia da medida, Joaquim Ramalho lembra que depende da disponibilidade dos serviços de origem – embora não seja preciso autorização prévia, tem de ficar garantido que o serviço não fica desfalcado – e do próprio profissional. Mas admite que poderá ser mais efetivo se houver “uma programação mais atempada”.

O presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar do Algarve sugere que em maio se faça um levantamento dos hospitais e das especialidades que podem disponibilizar médicos. “Em junho, já todos estaríamos organizados e se houvesse interessados poderíamos ter um número maior de profissionais no verão”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Governo do Brasil aponta início da vacinação entre janeiro e fevereiro

O ministro da Saúde do Brasil, Eduardo Pazuello, disse que o país vai começar a receber 15 milhões de doses de vacinas para a covid-19 entre janeiro e fevereiro de 2021, com mais cem milhões …

Solução para Novo Banco pode não passar por um OE retificativo, diz João Leão

O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, disse que a alternativa à anulação da transferência de 476 milhões de euros para o Novo Banco não tem "necessariamente que passar" por um orçamento retificativo …

Plano de vacinação arranca em janeiro com três fases. 950 mil pessoas no primeiro grupo prioritário

Pessoas com mais de 50 anos com uma patologia frequente nos casos graves de covid-19, residentes e/ou internados em lares e profissionais de saúde integram o primeiro grupo prioritário para a administração da vacina de …

Segunda vaga de moratórias autorizada pela Autoridade Bancária Europeia

A Autoridade Bancária Europeia (EBA) autorizou a reabertura de moratórias de crédito, com efeitos a partir de 01 de outubro até 31 de março de 2021, dois meses após ter suspendido novas adesões. Num comunicado publicado …

Turquia alvo de críticas duras em reunião da NATO e em risco de sanções

A Turquia esteve esta quarta-feira sob um fogo de críticas na reunião virtual dos Ministros dos Negócios Estrangeiros (MNE) da NATO e, com a deceção manifestada pelos Estados Unidos, deve preparar-se para sanções económicas americanas …

O que Neymar mais quer é voltar a jogar com Messi. Só se vier a custo zero, diz o Barça

O internacional brasileiro Neymar, que alinha pelo PSG, confessou esta quarta-feira que o mais deseja é voltar a jogar com o astro argentino Lionel Messi, com quem partilhou balneário entre 2013 e 2017 no Barcelona. …

Ministro da Administração Interna e procuradora-geral da República vão ser ouvidos no Parlamento

Eduardo Cabrita será ouvido sobre o caso do cidadão ucraniano assassinado nas instalações do SEF e Lucília Gago sobre a "recente diretiva sobre os poderes hierárquicos" na magistratura do Ministério Público. A comissão de Assuntos Constitucionais …

Portugal regista mais 79 mortos e 3.772 novos casos de covid-19

Portugal contabiliza esta quinta-feira mais 79 mortos relacionados com o novo coronavírus, que provoca a covid-19, e 3.772 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da …

França investiga 76 mesquitas por suspeita de radicalização islâmica

A França vai investigar nos próximos dias 76 mesquitas por suspeitas de radicalização islâmica, anunciou esta quarta-feira o ministro do Interior do país, Gerald Darmanin. Trata-se de 16 templos na região de Paris e 60 no …

Medidas estão a dar resultados. Novas regras apresentadas sábado vão vigorar até 7 de janeiro

O primeiro-ministro afirmou que as medidas adotadas estão a produzir resultados, havendo uma trajetória descendente de novos casos de covid-19, mas advertiu que janeiro é mês de risco e as restrições não podem ser aliviadas. Esta …