Descoberto sistema estelar com três planetas do tamanho da Terra

Gabriel Pérez Díaz / Instituto de Astrofísica das Canárias

Impressão de artista de um sistema planetário com três exoplanetas rochosos do tamanho da Terra

Investigadores descobriram não um, mas dois sistemas estelares até então desconhecidos. Um deles abriga três planetas rochosos do tamanho da Terra.

Investigadores do Instituto de Astrofísica das Canárias (IAC) e da Universidade de Oviedo descobriram dois novos sistemas planetários, sendo que um deles hospeda três planetas com o mesmo tamanho que a Terra. A descoberta foi divulgada na semana passada.

As informações sobre estes novos exoplanetas foram obtidas a partir dos dados recolhidos pela missão K2 do satélite Kepler da NASA, que teve início em novembro de 2013.

O artigo científico, que será publicado na revista Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, revela a existência de dois novos sistemas planetários detetados a partir dos eclipses que produzem na luz estelar das suas respetivas estrelas.

O primeiro sistema exoplanetário está localizado em redor da estrela K2-239, caracterizada pelos cientistas como uma anã vermelha do tipo M3V a partir de observações feitas com o GTC, no Observatório Roque de los Muchachos, em Garafía, La Palma.

Está situada na direção da constelação do Sextante a 50 parsecs, a cerca de 160 anos-luz do Sol. Tem um sistema compacto de pelo menos três planetas rochosos de tamanho semelhante à Terra (1,1, 1,0 e 1,1 raios terrestres) que orbitam a estrela a cada 5,2, 7,8 e 10,1 dias, respetivamente.

A outra estrela anã vermelha chamada K2-240 tem duas super-Terras com aproximadamente o dobro do tamanho do nosso planeta. A temperatura atmosférica das anãs vermelhas, em torno das quais estes planetas orbitam, é de 3450 e 3800 K, respetivamente, quase metade da temperatura do Sol.

Os investigadores estimam que todos os planetas descobertos têm temperaturas superficiais dezenas de graus acima da temperatura da Terra devido à forte radiação que recebem nestas órbitas próximas em torno das suas estrelas.

As futuras campanhas de observação com o JWST (James Webb Space Telescope) vão caracterizar a composição das atmosferas dos planetas descobertos. As observações espectroscópicas com o instrumento ESPRESSO, instalado no VLT (Very Large Telescope) do ESO, ou com espectrógrafos futuros no GTC ou em novas instalações astronómicas com o ELT (Extremely Large Telescope) ou o TMT (Thirty Meter Telescope), serão cruciais para determinar as massas, densidades e propriedades físicas destes planetas.

Na equipa de investigação liderada por Javier de Cos da Universidade de Oviedo e Rafael Rebolo do IAC, participam, juntamente com investigadores destes dois centros, outros da Universidade de Genebra e do GTC (Gran Telescopio Canarias).

// CCVAlg

PARTILHAR

RESPONDER

Os mais terríveis ditadores genocidas têm um incompreensível lado fofinho

Os governos autoritários estão em ascensão. Um estudo do instituto alemão Bertelsmann Stiftung chegou à conclusão de que mais mil milhões de pessoas  vivem hoje sob ditaduras do que há quinze anos. O instituto analisou a qualidade …

Morreu o líder dos talibãs paquistaneses. Foi "assassinado pelos infiéis"

Os talibãs paquistaneses reconheceram este domingo a morte do seu líder, Maulana Fazlullah, morto na semana passada no Afeganistão por um drone do exército americano, e anunciaram ter nomeado um novo chefe. "É fonte de orgulho …

Bruno (com o ordenado congelado) recua e vai impugnar AG

Bruno de Carvalho, que este sábado foi destituído de presidente do Sporting pelos sócios em Assembleia-Geral, diz agora que vai impugnar a reunião e pretende apresentar-se às eleições, previstas para 8 de setembro. 15 horas depois …

A palavra de Costa não pode valer menos que a Constituição

O dirigente e deputado do CDS-PP Pedro Mota Soares defendeu este domingo, a propósito dos impostos sobre os combustíveis, que a palavra do primeiro-ministro, António Costa, não pode valer menos do que a letra da …

Novo teste não invasivo usa a luz para identificar a malária

Um engenheiro informático de 24 anos do Uganda, Brian Gitta, ganhou o Prémio África com um dispositivo inovador que testa a malária sem tirar sangue, o ‘Matibabu’, palavra suaíli para "tratamento". "O Matibabu é um exemplo …

Inglaterra vs Panamá | Goleada histórica para todos

Aqui está a maior goleada do Mundial até ao momento e o resultado inglês mais gordo da sua história no torneio. A Inglaterra fez a festa frente à frágil selecção do Panamá e venceu por concludentes …

Sousa Cintra nomeado presidente da SAD do Sporting

O antigo presidente do Sporting José Sousa Cintra foi nomeado para a presidência da SAD do clube, em substituição de Bruno de Carvalho, anunciou hoje a Comissão de Gestão do clube. O presidente da Comissão de …

Descoberta a primeira obra de Da Vinci (ou talvez não)

O primeiro trabalho pictórico do génio do Renascimento Leonardo da Vinci terá sido um azulejo datado de 1471, no qual está representado o Arcanjo Gabriel, anunciou esta quinta-feira o especialista de arte Ernesto Solari, que …

Deus é um estúpido filho da mãe, diz Duterte

Rodrigo Duterte, o presidente das Filipinas – país em que 86% da população é católica – referiu-se a Deus como um "estúpido filho da mãe" durante uma cimeira na cidade de Davao. Referindo-se ao conceito católico …

32 anos depois, a genealogia genética tramou o assassino de Michella

O mistério da agressão sexual seguida de homicídio de uma adolescente americana em 1986 foi resolvido, 32 anos depois graças a uma técnica inovadora da genealogia genética, anunciaram este domingo as autoridades do estado de …