“Faz parte do futebol”. Sérgio Conceição dá crise como ultrapassada

Hugo Delgado / Lusa

O FC Porto manteve esta terça-feira a distância no segundo lugar para o líder Benfica, ao vencer o Gil Vicente por 2-1, em jogo da 18.ª jornada da I Liga.

Os dragões ainda estiveram a perder, graças ao golo de Sandro Lima, aos 45 minutos, mas asseguraram a reviravolta através de Marcano (45+2) e Sérgio Oliveira (57), tendo terminado o encontro em superioridade numérica, devido à expulsão de João Afonso (72).

O regresso aos triunfos, após o desaire em casa na última jornada frente ao Sporting de Braga (2-1), permite ao segundo classificado do campeonato manter a diferença de sete pontos para o Benfica, que lidera com 51, enquanto o Gil Vicente é nono, com 22.

No final da partida, Sérgio Conceição não quis falar muito sobre a falta de união que disse existir no FC Porto. Ainda assim, adiantou que o problema foi já ultrapassado. “No momento certo falarei disso. Qual é o clube que quer ganhar que não necessita de toda a gente a remar para o mesmo lado e de estar unido? Faz parte do futebol, daquilo que são estas grandes instituições que vivem de títulos, disse na flash-interview após o jogo.

“O mais importante é que hoje ganhámos, depois de uma derrota difícil, demos uma resposta importante, a missão foi cumprida e agora é pensar já no próximo jogo”.

Depois, já na conferência de imprensa, disse que estará ao comando técnico dos dragões enquanto Pinto da Costa quiser que assim seja. “O que disse no fim do jogo, momentaneamente, fez com que tivéssemos de conversar. Isso é inequívoco”.

“Mas a partir deste momento foi trabalhar para dar uma boa resposta, principalmente a nível emocional. Enquanto o presidente achar que tenho capacidade e qualidade para estar aqui à frente da primeira equipa, vou fazê-lo. Ele é que manda. Quando falei de união, é público tudo aquilo que se passou, mas está ultrapassado. Dragões Juntos é o nosso lema e Dragões Juntos somos mais fortes, sem dúvida nenhuma”.

Conceição disse ainda que o seu “desabafo” após o derrota com o Braga não foi um “murro na mesa”. “O último murro na mesa que dei foi quando era treinador do Sp. Braga. Foram palavras sinceras e genuínas da minha parte daquilo que era o meu sentimento naquele momento. Está ultrapassado? Claramente, já tive oportunidade de o dizer aqui”, reiterou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ações de Isabel dos Santos arrestadas na NOS ascendem a 422 milhões

O Tribunal Central de Instrução Criminal arrestou em março 26,07% das ações da NOS, controladas indiretamente por Isabel dos Santos. No total, as ações ascendem a 422 milhões de euros. Segundo o Jornal Económico, a ZOPT, …

Vem aí uma Super Lua Rosa. É a maior de 2020

Na noite desta terça-feira, vai ser possível observar a maior e mais brilhante Lua cheia do ano de 2020. Chama-se "Super Lua Rosa". As superluas ocorrem quando a Lua está a 90% da sua abordagem mais …

Grávidas sem covid-19 voltam a ter acompanhantes no Hospital de Santa Maria

A suspensão, que decorria desde há 2 semanas no Hospital de Santa Maria, foi levantada "a pensar nos enormes benefícios para as grávidas nesse momento único", devido à "introdução de colheitas sistemáticas do novo coronavírus". As …

Miranda Sarmento acusa ministro da Economia de ter faltado à verdade

Joaquim Miranda Sarmento considera que o ministro da Economia "disse duas coisas que não são verdade" ao comentar as 18 propostas apresentadas pelo PSD esta segunda-feira. Em entrevista à Rádio Observador, Joaquim Miranda Sarmento, Presidente do …

Hospital da Cruz Vermelha acusa Francisco George de pôr em risco sobrevivência da unidade

Clínicos do Hospital da Cruz Vermelha Portuguesa (HCVP) acusam Francisco George de estar a colocar em risco "a sobrevivência clínica e económica" daquela unidade de saúde de Lisboa. Mais de 50 clínicos do Hospital da Cruz …

André Ventura acredita que será reeleito

A demissão do líder do Chega deverá ser feita oficialmente esta semana, mas André Ventura acredita que será reeleito com o apoio das distritais, das regionais e dos militantes. O líder da distrital do Porto apresentou …

Primeira linha de crédito de 400 milhões de euros para empresas já esgotou

A primeira linha de crédito criada pelo Governo para apoiar empresas, no âmbito da crise desencadeada pela pandemia de covid-19, já esgotou. De acordo com o semanário Expresso, já não estão a ser aceites candidaturas para …

Recém-nascidos vão poder ser registados pela Internet

O registo de recém-nascidos vai poder ser feito através da plataforma digital dos Serviços da Justiça, de modo a evitar as saídas de casa. Os balcões "Nascer Cidadãos", que garantiam o registo de bebés após o …

Quase 30% dos brasileiros diz não fazer isolamento social

Quase um terço dos brasileiros não faz isolamento social para evitar a proliferação do novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, segundo uma sondagem divulgada pelo Instituto Datafolha. De acordo com os inquéritos feitos pelo Instituto …

Sindicato dos magistrados do MP quer legislação para dispensa de autópsias

O Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP) defende a criação de uma legislação temporária para a dispensa de autópsias médico-legais durante a pandemia de Covid-19. De acordo com o Observador, numa carta aberta enviada à …