Serviços públicos online em Portugal no top 3 entre 33 países

World Bank Photo Collection / Flickr

-

Os serviços públicos ‘online’ em Portugal mantêm uma avaliação que os coloca no ‘top’ três entre 33 países analisados por Bruxelas no estudo ‘European e-Government Benchmark’, indica um comunicado divulgado esta segunda-feira pela Secretaria de Estado da Modernização Administrativa.

Nesta análise europeia realizada todos os anos, desta vez com base em dados de 2013, Portugal surge entre os primeiros lugares da tabela dos países avaliados em termos globais, em três dos quatro critérios analisados.

No que respeita aos “serviços centrados no cidadão“, o país alcança o segundo lugar do ‘ranking’, ocupando o terceiro lugar ao nível da “transparência” e no domínio dos “facilitadores-chave de tecnologias de informação” (TI).

No terceiro lugar obtido no critério dos “facilitadores-chave de TI” foram tidos em conta “os mecanismos de autenticação do Cartão de Cidadão e a disponibilidade de alguns serviços nacionais na Plataforma de Interoperabilidade da Administração Pública”, acrescenta a Secretaria de Estado.

Já no que toca à “mobilidade transfronteiriça“, a avaliação realizada pelos serviços da Comissão Europeia coloca Portugal mais abaixo, “ocupando ainda assim o oitavo lugar na vertente dos serviços prestados às empresas, com 72% (média europeia de 53%)”.

A realização deste estudo tem por base a análise do comportamento dos serviços públicos ‘online’ em determinados eventos de vida, indica também o comunicado: “criar uma empresa” ou “mudar de residência“, por exemplo.

Neste âmbito, é na “perda e procura de emprego” que o país surge com a classificação mais elevada, obtendo um segundo lugar e uma avaliação de 85% (contra uma média europeia de 61%).

Mas em todos os outros eventos de vida analisados “apresenta valores acima da média europeia, obtendo em vários casos as melhores classificações entre os parceiros europeus”, acrescenta o comunicado da Secretaria de Estado.

Assim, no que respeita a “ser proprietário e conduzir um veículo” os serviços públicos portugueses disponíveis na Internet recebem uma nota de 73% (média europeia de 46%), correspondente a um segundo lugar, ficando na terceira posição do ‘ranking’ quando se analisa a “criação de um negócio próprio” (nota de 86%, contra uma média europeia de 60%).

O quarto lugar no evento de vida “mudança de residência/país”, com 83% (média europeia de 57%), e o quinto lugar em “operações regulares de negócio”, com 82% (média europeia de 61%)”, são também destacados pela Secretaria de Estado que tutela a modernização dos serviços públicos.

Na divulgação do relatório deste estudo, em maio passado, a Comissão Europeia considerou que “a atenção dos governos europeus está ainda muito centrada na disponibilidade de serviços públicos, o que deixa um espaço grande para a melhoria em áreas como a rapidez e facilidade de utilização e a transparência”.

“A falta de progresso nestas áreas pode desgastar a confiança dos cidadãos nos serviços públicos ‘online’ e impedir a sua utilização”, avisavam os serviços de Bruxelas, em comunicado.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Chuva deixa Austrália entre incêndios e cheias. Número de mortos sobe para 29

A chuva trouxe algum alívio aos bombeiros e habitantes do leste da Austrália, mas também causou cheias e novos problemas. As equipas ainda combatem cerca 100 focos de incêndio na região e o número de …

Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira). No final …

Juiz pede escusa do caso dos emails por ser adepto do Benfica

O juiz desembargador apresenta vários motivos para pedir escusa do processo, nomeadamente por ser "sócio do Benfica desde 1968". De acordo com o jornal Público, Eduardo Pires, juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto (TRP), …

Afinal, Irão já não vai pedir ajuda para analisar caixas negras do avião

O Irão recuou na intenção de enviar para análise as gravações da caixa negra do avião ucraniano, que abateu acidentalmente na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais, revelou a agência noticiosa iraniana. Citado …

Bruno Fialho sucede a Marinho e Pinto na liderança do PDR

Bruno Fialho é o novo presidente do Partido Democrático Republicano (PDR), ao obter 75% dos votos na eleição deste sábado para escolher o sucessor de António Marinho e Pinto, que anunciou o abandono do cargo …

Legislador russo culpa "arma climática" dos EUA pelo inverno quente de Moscovo

Alexei Zhuravlyov, membro da câmara baixa do Parlamento da Rússia (Duma), culpou uma alegada "arma climática" secreta dos Estados Unidos pelas anómalas temperaturas que se fizeram sentir este inverno em Moscovo.  Em declarações à estação de …

Nova espécie de louva-a-deus empala as suas presas como se fossem fondue

O Carrikerella simpira, uma nova espécie de louva-a-deus, caça as suas presas perfurando-as de um lado ao outro com as suas patas em forma de tridente. Cientistas descobriram uma nova espécie de louva-a-deus com uma característica …

Astrónomos descobrem que o fósforo foi gerado na formação de estrelas

Astrónomos descobriram que o fósforo, elemento químico essencial à vida, se constituiu durante a formação de estrelas e sugerem que chegou à Terra através de cometas. Uma equipa de astrónomos detetou monóxido de fósforo na região …

Nova máquina repara e mantém fígados vivos fora do corpo humano durante uma semana

Um novo sistema consegue manter um fígado humano vivo fora do corpo durante sete dias, período no qual o órgão danificado pode ser reparado e preparado para o transplante. As tecnologias convencionais conseguem sustentar um fígado …

Rui Rio vence segunda volta. Líder reeleito quer "estabilidade, lealdade e unidade"

O presidente social-democrata, Rui Rio, afirmou hoje que espera poder “trabalhar com estabilidade e lealdade”, recusou que o PSD esteja “partido” e vincou estar “a iniciar o momento para marcar a unidade” no partido. O líder …