Sir Alex Ferguson usou “método violento” para dar uma lição a Ronaldo (ele ficou “maluco”, mas aprendeu)

A passagem de Cristiano Ronaldo pelo Manchester United foi determinante para a sua carreira, sobretudo pelos ensinamentos que recolheu do treinador Alex Ferguson. E o ex-técnico dos red devils viu-se forçado a implementar um “método violento” para dar uma lição ao craque português.

A história é contada pelo ex-colega de equipa de Ronaldo nos red devils, Darren Fletcher, antigo internacional escocês, no canal do YouTube “The Lockdown Tactics”.

Cristiano Ronaldo chegou ao Manchester United com apenas 18 anos, em 2003, como um prodígio com grande habilidade técnica, mas que ficava muito preso à bola.

“Nos primeiros anos, passou momentos complicados no balneário! Havia alturas em que segurava muito a bola e não tomava boas decisões com ela nos pés. Tiveram que lhe dizer algumas verdades na cara, mas aceitou bem”, relata Darren Fletcher.

Ora, Ferguson queria que Ronaldo passasse mais a bola e pôs em marcha um plano diabólico para o obrigar a perder o “vício” de se segurar a ela.

O treinador e o seu adjunto combinaram que deixariam de apitar faltas durante os treinos, o que foi muito duro para Ronaldo que só pensava em ficar com a bola.

Cristiano tinha contusões das patadas que lhe davam. Antes disso não fazíamos faltas suaves, mas apitavam-nas. CR7 fazia a recuperação, arrancava a falta, ria-se e apanhava a bola”, conta Darren Fletcher.

Com o “método violento” de Sir Alex Ferguson, Ronaldo “ficou maluco”, refere o ex-atleta dos red devils. “Recordo-me dele muito chateado, aceitando rápido o que havia e começando a jogar a um ou dois toques, tocando e correndo, mas sem bola”, nota.

Cristiano Ronaldo foi mudando o seu estilo de jogo e começou a soltar mais a bola porque sabia que não iam marcar falta, conclui Darren Fletcher.

O ex-internacional escocês acredita que este método de Sir Alex Ferguson ajudou a limar o faro goleador de Ronaldo, contribuindo para ele marcar mais golos.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Alguns distritos de Portugal continental e Madeira com avisos meteorológicos até domingo

Alguns distritos de Portugal continental e o arquipélago da Madeira vão estar a partir de hoje e pelo menos até domingo com vários avisos meteorológicos devido à agitação marítima, vento e queda de neve, de …

R abaixo de 1 em Portugal. Um milhão de pessoas pode já ter tido contacto com o vírus

Um doente covid-19 em Portugal está a infetar, em média, menos de uma pessoa, segundo dados do Instituto Ricardo Jorge revelados esta quinta-feira, que mostram que o Rt voltou a estar abaixo do 1. “Atualmente, o …

EUA aprovam legislação que pode excluir firmas chinesas do seu mercado de capitais

O Congresso norte-americano aprovou esta quinta-feira legislação que força as empresas chinesas a saírem dos índices bolsistas norte-americanos a menos que cumpram as regras de contabilidade nos Estados Unidos. A legislação, que pode afetar dezenas de …

Polícia Judiciária faz buscas na Câmara de Vila Verde

A Polícia Judiciária está a fazer buscas na Câmara de Vila Verde, no distrito de Braga, relacionadas com "adjudicações a juntas de freguesia", confirmou esta quarta-feira à Lusa fonte daquela força policial. Segundo a mesma fonte, …

Reino Unido começa a vacinar já na próxima semana

O Reino Unido vai começar a vacinar a sua população contra a covid-19 na próxima semana. Depois da aprovação do uso da vacina da Pfizer, os primeiros a receber a vacina serão os trabalhadores e …

Governo já garantiu 370 camas no setor privado

O Governo já garantiu 370 camas no setor privado, sendo que quase metade, 164, são para doentes covid. Há atualmente 3.338 pacientes infetados com o novo coronavírus internados em hospitais. A informação foi confirmada por fonte …

Covid-19 pode ter chegado aos EUA em dezembro de 2019. País prepara-se para o pior inverno da história

Depois de ter sido confirmado que o novo coronavírus já circulava em Itália desde setembro de 2019, agora surge um relatório que refere que a covid-19 pode ter infetado um pequeno número de pessoas nos …

Maior parte dos médicos aposentados que voltam ao SNS prefere trabalhar em tempo reduzido

A maior parte dos médicos aposentados que regressa ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) opta por trabalhar em tempo reduzido, adianta o Jornal de Notícias. De acordo com o Jornal de Notícias, do total de 216 …

Bruxelas ameaça avançar com Fundo de Recuperação sem Hungria e Polónia

A Comissão Europeia (CE) está a perder a paciência e, caso não haja progressos nas negociações, ameaça avançar com o Fundo de Recuperação europeu sem a 'luz verde' da Hungria e da Polónia. O ultimato foi …

Empresas que reforcem lay-off não podem fechar portas, mas podem reduzir horários a 100%

O chamado “apoio à retoma progressiva” vai permitir que em dezembro as empresas saltem para o escalão seguinte, que garante mais financiamento, mas o Governo exige que mantenham atividade. Contudo, garante que tal não condiciona …