Sabotagem em Paris: incêndio afecta 500 mil pessoas e encerra estação de comboios

Carl Campbell / Flickr

Gare de L’ést

Incêndio numa instalação eléctrica foi propositado. Gare de L’ést vai estar encerrada todo o dia.

Centenas de milhares de pessoas, em Paris e arredores, viram o seu dia ser afectado por causa de um incêndio numa instalação eléctrica.

Nesta terça-feira não há comboios a circular na Gare de L’ést, uma estação na capital de França que é utilizada por cerca de 500 mil pessoas por dia, de segunda a sexta-feira.

A estação está encerrada desde as 5h da madrugada e, já foi anunciado, vai estar encerrada todo o dia, nesta terça-feira.

A causa deste encerramento foi um incêndio intencional numa instalação de alimentação de energia, perto das 3h.

Um acto de sabotagem porque, de acordo com a Sociedade Ferroviária Nacional, o incêndio em cabos eléctricos foi propositado, foi “criminoso”.

“Foi um acto malicioso e vamos apresentar uma denúncia”, indicou um porta-voz da entidade, ao início da manhã.

10 trabalhadores da Sociedade Ferroviária Nacional foram para o local do incêndio, para tentar restabelecer o tráfego ferroviário o mais rapidamente possível.

O ministro dos Transportes, Clément Beaune, já confirmou que este foi um acto intencional mas ainda não se conhecem suspeitos.

Este tipo de sabotagens costuma decorrer quando alguém quer roubar material.

A Gare de L’ést é uma das principais estações de comboios em Paris. É ponto de passagem e paragem de linhas da periferia da capital francesa e o ponto de partida dos comboios regionais e de alta velocidade para Alemanha e Luxemburgo.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.