Serviço da Cabify para empresas chega ao fim em Portugal

Cabify

Cabify

A Cabify vai deixar de operar o serviço para empresas em Portugal. Este é mais um sinal das dificuldades que a empresa enfrenta no país e da reestruturação que está a ser levada a cabo no negócio.

O serviço corporativo da Cabify vai deixar de estar disponível em Portugal a partir do dia 30 de novembro, avança esta sexta-feira o Eco, que teve acesso a uma carta da empresa enviada aos gestores de frotas que deixa clara as dificuldades que a Cabify sofre no mercado português.

“Tendo em conta que não conseguimos encontrar a melhor forma para gerar o impacto de que gostaríamos, a partir de 30 de novembro vamos deixar de operar em Lisboa e no Porto com o nosso serviço para empresas”, refere a missiva, citada pelo jornal económico.

De acordo com o matutino, a empresa está com dificuldades em atrair motoristas para o serviço corporativo, explicando que o longo tempo de espera “empurrou” muitos clientes para plataformas concorrentes.

Ainda assim, a empresa continuará a apostar nesta vertente de transporte em território espanhol, nas cidades de Barcelona e Madrid.

O fim do serviço para empresas em Portugal não implica o fim da operação da Cabify em Portugal, até porque a empresa tem estado a ser alvo de uma reestruturação significativa em todo o mundo, comandada por Daniel Bedoya. No entanto, os obstáculos serão os mesmos que a Cabify enfrenta no serviço para utilizadores comuns.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Slava Semeniuta transforma chuva em atmosfera néon

O artista e fotógrafo russo Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, mistura elementos naturais e faz mágica com eles. Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, retoca fotografias de poças de água para criar composições …

Empresa quer vender dispositivos que extraiem água potável do ar

A empresa israelita Watergen está a planear começar a vender uma versão para o consumidor do seu aparelho que extrai água potável do ar ainda este ano. A tecnologia do gerador atmosférico da empresa está em …

"Sem padrinhos, nem donos". Líder da JP levanta congresso centrista

O candidato à liderança do CDS Francisco Rodrigues dos Santos arrancou este sábado no congresso centrista, que está a decorrer em Aveiro, a maior ovação dos delegados, com um discurso inflamado, em defesa de um …

Quando chegaram à Europa pela primeira vez, as batatas eram "hereges"

Os espanhóis foram os primeiros europeus a encontrar batatas na América do Sul nos anos 1530. Porém, quando foram trazidas para o Velho Continente, não foram bem recebidas por todos. Depois de terem sido encontradas pelos …

Ano vai ser "inevitavelmente" de contestação social, avisa CGTP

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, disse esta sexta-feira que este ano vai ser “inevitavelmente” de contestação social se o Governo e as empresas continuarem a insistir num modelo de baixos salários. O líder da intersindical …

Maior ameaça ao crescimento português vem de Espanha

Diz o ditado popular que de Espanha nem bom vento, nem bom casamento. Mas, na verdade, o crescimento económico do país vizinho tem contribuído para puxar pela economia portuguesa. Agora, quando se prevê um abrandamento …

Cabo Verde esteve sem Internet durante 24 horas

O arquipélago de Cabo Verde voltou a ter acesso à Internet na tarde desta sexta-feira, cerca de 24 horas depois de uma instabilidade provocada por falhas no fornecedor internacional do serviço. O país tinha ficado sem …

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …